13 de junho de 2014

Resenha: Poder - Sarah Pinborough @UnicaEditora

Informações do livro:
Título: Poder
Saga Encantadas #3
Título original: Beauty (Tales From the Kingdoms #3)
Autor: Sarah Pinborough
Editora: Única
Páginas: 224


Sinopse: Acordar uma princesa pode ser letal. Para fãs de Once Upon a Time e Grimm, a série Encantadas prova que contos de fadas são para adultos! Quando um príncipe mimado é enviado pelo seu pai para tentar desvendar os mistérios de um reino perdido, ninguém imagina os perigos que ele encontrará pela frente! Acompanhado da figura sóbria e sagaz do Caçador e de Petra, uma jovem valente que possui uma ligação muito forte com a floresta, o príncipe acaba encontrando um reino adormecido por uma estranha magia. Todos os seres vivos foram cercados pela densa mata e estão dormindo, em um sono pesado demais, que só poderia vir da magia. Mas que tipo de bruxaria assolaria uma cidade inteira e seus habitantes? E, principalmente, quem faria mal a uma jovem rainha tão boa e tão bela? A não ser, claro, que os olhos não percebam o que um coração cruel pode esconder... Poder é o terceiro volume da trilogia Encantadas, e traz como história principal o conto da Bela Adormecida. Porém, esqueça os clichês tradicionais e se entregue a uma nova visão dos contos de fadas, em que heróis e anti-heróis precisam se unir para não perecerem à beleza superficial de princesas e rainhas egocêntricas e aos príncipes em busca de aventuras.



Leia também:
Saga Encantadas #1 - Veneno - Sarah Pinborough (Única Editora)
Saga Encantadas #2 - Feitiço - Sarah Pinborough (Única Editora)



Resenha:Poder” é o terceiro e último volume da saga Encantadas, e apresenta uma nova versão baseada no conto de fadas da Bela Adormecida e com passagens de Chapeuzinho Vermelho e menções de A Bela e a Fera. Traz um enredo ainda mais sombrio e carregado de loucuras, desafios e ferocidades. Sem dúvidas, este é o que mais se distancia dos clássicos e por isso se torna tão surpreendente a medida que as cenas são narradas.

Sou fã de qualquer gênero que tenha o foco nos personagens conhecidos dos contos de fada, pode ser em livros, filmes ou até nas séries de Grimm e Once Upon a Time. A imaginação não tem limite e é muito interessante poder acompanhar vários ângulos de uma figura. Ainda mais quando aquela Bela Adormecida é exposta neste enredo sendo alguém mais obscura e cheia de temores surreais.

Um príncipe meio insensato e impulsivo, e um caçador sem muitas opções, fazem uma jornada perigosa rumo à uma cidade perdida que se encontra com uma enigmática maldição. A rainha e o rei esperam que o filho entenda mais sobre essa aventura e crie mais responsabilidades. O fato é que sua personalidade já demonstra ser bem complicada, o que torna quase difícil perceber mudanças.

Logo mais uma figura se junta a eles: Petra passeia pela floresta com seu inconfundível capuz vermelho e parece não ter medo dos confrontos. Juntos, acabam descobrindo várias outras histórias que podem ser a solução para uma maldição. Não é fácil fazer combinações interessantes de tantos personagens, mas neste caso o destaque esta justamente nas junções criativas e nas posturas cheias de dramas. Até Rumpelstiltski entra em cena – para a minha alegria.

Ao chegarem no lugar constatam que todos se encontram dormindo e quando adentram no castelo avistam também uma bela moça dormindo um sono profundamente. Logo que a princesa acorda, todos começam a despertar também e a alegria invade por algum tempo esse reino. Mas é claro que nada é o que parece e ainda acontecem muitos episódios conturbados, acelerados e por vezes insensíveis. Alguns segredos entram em cena para confundir ainda mais a cabeça dos personagens, mesmo porque não há certezas e nem momentos de concretizações úteis.

Da trilogia, acredito que Poder pode ser considerado o mais proveitoso, mesmo porque faz um trabalho excelente de propagações e é bem explicativo por conta de tanta desordem. Mesmo sendo o terceiro livro, esse conto é narrado antes de Veneno e Feitiço, o que explica muitas coisas dos outros volumes. Nas últimas páginas ainda épossível conferir uma entrevista com Sarah Pinborough, onde ela fala bastante sobre a saga.




“A princesa ficou um bom tempo em silêncio, e então, pouco antes de os soldados entrarem no quarto, murmurou aquela palavra outra vez.
– Rumpelstilskin.” Pg.64.



Classificação SEL: 4/5 


6 comentários:

  1. Nossa, me deixou com muita vontade de ler essa série, vou providenciar os livros pra já! HAHAHA

    ResponderExcluir
  2. vou ser sincera não é um que eu correria pra compara mas vcme deixou curiosa
    para ler ele
    bezossssssss
    http://guriabunitabykhen.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Essa trilogia me parece ser bem interessate,, ultimamente vejo bastante resenha sobre ela..
    Tenhoq conferir!

    Forever a Bookaholic
    Curta a página do blog

    ResponderExcluir
  4. Sabe que eu ainda não comecei esta série, mas acho super interessante estes enredos baseados em conto de fadas. Esta trilogia tem sido bem falada. espero ler.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  5. Meninas, super recomendo ler. Eu ja li todos eles. Amei todos. Pessoas que não gostam daquele famoso "clichê" vão adorar.Muito bom mesmo. Quando Você acha q nada faz sentindo nos li ros todos eles estão conectados. Perfeito

    Beijos!❤️

    ResponderExcluir
  6. Olá...desculpe se vou dar algum spoiler(odeeeeio fazer isso)mas tenho uma pergunta!!!No final do livro Poder,do nada,aparecem capitulos de Feitiço...Isso foi uma estratégia da autora para idicar que ainda vai ter mais ou o meu livro veio com defeito????

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo