12 de dezembro de 2013

Resenha: Almanova @jodimeadows @EdValentina

Informações do livro:
Título: Almanova
Trilogia Incarnate #1
Título Original: Incarnate (Newsoul #1)
Autor: Jodi Meadows
Editora: Valentina
Páginas: 288





Sinopse: Ana é nova. Por milhares de anos, no Range, milhões de almas vêm reencarnando, num ciclo infinito, para preservar memórias e experiências de vidas passadas. Entretanto, quando Ana nasceu, outra alma simplesmente desapareceu... e ninguém sabe por quê. SEM-ALMA A própria mãe de Ana pensa que a filha é uma sem-alma, um aviso de que o pior está a caminho, por isso decidiu afastá-la da sociedade. Para fugir deste terrível isolamento e descobrir se ela mesma reencarnará, Ana viaja para a cidade de Heart, mas os cidadãos de lá temem sua presença. Então, quando dragões e sílfides resolvem atacar a cidade, a culpa deverá recair sobre... HEART Sam acredita que a alma nova de Ana é boa e valiosa. Ele, então, decide defendê-la, e um sentimento parece que vai explodir. Mas será que poderá amar alguém que viverá apenas uma vez? E será também que os inimigos – humanos ou nem tanto -- de Ana os deixarão viver essa paixão em paz? Ana precisa desvendar grandes segredos: O que provocou tal erro? Por que ela recebeu a alma de outra pessoa? Poderá essa busca abalar a paz em Heart e acabar por destruir a certeza da reencarnação para todos?




“Incarnate tem algo de estranho e intrigante. Algo novo. Não dá vontade de parar. Precisamos, e como, saber como será o desfecho disso tudo.” Robin McKinley 

“Ao mesmo tempo lírico e provocador. Incarnate é aquele tipo de livro que nunca nos abandona. Eu amei!!!” Rachel Hawkins “Uma palavra: IMPRESSIONANTE! Quer mais palavras? Vai nutrir sua alma e mexer com a sua cabeça!” Jeri Smith



Resenha:Almanova” de Jodi Meadows, possui uma narrativa fantasiosa tão deliciosa e inovadora que se torna difícil descrever uma cena sem citar outra e mais outra – e por fim a história toda. O livro é incrível, repleto de tensão emocional, assim como a belíssima capa e a ótima diagramação da Editora Valentina.

Ana mora em um local onde muitas almas reencarnam. E a premissa sobre a reencarnação e e consequente evolução é inovadora e surpreendente. Quando ela nasceu outra alma desapareceu (a alma de Ciana) e ninguém consegue explicar o porquê dela ser nova. É muito interessante e por vezes até estranho poder acompanhar / se adaptar que todos ao redor já possuem aprendizados porque possuem a alma antiga, mas Ana não tem, e por isso precisa se adequar a sociedade em si. 

Esta personagem é muito carismática porque ela também consegue ser decidida, cautelosa, defensiva, irônica e não gosta de depender dos outros para realizar suas próprias tarefas, assim como tem dificuldade em confiar nas pessoas. Sua narrativa realista também é enfatizada no enredo, já que ela não é nem um pouco superficial.

Mas se ela é assim é justamente por causa de sua mãe Li, que nunca acreditou nela, assim como muitas outras pessoas. Como suportar um tratamento tão hostil? Afinal, será que ela é um perigo para a sociedade? Depois de ser tão atormentada e afastada de onde vivia, ela resolve enfim ir para Heart com o intuito de tentar desvendar os motivos para ser diferente dos outros. E se há mesmo alguma resposta que possa guiá-la ou ao menos ajudar a entender seu caso inédito.

Vale destacar que as almas carregam as diversas lembranças de todas as reencarnações. É possível reviver toda a dor e felicidade dos tempos passados infinitamente. Há também a questão sobre o reconhecimento de paixões, amizades, familiares e afins, o que desencadeia um processo contínuo de encontros e desencontros, independente de qualquer atribuição (masculino ou feminino).

O romance também merece destaque na trama pois é tratado com muita sutileza e ao mesmo tempo comoção. Sam é um protagonista que se torna envolvente por sua química com Ana, por ser tão protetor e ainda garante ótimas cenas de conexões intensas e descontração encantadora. A transição de estranhos para amigos e depois apaixonados, ocorreu de forma discreta, empolgante e muito bem detalhada.

O ambiente criado pela autora revela uma atmosfera moderna com várias invenções criativas e tecnologias ousadas, ao mesmo tempo em que é possível observar algumas partes mais medievais e revolucionárias. Assim, pode se dizer mesmo que este mundo é lindo, porém assustador e cheio de mistérios. Já estou ansiosa pelo próximo volume “Almanegra”.
                            

“Eu não renasci. Aos cinco anos percebi como isso me tornava diferente. Era o equinócio da primavera no Ano das Almas: a Noite das Almas, quando os outros contavam histórias sobre o que haviam feito nas três vidas passadas. Nas dez vidas passadas. Nas vinte vidas passadas. Batalhas contra dragões, a invenção da primeira pistola de laser e o empenho de Cris durante quatro vidas, em criar uma perfeita rosa azul, que no fim, todos afirmaram ser lilás.” Pg.09


Classificação SEL: 5/5 


4 comentários:

  1. Sempre fui apaixonada por essa capa, mas não fazia ideia do que falava o livro. Depois de ler sua resenha eu percebi que a história é tão boa quanto a capa <3 Ótima resenha, com certeza vou ler AlmaNova

    ResponderExcluir
  2. Eu quero muito ler este livro, mas ainda não comprei :(

    Adoro essa capa.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ahhh!! Cada vez que vejo uma resenha desse livro (todas boas até hoje) fico com mais vontade de ler...
    Vai ter que ir pra wishlist, fazer o que.. rs
    Beijos

    Meu Meio Devaneio

    ResponderExcluir
  4. Acho esta capa linda,mas ainda não tinha lido nenhuma resenha dele. Foi bom saber que o livro não é só uma capa bonita.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo