19 de abril de 2014

Resenha: Dias Perfeitos - @montesraphael @cialetras

Informações do livro:
Título: Dias Perfeitos
Ficção Brasileira
Autor: Raphael Montes
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 278


Sinopse: Téo é um solitário estudante de medicina que divide seu tempo entre cuidar da mãe paraplégica e examinar cadáveres nas aulas de anatomia. Durante uma festa, ele conhece Clarice, uma jovem de espírito livre que sonha tornar-se roteirista de cinema. Ela está escrevendo um road movie sobre três amigas que viajam em busca de novas experiências. Obcecado por Clarice, Téo quer dissecar a rebeldia daquela menina. Começa, então, uma aproximação doentia que o leva a tomar uma atitude extrema. Passando por cenários oníricos, que incluem um chalé em Teresópolis e uma praia deserta em Ilha Grande, o casal estabelece uma rotina insólita, repleta de tortura psicológica e sordidez. O efeito é perturbador. Téo fala com calma, planeja os atos com frieza e justifica suas atitudes com uma lógica impecável. A capacidade do autor de explorar uma psique doentia é impressionante – e o mergulho psicológico não impede que o livro siga um ritmo eletrizante, repleto de surpresas, digno dos melhores thrillers da atualidade. Dias perfeitos é uma história de amor, sequestro e obsessão. Capaz de manter os personagens em tensão permanente e pródigo em diálogos afiados, Raphael Montes reafirma sua vocação para o suspense e se consolida como um grande talento da nova literatura nacional.



Resenha: Dias Perfeitos”, de Raphael Montes – também autor do livro “Suicidas” –, explora momentos obscuros, intrigantes e reflexivos. É um livro que redireciona o leitor a ficar  muito empolgado com a história, seja por causa da sinopse, do autor ou dos comentários variados de outras pessoas.

O primeiro capítulo já se mostra complexo e muito alucinado, diante de um personagem perturbador (melhor definição), insensato, conflituoso, convicto e diferente. Téo tem uma personalidade calma e sistemática ao mesmo tempo em que suas atitudes e pensamentos o denunciam como uma pessoa solitária e temerosa. Segue a vida normalmente, porém não consegue nutrir sentimentos verdadeiros e finge á todos ser alguém que, definitivamente, não é. Para ele nada parece ter interesse.

Se sente confortável nas aulas de anatomia e acredita ter ligações com os cadáveres que analisa. É interesseiro, observador e mede cada gesto com cautela. Muitas classificações podem defini-lo, mas a que mais se encaixa é: assustador, em todos os sentidos. Me espantei com sua inteligência e ousadia. Sua visão da realidade é destorcida e tenta passar uma mensagem ilusória a qualquer custo.

Até que Clarisse surge em sua vida, despertando emoções novas e misturadas. Ele já não sabe o que de fato é real, mas ainda assim consegue vivenciar momentos inexplicáveis e alimenta uma obsessão descontrolada pela garota. Ela é o oposto dele, com seu jeito alegre, desinibido, despreocupado e tranquilo. A garota tem um projeto intitulado como “Dias Perfeitos”, para futuramente ser transformar num filme. Este roteiro é a base para a realização de um artifício de conquista nem um pouco convencional.

Fiquei pensando como ela chamou a atenção de um ser tão sombrio. Mas imagino que por serem tão diferentes, ela signifique bem mais para ele, por causar tantos pensamentos loucos, aos quais não estava acostumado. Quando seus caminhos se cruzam, os momentos de desespero são constantes na vida de Clarisse. Ele a estuda por completo, a persegue e comete atos inacreditavelmente cruéis.

A narrativa é sagaz, linear, tendenciosa, irônica e avaliativa. Todas as cenas podem ser descritas como um misto de nervosismo, tensão e dificuldades. O desfecho foi bem repentino, mas o que realmente vale a pena nesta leitura são as passagens alarmantes, cheias de pavor e aversão. O autor trabalha bastante com os termos psicológicos de cada personagem, principalmente de Téo, com seus modos psicopatas, violentos e excêntricos.



“Quis dizer qualquer frase que a fizesse parar de sofrer, mas pensou que há momentos na vida em que o sofrimento é necessário.” Pg.198


Classificação SEL: 5/5


6 comentários:

  1. Estou com uma expectativa alta em relação a esse livro. Espero lê-lo em breve e confirmar que é tão bom quanto imagino.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de Abril

    ResponderExcluir
  2. este livro é exatamente o tipo de trama que eu gosto de ler. com toques sombrios, cheio de problemas psicológicos e tudo o mais me deixam super curiosa.
    li poucas resenhas deste livro desde que ele foi lançado. uma pena, pois o livro parece ser ótimo, e aparentemente pegou tão poucas pessoas =/
    ótima nota! vou tentar ler ele logo!

    ResponderExcluir
  3. Nunca li um thriller psicológico de um autor brasileiro! É um dos meus gêneros favoritos.
    Assim que fiquei sabendo desse livro, li a sinopse e logo foi para os desejados.
    Fico feliz que tenha gostado tanto, tenho altas expectativas para essa leitura! :)

    ResponderExcluir
  4. Estou com o livro na minha lista de leitura, um dos próximos que irei ler, adoro temas assim, mais psicológicos, adorei sua resenha!
    Beijos!
    http://vivendonoinfinito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Dias Perfeitos está na minha lista no Skoob faz muito tempo e até hoje não tive a oportunidade de ler! T-T Estou com muita vontade de ler esse livro! Primeiro porque estou me dedicando mais a livros da literatura nacional, principalmente depois de ler Guardiões, da Monique Lavra! Segundo porque amo Thrillers e livros que entram no psicológico de assassinos e psicopatas, acho incrivelmente interessante como os autores conseguem entender a mente de tais assassinos! Terceiro, por que este livro está sendo muito bem comentado e eu quero ver se é tão bom assim! *-*

    http://livros-nerdices-tudomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. O livro parece ser bacana, faz tempo que tenho vontade de lê-lo mas você sabe como é né rs valeu pela dica! Bjs

    www.entrelinhasfantasticas.com.br

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo