6 de novembro de 2013

Resenha: Liberta-me @TaherehMafi @Novo_Conceito

Informações do livro:
Título: Liberta-me
Título Original: Unravel me
Autor: Tahereh Mafi
Editora: Novo Conceito
Páginas: 448


Sinopse: Liberta-me é o segundo livro da trilogia de Tahereh Mafi. Se no primeiro, Estilhaça-me, importava garantir a sobrevivência e fugir das atrocidades do Restabelecimento, em Liberta-me é possível sentir toda a sensibilidade e tristeza que emanam do coração da heroína, Juliette. Abandonada à própria sorte, impossibilitada de tocar qualquer ser humano, Juliette vai procurar entender os movimentos de seu coração, a maneira como seus sentimentos se confundem e até onde ela pode realmente ir para ter o controle de sua própria vida. Uma metáfora para a vida de jovens de todas as idades que também enfrentam uma espécie de distopia moderna, em que dúvidas e medos caminham lado a lado com a esperança, o desejo e o amor. A bela escrita de Tahereh Mafi está de volta ainda mais vigorosa e extasiante.



Leia também:
#1.5: Destrua-me 



Resenha: Liberta-me” é a continuação de Estilhaça-me, escritos por Tahereh Mafi, publicados pela Editora Novo Conceito. O primeiro volume se mostrou instigante por causa da narração audaciosa e diferente, e a sequência se repete com essas características complexa, ainda que se torne perceptível o amadurecimento da autora, fazendo com que o leitor se envolva com todos os personagens.

Agora há mais consistência em relação aos atos de Juliette, Adam e principalmente Warner. Se existia alguma dúvida sobre a tão esperada paz, tudo foi esclarecido. Mesmo longe do restabelecimento e agora estando no Ponto Ômega, a vida de Juliette melhorou por um lado, porém seus pensamentos a traiam e a garota se mostrou mais confusa e temerosa – repleta de conflitos e lamentações internas – e o caos esteve presente em todos os momentos descritos.

A protagonista ainda demonstra sinais de fraqueza, mas finalmente está aprendendo a controlar e a entender seu dom. O problema é que está bastante confusa e não consegue se adaptar diante de outras pessoas.

Sabe-se que existem muitas controvérsias em relação a Adam. A minha opinião é que ele sempre foi o escolhido a preencher o cargo de dono do coração de Juliette. Mas Warner, desde o começo, desperta o interesse do leitor e chama a atenção porque é certo que ele possui problemas e emoções desconexas.



“Fiz tantas promessas quando cheguei aqui. Agora, não tenho tanta certeza. Agora, estou preocupada. Agora, minha mente é uma traidora porque meus pensamentos arrastam-separa fora da cama toda manhã com olhos agitados e mãos suadas e risos nervosos que se acomodam em meu peito, crescem em meu peito, ameaçam explodir meu peito, e a pressão me aperta e me aperta e me aperta.” Pg.10



Para quem leu Destrua-me, o pequeno conto que dá uma visão mais abrangente sobre Warner, tende a ficar indeciso. E é essa hora que você para e pensa: E agora? A partir disso Adam as vezes pode se mostrar meio chato e Warner é esperado ansiosamente para entrar em cena. Seria uma mudança de comportamento?

Os acontecimentos se mostraram igualmente imprevisíveis e com o dobro de ação, sendo que outros personagens que se destacaram bastante foram Castle e Kenji, com suas habilidades e ajuda imprescindível. James também revelou ser uma pessoa muito carismática. Adam ficou um pouco ausente por que estava fazendo testes para saber por qual motivo pode tocar em Juliette sem ser afetado.

O ambiente distópico ainda aborda claramente sobre as pressões do governo e as consequências para com a sociedade, envolvendo a guerra. O desfecho apresenta um forte indício de colisão e deixa aquela tão conhecida sensação de ansiedade para o próximo livro.

                                  
Classificação SEL: 4/5


3 comentários:

  1. Olá Fernanda,
    Já li Destrua-me e achei o ponto de vista do Warner muito interessante, além de encantador. Acho que quando eu for ler Liberta-me - o que eu espero não demorar - vou me desprender bastante do Adam. Adorei a resenha!
    Beatriz Lara,
    Infinito Particular - http://8-particular.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Fê querida adorei sua resenha e fiquei mais curiosa para ler o meu exemplar que já está aqui a algum tempo, preciso ler!!!! Enfim acho que vou desistir de ler destrua-me, não consigo baixar de jeito nenhum o programa para ler ele, vc acha que prejudica algo na leitura de liberta-me???
    Enfim espero que o próximo volume saia logo!!!
    Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline, não tem problema. Não prejudica nem um pouco a leitura. Beijos.

      Excluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo