18 de outubro de 2013

Resenha: Noites Italianas - Kate Holden @Novo_Conceito

Informações do livro:
Título: Noites Italianas
Título Original: The romantic
Autor: Kate Holden
Editora: Novo Conceito
Páginas: 272



Sinopse: Quando Kate decidiu abandonar seu passado, em Melbourne, e começar uma jornada para dentro de si mesma, foi para um país reconhecidamente romântico. Enquanto se encantava com as ruínas de Roma e as praças de Nápoles, esperava encontrar — em ruas estrangeiras — sua verdade pessoal. Mas a peregrinação de Kate exigiu coragem. Encontrar o verdadeiro amor ou, quem sabe, perder-se para sempre de maneira a não ter mais qualquer chance de resgate foram possibilidades reais na Itália... Especialmente para alguém que estava acostumada a viver entre as vielas da escuridão. Em um romântico, mas estranho país, com muitos — alguns bem significativos — casos de amor, e mais algumas noites de sexo sem compromisso, ela vai se perguntar se é, verdadeiramente, um espírito livre, ou uma atriz que decorou tão bem o seu papel de mulher sedutora que já não consegue desvencilhar-se dele...




Resenha: Noites Italianas” de Kate Holden, possui uma narrativa bem realista – já que de fato possui sua verdade em si – e expressões envolventes e corajosas. Porém acredito que pelo fato de a história ser tratada em terceira pessoa, houve certa distancia para com a personagem e se torna algo tedioso e nem um pouco original. Não apresenta um texto perturbador, mas faz com que o leitor entre na história e tente entender cada ponto de vista exposto.

Kate está na Itália, e nessa ambiente conhecido por ser muito romântico, é retratado um cenário envolto por muitos encontros sexuais, e diante de tantos parceiros apresentados, nota-se que ela por um lado está em busca de dinheiro, mas também anseia por companhia e algo mais relacionado a afeto e compaixão.

Em todo o caso, é como se houvesse uma perspectiva para uma nova ação em sua vida, e no decorrer do texto há a analise e a exploração constante de suas mudanças, personalidade e atitudes recentes. Mesmo que não pareça, Kate se mostra bem insegura e talvez isso se dê por causa de suas escolhas ruins, e porque parece também que ela acaba sempre cometendo os mesmos erros do passado.

Este livro é imprevisível e traz ainda algumas mensagens envolvendo as relações humanas, sobre a intimidade e de como elas são construídas e cultivadas. É tudo muito simples, mas ao mesmo tempo se torna enigmático e consequentemente revelador, diante de tantas questões sobre as interações.

Resta citar que apesar de tudo, o livro se destaca por apresentar uma coragem que não parece ter limites, já que Kate resolveu se libertar e principalmente decidiu se permitiu... ser mais, conquistar e progredir mais. Ela não é nem um pouco inocente, e isso não é nenhum segredo, mas ainda assim, em alguns momentos seus comentários não são muito compreendidos e no geral tudo parece regredir e introduz a contradição.

Vários sentimentos se intercalam diante das descrições referentes ao sexo, como angustia e desmotivação. O caso é que o livro não cumpriu todas as expectativas, é repetitivo e o desfecho não satisfaz porque o leitor não consegue chegar a uma conclusão definitiva sobre suas decisões e se suas experiências a ajudaram de alguma maneira. Será que ela tentou mesmo mudar a sua situação? Apesar de que a última página revela que há uma continuação – ao qual, sinceramente, nem sei o que esperar.



“E também há o respeito. Acredito que existem dois tipos de respeito: aquele que te faz abrir caminho, sabe? Que te faz abrir uma brecha para alguém, por respeito às diferenças. E também há o tipo de respeito no qual você respeita alguém o suficiente, a força que a pessoa tem, e dá uma chance, dá credito para que ela possa se defender. E talvez você tire algo disso, ou não. Mas respeito, por si mesmo, e depois pelos outros. Acredito que o respeito é a coisa mais importante.” Pg.32
                                               


Classificação SEL: 2/5


Um comentário:

  1. Confesso que não conhecia esse livro, mas foi bom saber sua opinião.
    Achei a capa bem diferente e o enredo não chamou muito minha atenção.
    Bjos

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo