12 de novembro de 2013

Resenha: Boneco de neve - Jo Nesbø @editorarecord

Informações do livro:
Título: Boneco de neve
Harry Hole - Livro 07
Título Original: The Snowman (Harry Hole #7)
Autor: Jo Nesbø
Editora: Record
Páginas: 420



Sinopse: Considerado seu livro mais ambicioso pelo jornal inglês The Guardian e comparado a Silêncio dos Inocentes, de Thomas Harris, pelo The Times, Boneco de neve é o seu livro mais arrepiante. No dia da primeira neve do ano, na fria cidade de Oslo, o inspetor Harry Hole se depara com um psicopata cruel, que cria suas próprias regras; O terror se espalha pela cidade, pois um boneco de neve no jardim pode ser um aviso de que haverá uma próxima vítima. No caso mais desafiador da sua carreira, Hole se envolve em uma trama complexa e mortal, com final surpreendente.



Resenha: Boneco de neve” de Jo Nesbø é um thriller empolgante de suspense, mistério e cenas assustadoras. Há muitas reviravoltas, pistas falsas e revelações atordoantes. A história se passa no mês sombrio de novembro, numa época fria na cidade de Oslo. O inspetor Harry Hole, da Divisão de Homicídios, investiga um assassino em série que faz um boneco de neve a cada ação cometida, diante de crimes terríveis. 

Ele é um homem obstinado e até meio instável. Além disso, é possível perceber que também luta contra os seus problemas interiores e parece estar um pouco desgastado e sofrendo por razões cansativas e por vezes decepcionantes. Por ser o sétimo livro de uma série envolvendo este personagem, não tem como ter noção de tudo que já passou, apesar de conter algumas referências. De qualquer modo, creio que o fato não influencia a leitura deste.

Jonas entra em cena para apresentar seu desespero diante do desaparecimento da mãe, Birte Becker. Harry começa a investir este caso de desaparecimento e por meio de algumas pesquisas e estatísticas, percebe que houve muitas mulheres, com idades entre 25 e 50 anos, desaparecidas nos últimos dez anos e que não foram encontradas.

Harry acaba descobrindo que o celular de Birte se encontrava dentro de um boneco de neve, o que desencadeia uma série de preocupações e uma investigação mais intensa. Mesmo porque também recebera uma carta há uns dois meses antes com algumas menções bem estranhas e que poderiam conter ligações significantes. E há a possibilidade de estarem enfrentando um serial killer, mesmo porque novas vítimas estavam aparecendo constantemente em situações hediondas. Há muitas especulações e o leitor fica indeciso e já não sabe mais o que pensar dos acontecimentos narrados.

Os personagens secundários também se destacam bastante, principalmente a oficial Katrine Bratt, o chefe da divisão de homicídios, Gunnar Hagen, entre outros. Os ambientes citados são sempre muito carregados e absorvem os pensamentos mais temerosos, envolvendo a omissão dos fatos e suas conseqüências.

A premissa da história no geral é bem instigante e o temos a tendência de imaginar como seria caso vivenciássemos uma situação parecida. O caso é que de acordo com as pistas dadas, os caminhos vão se conectando, porém de uma hora para outra, as coisas mudam de rumo e nada mais parece ser o que é.

“A neve no jardim refletia luz suficiente para que vislumbrasse o boneco de neve lá embaixo. Parecia solitário. Alguém devia ter colocado gorro e cachecol nele. E talvez um cabo de vassoura para segurar. Naquele momento, a lua despontou por detrás de uma nuvem. A fileira de dentes pretos apareceu. E os olhos. Automaticamente, Jonas prendeu a respiração e deu dois passos para trás. Havia um brilho nos olhos de pedrinhas. E eles não olhavam para o interior da casa lá embaixo. Olhavam para cima. Para o quarto dele. Jonas fechou as cortinas e voltou para a cama.” Pg.26

Classificação SEL: 4/5


6 comentários:

  1. Oi, eu gostei deste livro. Parece ser bem interessante.

    Parabéns pela resenha.

    Bjus.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Uau!
    Fiquei curiosa com essa trama!

    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Não tinha ideia sobre o que o livro falava, muito menos que era um livro de mistério, que adoro. Valeu pela dica. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  4. Achei esse livro muito bom, o genero dele é um dos meus favoritos! Adorei o enredo que criaram a historia é muito boa, nao vejo a hora de poder ler! Adorei essa capa tambem!


    xx

    ResponderExcluir
  5. Comecei esse livro e parei na página 160. Dizem que da metade em diante melhora bastante, verdade? Estou sem estímulo para terminar :/

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale a pena continuar sim. Não desamine :)

      Excluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo