22 de novembro de 2013

Resenha: Entre o Amor e a Paixão - Lesley Pearse @Novo_Conceito

Informações do livro:
Título: Entre o amor e a paixão
Título Original: The promise
Autor: Lesley Pearse
Editora: Novo Conceito
Páginas: 512



Sinopse: "Uma mulher dividida entre o compromisso e o calor de um relacionamento passado." No início da Primeira Guerra, Jimmy, o marido de Belle Reilly, é levado para as trincheiras mortais do norte da França e Belle percebe que não pode ficar de braços cruzados quando tantos estão sacrificando suas vidas. Armada de coragem e boa vontade, ela se torna voluntária como motorista da Cruz Vermelha, também na França. Então, enquanto cumpre seu dever humanitário, um trágico acidente lhe coloca frente a frente com Etienne — o homem que fez parte de seu passado e a quem nunca esqueceu completamente. Dividida entre a paixão proibida por Etienne e a lealdade e o amor por Jimmy, Belle encontra-se em uma situação impossível. A confusão de seus sentimentos, misturada à escuridão da mais brutal das guerras, a levará a sucumbir para sempre, ou a força da vida será maior e a conduzirá, finalmente, à verdadeira felicidade?


Confira a resenha de BELLE



Pode conter spoilers do primeiro volume.



Resenha: Entre o amor e a paixão” é a continuação do livro “Belle” de Lesley Pearse e ambos foram publicados pela Editora Novo Conceito. Nesta trama em especial, a autora narra a vida de Belle após ter passado por tanto sofrimento, porém os dias bons e tranquilos estão se esgotando e algo bem maior que qualquer um dos personagens surge para abalar a vida de todos e mudar totalmente o destino.

Em Blackheart, depois de dois anos passados, Belle se sente empolgada com seu novo negócio e a chapelaria – encantadora e elegante – lhe rende muito mais do que sempre sonhou. Vive feliz com seu marido Jimmy e perto de Mog e Garth (a governanta da casa de sua mãe que se casou com o tio de Jimmy). E o principal e melhor de tudo é que seu passado ficou para trás, juntamente com toda angustia e sofrimento.

Jimmy é o marido ideal, não lhe cobra nada e nem fica relembrando sobre os tempos em que era prostituta. É gentil, compreensivo, amoroso e é fácil perceber que o seu amor é mesmo verdadeiro e intenso. Ele a apóia em todos os momentos e Belle reconhece cada uma de suas qualidades e sabe o quanto é especial por lhe dar tanta liberdade.

Etienne Carrera foi o homem que lhe salvou em Paris e apesar de ter acontecido tantas reviravoltas, Belle nutre um sentimento forte por ele, e mesmo agora quando ele lhe faz uma visita inesperada, ela sente vontade de saber mais de sua vida e independente de tudo, ainda ficou uma ponta de dor em seu coração, porque no fundo sempre esperou que ele se declarasse.

Nesta época havia um assunto em especial que estava causando muito tumulto: a primeira guerra mundial está vindo de modo iminente e há homens de todas as partes querendo se alistar no exército, e quem não faz isso é com certeza chamado de covarde. O problema é que Belle descobriu estar grávida e Jimmy, apesar de estar muito feliz com a notícia, é corajoso e tem princípios honrosos e considera se alistar principalmente por não ser alvo de falatórios. E é perceptível como existe uma grande pressão para com os homens.

Parece que os dias de felicidades estavam se esvaindo rápido demais e Belle se viu desnorteada. Mais uma vez, foi vítima de acontecimentos devastadores e violentos, sendo que só serviram para desestabilizar seus pensamentos e desistir de suas concretizações. Após ser agredida em sua própria loja e posteriormente perder o bebê, Belle se vê devastada de pensamentos ruins. Talvez ela pense que tudo seja como um castigo por causa de seu passado sombrio. Mas será que todo sofrimento e reviravoltas já não fora o suficiente? A resposta é definitivamente NÃO.

Belle não queria mais levar a loja adiante e por um ato de mudanças, resolveu se tornar voluntária num hospital. Ela queria se sentir viva e mais uma vez demonstra sua irreverência e ousadia para a época. A partir disso muitos fatos surgem para surpreender e mostrar que tudo pode acontecer. Até mesmo Belle se tornar motorista de ambulância na França. As cenas são descritas com tanta perfeição que é impossível não adentrar na história, sem falar que a autora merece destacar por escrever sobre a guerra com tanta precisão e abrangência. Nesse ponto, é necessário citar que os pontos de vista de Jimmy e Etienne sobre a guerra foram de muita importância na narrativa.

Os personagens secundários se fazem presentes de modo familiar, como Noah e Lisette, e outros surgem para incrementar ainda mais os acontecimentos, como Miranda. Este é um livro maravilhoso por apresentar tantas descrições e por conseguir envolver o leitor a ponto de se fazer imaginar estar na pele dos personagens, sentindo seus anseios e dores mais cruciais. O desfecho simplesmente nos leva a crer que não podemos desistir de viver, por mais que os obstáculos insistam em aparecer. A esperança por dias melhores não pode e nem deve ser deixada de lado. Belle sabe disso muito bem.




“Se vamos entrar juntas nisso, então é melhor que você saiba. Em primeiro lugar, nasci e fui criada em um bordel.” Pg.146




Classificação SEL: 4/5


3 comentários:

  1. Não li a resenha por causa do "alerta de spoilers", rs.
    Que diferença a capa brasileira da original né!

    Bj!

    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Juro que comecei a ler a resenha, mas como ainda não li Belle, achei melhor parar. De qualquer forma vale ressaltar que as capas de ambos os livros são maravilhosas e tenho grandes perspectivas.
    Beijos!
    www.tesouroliterario.com

    ResponderExcluir
  3. Miga vc acredita que tenho Belle a tempos mas ainda não li??? Nem comprei esse para poder ler o primeiro sem pressão, mas parabéns pela leitura e resenha!!!!
    Adoro essas capas estilo vintage. Beijos!!!

    Leituras, vida e paixões!!!!!

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo