21 de fevereiro de 2014

Resenha: Ah, o verão! - @nandabelem @EdValentina

Informações do livro:
Título: Ah, o verão!
As quarto estações do amor – Livro 1
Ficção Brasileira
Autor: Fernanda Belém
Editora: Valentina
Páginas: 256



Sinopse: Uhuuu! Enfim, férias! Camila (ou Mila para os íntimos) estava preparada para curtir com as amigas o verão carioca. Festinhas, clube, praia, noitadas, churrascos... ufa! E Mila também não queria perder a oportunidade de se aproximar e conhecer melhor Rafael, o menino com quem tanto sonhava. Mas como na vida nem tudo são flores, a mãe de Camila já havia bolado outra ideia para o mês de janeiro: viajar. O destino? Búzios. Além de não poder colocar em prática o plano arquitetado para conquistar o coração do Rafa, Mila também teria de conviver com Juliana, uma menina que era o oposto de todas as amigas do seu grupo. Arrasada, partiu para Búzios (fazer o quê?) acreditando que aquelas férias seriam as piores da sua vida. Ela só não imaginava que... Que onda aquele verão reservava para ela? Novas amizades, calor, praia, gargalhadas, micos homéricos e muitos, muitos frios na barriga e arrepios no pescoço. Quem nunca viveu um amor de verão descobrirá com a Camila como é passar por essa experiência que dá uma vontade danada de viver de férias para sempre. Quem sabe como é, com certeza terá um prazer enorme em relembrar aquele pôr-do-sol e as noites estreladas de um verão inesquecível. Três amigas, dois corações apaixonados e um romance inesquecível. Ah, o verão promete!




Resenha: Ah, o verão” possui uma história empolgante e mais ainda reflexiva. Retrata uma fase intensa de uma adolescente, analisando as incertezas, lamentações e encantos diversos. O verão e a paixão se unem em um universo encantador e marcado por elementos cruciais para uma ótima história.

Camila Garcia Campos, a Mila, acaba de completar 15 anos e está naquela fase de querer se divertir ao máximo com as amigas, sem se preocupar com nada. E o melhor, ela está de férias. O problema é que em vez de aproveitar esse momento perto das pessoas mais próximas, ela e seus pais viajam para Búzios muito mar, sol, curtição... Que sonho! –, a fim de curtir o momento com outros amigos.

Mila se sente obrigada a ir e em nenhum momento fica atraída pelo passeio, ainda mais sabendo que deixará para trás sua melhor amiga Dani e Rafael, a pessoa que está gostando no momento. Logo encontro a filha do casal de amigos, Juliana, que parecia um tanto sem graça, com a própria Mila descreveu. Claro que a menina deu um jeito de mudar seu jeito e fazer com que a nova amiga tivesse mais confiança em si mesma. Ju se tornou uma ótima companheira, assim como Gisela e outros personagens secundários que aparecem pelo caminho.

Mila é uma garota extrovertida e encontra agito em tudo que faz. Sem falar que tem vocação para ser jornalista. Apesar de ser um pouco tímida e agir muito por impulso, é perceptível sua mudança no decorrer dos fatos. Depois que sua amiga ligou avisando que, numa festa, Rafael ficou com uma de suas amigas, ela se sente um pouco triste. Mas ainda bem que foi passageiro, já que desse momento em diante resolveu aproveitar suas férias ao máximo, com disposição e sem se importar com o que tinha deixado para trás, mesmo que esteja com saudades de casa.

As partes em que ela escreve no diário são muito dinâmicas e interessantes. Adoro livros que apresentam essa sincronia com o personagem. Como não amar agendas/diários? É algo tão peculiar e tão íntimo que faz com que o leitor se identifique com Mila, mesmo que esta esteja vivendo no período da adolescência, repleta de anseios e dúvidas. Mas precisa ter idade para isso? Todos têm os próprios desejos e medos, e assim segue o rumo dos acontecimentos.

O clima descrito no enredo é delicioso, e é impossível não se envolver e torcer para que tudo dê certo. Claro que o ambiente seria cercado de jovens, muita movimentação e leveza para curtir um romance de verão. É aquela fase favorável á mudanças e tudo pode acontecer. Como não amar as férias de verão? Praticamente passar todos os dias na praia, passear pela Rua das Pedras... que coisa boa! O destaque está no modo como a autora descreve os acontecimentos, criando expectativas para as próximas páginas e consequentemente deixando a leitura mais divertida e única.

Leandro chamou a atenção de Mila assim que o viu. Na verdade os dois se sentiram atraídos desde o começo. O garoto fofo de 19 anos possui um jeito carismático de tratar Mila. E ela nunca se sentiu assim com ninguém. Um amor tão leve que a fez esquecer de muitas coisas irrelevantes, conseguiu aproveitar mais as férias e até deixou um pouco de lado o diário com seus desabafos.

O que importa são as experiências que foram adquiridas e perceber que tudo realmente valeu a pena. Mila amadureceu bastante durante este período e mesmo através das inevitáveis despedidas, percebe que se encontrou em um momento perfeito de sua vida, com lembranças maravilhosas e sentimentos renovados. Que delícia!

Nas últimas páginas ainda é possível conferir, em primeira mão, o ínicio do próximo livro da série As Quatro Estações do Amor, Folhas de um outono – livro 2.




“Da mesma forma que consegui mudar o que não estava legal na Ju, também conseguiria mudar aquilo que não estava bom dentro de mim. E começaria naquela noite. Mesmo que fosse apenas com três bolas de sorvete com cobertura de chocolate ou que fosse com um esbarrão em um possível príncipe encantado. Alguma coisa iria mudar. Palavra da Mila!” Pg.40



Classificação SEL: 4/5 


Um comentário:

  1. Oi, eu estou super curiosa para ler este livro. Parece ser muito legal.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo