28 de junho de 2014

Resenha: Subindo pelas paredes - Alice Clayton @benvira

Informações do livro:
Título: Subindo pelas paredes
Cocktail - Livro 01
Título original: Wallbanger (Cocktail #1)
Autor: Alice Clayton
Editora: Benvirá
Páginas: 256





Sinopse: A primeira noite de Caroline em seu novo apartamento é uma promessa de que dias – e noites – agitados virão. Ela não poderia imaginar que dividiria a fina parede do seu quarto com um cara capaz de deixar uma mulher completamente maluca na cama. Aliás, uma não, Caroline já contou pelo menos três gritos e gemidos diferentes. Conviver toda madrugada com a animação do apartamento ao lado deixa Caroline ainda mais afundada na crise sexual que a acompanha há tempos. Mas ela nem sequer pode imaginar que o vizinho que ela abomina talvez seja o único capaz de lhe trazer de volta seus orgasmos. Em Subindo pelas paredes, Alice Clayton mistura humor, paixão e boas doses de sensualidade, capazes de fazer qualquer uma cair de joelhos e se apaixonar.




Resenha:Subindo pelas paredes” é um chick-lit muito divertido, agradável, envolvente e carismático. As cenas são repletas de sentimentos descontrolados e intensos, e não é nenhum pouco difícil perceber as principais características e desejos dos personagens por meio de uma narrativa sutil e diálogos habilidosos.

Caroline Reynolds acaba de se mudar para um ótimo apartamento, bem centrado e primoroso. Ela até que se adapta bem, juntamente com seu gato de estimação Clive. Preciso confessar que o gato é muito engraçado e tem atitudes muito espirituosas e irreverentes.

Só que há um problema que está incomodando suas noites e que na verdade a esta deixando bem curiosa. Seu vizinho Simon parece um conquistador barato que leva diferentes mulheres para sua cama e, Caroline consegue ouvir seus momentos íntimos.

Os movimentos da cabeceira de sua cama são constantes e acontecem episódios hilariantes – como a queda de um quadro por causa do agito forte –, e ela até tenta ver quem é essa pessoa tão sedutora. Esse que, acabou com o sossego de suas noites. Em paralelo a isso, ela vive se questionando sobre suas escolhas e a falta de relacionamento.

Quando ela enfim conhece Simon, surge uma inevitável atração, porque ele parece ser mesmo muito irresistível, sexy e charmoso. Ela tem delírios e se sente vulnerável por causa das confusões a agonias sobre cada encontro. O melhor é que há um bom desenvolvimento sobre a relação amigável de ambos, mesmo porque há várias obstinações no caminho.

Mesmo com a abrangência de cenas ardentes e sensuais, o destaque está no modo como a autora introduziu o romance e o sarcasmo, que envolvem brincadeiras leves, confrontos inusitados e conquistas objetivas. A personagem aprende a se permitir mais e conviver com suas próprias expectativas e realizações.

Ainda há aqueles sentimentos sonhadores, emocionantes e reflexivos, bem como o que ela considera mais relevante em sua vida. Afinal, Caroline tem uma vida estável e um emprego ótimo, por isso ela fica meio desorientada sobre suas carências e frustrações.




“Pisquei algumas vezes; já me sentia mais acordada e um tanto fascinada pelo que obviamente estava acontecendo no vizinho.” Pg.08



Classificação SEL: 4/5 


10 comentários:

  1. ah, estou muito curiosa para ler este livro!
    a trama parece ser ótima e muito engraçada mesmo!!! *-*

    ResponderExcluir
  2. Oii.. eu estou muito curiosa para ler esse livro, inclusive vou começar hoje.
    Com a sua resenha, fiquei ainda mais ansiosa.
    Beijos!

    palacioliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Fernanda, li este livro duas vezes a partir de versões feitas por grupo de tradução. Amei tanto que comprei o livro físico, publicado pela Benvirá. Onde você viu que o livro tem 288 páginas? Meu livro tem 256 páginas e termina no capítulo 21. As traduções de grupo terminam no capítulo 22, então procurei e consegui achar o livro em inglês, que também tem o capítulo 22. Será que a editora brasileira cortou o último capítulo? Ou será que o livro tem mesmo 288 páginas e a minha edição (ou lote da editora) veio com problema?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Adri, realmente eu que errei. São 256 páginas mesmo. Obrigada por avisar. Beijos

      Excluir
  4. Fê essa é a primeira resenha que leio desse livro e confesso que fiquei com vontade. Quem sabe um dia??? Mas ele faz parte de uma série =\ Estou tão cansada delas, mas enfim adorei saber sua opinião. Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  5. Oi Fernanda, já li este livro duas vezes através de grupo de tradução e amei tanto que comprei o livro físico, publicado pela Benvirá. Onde você viu que o livro tem 288 páginas? Meu livro tem 256 páginas e vai até ao capítulo 21. As traduções que li têm o capítulo 22. Procurei e achei a versão em inglês e também tem o capítulo 22. Ou a editora cortou o último capítulo ou o livro que recebi (ou o lote dele) foi publicado incompleto. Se o livro tiver mesmo 288 páginas entrarei em contato com a editora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Adri, realmente eu que errei. São 256 páginas mesmo. Obrigada por avisar. Beijos

      Excluir
  6. Estranho, a sinopse é muito parecida com um livro que estou acompanhado no wattpad.

    ResponderExcluir
  7. Uma Coisa que percebi agora ao ler ele, e que os nomes dos personagens e do livro e filme Twilight (Crepusculo)

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    Já li o livro e amei, agora queria ler a continuação mas não estou encontrando em português. Alguém já tem ele traduzido?
    Se puder passar.
    Obrigada, estou muito curiosa.

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo