7 de maio de 2014

Resenha: Uma Carta de Amor - @NicholasSparks @editoraarqueiro

Informações do livro:
Título: Uma Carta de Amor
Título original: Message in a Bottle
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
Páginas: 288


Sinopse: Há três anos, a colunista Theresa Osborne se divorciou do marido após ter sido traída por ele. Desde então, não acredita no amor e não se envolveu seriamente com ninguém. Convencida pela chefe de que precisa de um tempo para si, resolve passar férias em Cape Cod. Durante a semana de folga, depois de terminar sua corrida matinal na praia, Theresa encontra uma garrafa arrolhada com uma folha de papel enrolada dentro. Ao abri-la, descobre uma mensagem que começa assim: “Minha adorada Catherine, sinto a sua falta, querida, como sempre, mas hoje está sendo especialmente difícil porque o oceano tem cantado para mim, e a canção é a da nossa vida juntos.”  Comovida pelo texto apaixonado, Theresa decide encontrar seu misterioso autor, que assina apenas “Garrett”. Após uma incansável busca, durante a qual descobre novas cartas que mexem cada vez mais com seus sentimentos, Theresa vai procurá-lo em uma cidade litorânea da Carolina do Norte. Quando o conhece, ela descobre que há três anos Garrett chora por seu amor perdido, mas também percebe que ele pode estar pronto para se entregar a uma nova história. E, para sua própria surpresa, ela também. Unidos pelo acaso, Theresa e Garrett estão prestes a viver uma história comovente que reflete nossa profunda esperança de encontrar alguém e sermos felizes para sempre.



Resenha: Uma Carta de Amor” apresenta sentimentos íntimos e profundos, diante de protagonistas reveladores e consistentes. O autor Nicholas Sparks já é conhecido por criar histórias emocionantes e esta não seria diferente.

Theresa Osborne é uma mulher obstinada e prática, que se dedica ao máximo por seus objetivos e carreira profissional. Ela se divorciou recentemente e passa por um período mais tranquilo, onde não quer se prender a nada e nem a ninguém. Porém ao encontrar uma garrafa com uma carta dentro sua vida muda de uma hora para outra e ela se vê incrivelmente encantada pelo conteúdo comovente e escrita admirável.

A carta foi escrita por um homem chamado Garret Blake e endereçada para alguém chamada Catherine. A mensagem é tão relevante que Theresa decide investir e ver se descobre algo sobre esse casal. A partir disso ela descobre outras cartas, todas expondo textos marcantes e expressivos.

Muitos questionamentos surgem na cabeça de Theresa e ela se vê determinada a encontrar este homem para que possa desvendar seus mistérios e principalmente para tentar conhecer e entender esse amor tão profundo e todas as extremidades do sentimento.

Ao se deparar com Garret, ela enxerga sua dor e frustração diante da perda de um grande amor. De um lado ela está fechada para sentimentos, e de outro lado está ele tentando suavizar a tristeza por meio das palavras.

Ele é um homem atencioso e Theresa fica confusa diante de suas ações tão amorosas. Só que parece se torturar por causa do passado,  como se estivesse traindo sua mulher que veio a falecer. De qualquer maneira, os dois acabam se consolando um ao outro, ajudando nas dificuldades e sobrepondo dias de sofrimentos.

É um enredo de superação, proximidade, encontros e desencontros, aprendizados e muitas lutas. Ambos devem aprender a amar outra vez, apesar dos medos e dificuldades. Ao longo dos acontecimentos, como já era de se esperar (previsibilidade dos fatos), é possível conferir mensagens reflexivas sobre o estado de espírito, renovações e principalmente a respeito do amor.



“A garrafa ficou à deriva durante alguns dias – como se estivesse resolvendo aonde ir antes de seguir o seu curso – e finalmente apareceu numa praia perto de Chatam. E foi ali, depois de 26 dias e 1.180 quilômetros, que ela chegou ao fim da sua viagem.” Pg.09


Classificação SEL: 4/5


11 comentários:

  1. adoro os livros do autor, e estou super curiosa para ler este!
    essa coisa ai de carta dentro de garrafa para mim é meio doida :P
    mas mesmo assim, estou curiosa :D

    ResponderExcluir
  2. Apesar de todas falarem muito bem desse autor, eu digo que não tive uma experiencia muito agradavel com o primeiro livro dele. Mais enfim, espero ler outro titulo para tirar esse mal estar.
    Já vi muitas resenhas positivas sobre esse livro, e por causa disso estou louca para te-lo!
    Gostei da sua resenha!
    bjos
    https://leituradeouro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. O Nicholas é quase uma unanimidade em seus livros. E os mais recentes estão mais aprimorados, tem melhorado a forma de tristeza que sempre vem acompanhada em seus enredos.
    Não li ainda esse livro dele, mas pelo jeito deve ser tão bom quanto os outros.
    Desejo uma semana abençoada, cheia de luz e paz!
    cheirinhos
    Rudy
    Blog Alegria de Viver e Amar o que é Bom!
    "Para conhecermos os amigos é necessário passar pelo sucesso e pela desgraça. No sucesso, verificamos a quantidade e, na desgraça, a qualidade.”(Confúcio)

    ResponderExcluir
  4. Pelo que estou vendo este parece ser melhor. A estória é linda e comovente. Como sempre Nicholas continua escrevendo estória pra abalar corações. rsrsrs Com certeza estou ansiosa pra conhecer mais estes personagens. Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Mais um lindo livro do Nicholas Spark! Um dos unicos que não li..
    O Nicholas consegue me prender em cada palavra de cada livro seu. Não tem um, dos varios dele que já li, que não gostei.
    Ele, em um contexto moderno, nos faz acreditar que existe contos de fada.
    Espero logo poder ler mais esse grande e lindo sucesso do Nicholas Spark.

    Parabens pela resenha.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Outro livro de Nicholas, outro livro super interessante, amos os livros dele sempre com um final surpreendente...Minha lista está crescendo :D

    ResponderExcluir
  7. Amo os livros de Nicholas Sparks e esse parece ser ótimo, estou doida pra ler!

    ResponderExcluir
  8. Amo os livros de Nicholas Sparks e esse parece ótimo, estou doida pra ler!

    ResponderExcluir
  9. Esse livro é encantador, queria ter a coragem de Theresa de ir atrás de Garret e descobrir quem é o autor de tão belas cartas! :)
    Estou aqui na torcida p/ ganhar o livro!!

    ResponderExcluir
  10. É impressionante o talento que o Nicholas Sparks tem de comover e prender seus leitores, mesmo com toda a previsibilidade de suas tramas. E é claro que esse livro já entrou na listinha de futuras aquisições, pois quando se trata de Sparks, até bula de remédio dar vontade de ler.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  11. O Nicholas Sparks consegue inserir beleza e ser sublime com histórias naturalmente emocionantes. Encontrar a garrafa é bem irreal e romântico, mas o encontro entre Therese com o cara parece dar um mergulho no real. Acho que esse é um diferencial.

    Abraços, Mallú Ferreira
    semclichesporfavor.blogspot.com

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo