22 de maio de 2014

Resenha: Os Três - Sarah Lotz @editoraarqueiro

Informações do livro:
Título: Os Três
Título original: The Three
Autor: Sarah Lotz
Editora: Arqueiro
Páginas: 400



Sinopse: Quinta-Feira Negra. O dia que nunca será esquecido. O dia em que quatro aviões caem, quase no mesmo instante, em quatro pontos diferentes do mundo. Há apenas quatro sobreviventes. Três são crianças. Elas emergem dos destroços aparentemente ilesas, mas sofreram uma transformação. A quarta pessoa é Pamela May Donald, que só vive tempo suficiente para deixar um alerta em seu celular: Eles estão aqui. O menino. O menino, vigiem o menino, vigiem as pessoas mortas, ah, meu Deus, elas são tantas... Estão vindo me pegar agora. Vamos todos embora logo. Todos nós. Pastor Len, avise a eles que o menino, não é para ele... Essa mensagem irá mudar completamente o mundo.



Resenha:Os Três” já me conquistou pela capa e eu não sabia realmente o que esperar deste livro. Confesso que fiquei com muitas expectativas para a leitura, mas acabei gostando bastante do modo com a autora Sarah Lotz uniu os fatos arriscados e apresentou a história e personagens repletos de adrenalina. É um livro que apresenta suspense e muitas cenas carregadas de ansiedade e medo por tudo que acontece.

Como a própria sinopse já informa, a Quinta-Feira Negra ficou conhecida assim por causa de acidentes simultâneos que resultaram na morte de muitas pessoas. A queda dos quatro aviões é um desastre tão enigmático que é assunto para muitos tipos de investigações e relatos confusos. Apenas três crianças conseguiram sobreviver. Seriam quatro pessoas, se a última – Pam – não tivesse falecido pouco tempo depois, mas não antes de dar um aviso importante.

A jornalista investigativa Elspeth Martins documenta a Quinta-Feira Negra – Da queda à conspiração: Por dentro do fenômeno dos Três. Há várias especulações a respeito desses fenômenos misteriosos e outros tipos de conspirações, causas e afins, divulgando descrições reveladoras, mensagens secretas, artigos de notícias, trechos de conversas pessoais entre outros. É um jeito totalmente inovador ao se contar uma história carregada de pânico e implicações.

Há uma busca incessante pelas causas, ainda mais por causa das pressões da mídia que insistem em fazer questionários e abordagens confusas. O problema maior é que essas crianças que sobreviveram dos acidentes são criticadas pela situação estranha. Ambas carregam algum tipo de problema comportamental e para completar ainda são alvos de um fanático religioso. Tudo é muito preocupante, ainda mais que os rumores só tendem a aumentar.

Muitas hipóteses são pesquisadas, porém é certo que não existem abordagens ou riscos para o terrorismo ou fatores ambientais. As pessoas dizem que seria impossível alguém sobreviver diante desta terrível catástrofe. Então, o que seria? Um milagre?

Ao longo da história surgem diversos questionamentos e o que dá para perceber é que a sociedade está fora de controle, ainda mais se for levar em consideração o modo perturbador como alguns cenas são idealizadas.

O livro se divide em dez partes e o melhor é que apresenta uma leitura dinâmica e muito rápida. Não sou de falar muito sobre a edição, mas esta precisa ser citada. A Editora Arqueiro fez um ótimo trabalho na diagramação, seja por meio da capa ou pelo estilo diferenciado nas páginas.



“Era o caos. Se eu não tivesse visto com meus próprios olhos, não saberia que era uma queda de avião: teria presumido que uma bomba havia explodido.” Pg.27


Classificação SEL: 4/5


6 comentários:

  1. Já vi vários comentários, principalmente no twitter, sobre este livro, mas não tinha lido nenhuma resenha ainda.
    não é muito o meu estilo de leitura, então acredito que não irá me agradar muito não ;x

    ResponderExcluir
  2. Uau! Fiquei muito interessada nesse livro, parece ser super emocionante. Estou muito curiosa pra saber o mistério por trás dessas quedas de avião e por essas crianças sobreviventes! Já vou procurar mais a respeito.

    Beijos
    aquelaborralheira.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Fiquei bastante interessado, acho que será o próximo da minha lista de leitura. Gosto muito do tema "teoria da conspiração".

    ResponderExcluir
  4. Fiquei bastante interessado. Acho que este será o próximo livro na minha lista de leitura. Gosto do tem "teoria da conspiração", espero não me decepcionar.

    ResponderExcluir
  5. Adorei sua resenha.
    Também li o livro e fiquei estarrecida com um livro tão fantástico!
    Perfeito !
    Parabéns por sua maravilhosa resenha
    Nizete
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  6. Conheci Os Três da Sarah lendo algumas resenhas de vários blogs diferentes. Admito que fiquei curiosa depois de ler as resenhas, o enredo me pareceu bem diferente e foi isso que me fez ficar interessada! O acidente e as conspirações, a quinta-feira negra são algumas coisas que eu achei bem diferente e eu gostaria de entender esse mistério! Alem do mais, gosto de narrativas assim, rápidas e diretas. Também gostaria de ver como a autora conectou todos os fatos do livro (Já que o acidente ocorreu em lugares diferentes no mundo) e, lógico, eu quero saber o desfecho desta história XD

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo