8 de julho de 2014

Resenha: Mar de Rosas - Nora Roberts @editoraarqueiro

Informações do livro:
Título: Mar de Rosas
Quarteto de Noivas - Livro 02
Título original: Bed of Roses (Bride Quartet #2)
Autor: Nora Roberts
Editora: Arqueiro
Páginas: 288



Sinopse: Emma Grant é a decoradora da Votos, empresa de organização de casamentos que fundou com suas três melhores amigas de infância – Mac, Parker e Laurel. Ela passa os dias cercada de flores, imersa em seu aroma, criando e montando arranjos e buquês. Criada em uma família tradicional e muito unida, Emma cresceu ouvindo a história de amor dos pais. Não é de espantar que tenha se tornado uma romântica inveterada, cultivando um sonho desde menina: dançar no jardim, sob a luz do luar, com seu verdadeiro amor. Os pais de Jack se separaram quando ele era garoto, e isso lhe causou um trauma muito profundo. Ele se tornou um homem bonito e popular entre as mulheres, porém incapaz de assumir um compromisso. Quando Emma e suas três amigas fundaram a Votos, foi Jack, o melhor amigo do irmão de Parker, quem cuidou de toda a reforma para transformar a propriedade no melhor espaço para casamentos do estado.



Leia também:
Quarteto de Noivas #1 - Álbum de Casamento - Nora Roberts (Editora Arqueiro)



Resenha:Mar de Rosas” é o segundo volume da série Quarteto de Noivas, de Nora Roberts. No primeiro livro há uma breve apresentação sobre a empresa Votos e de como quatro amigas se unem para que o negócio dê certo. A protagonista da vez tem o cargo de florista e gerencia os lugares com maestria e disposição.

Emma Grant é infinitamente romântica, divertida e muito sonhadora. Apesar de já ter vivenciado vários romances, ainda não achou aquele que se tornaria o ideal. O jeito como ela se mostra persistente gera várias expectativas sobre suas próprias escolhas, dúvidas, anseios e percepções. É incrível como ama seu trabalho e vive envolta de sentimentos com suas decorações lindas. Tenho apenas uma reclamação sobre ela: confesso que a achei meio infantil em determinado momento... mas pelo menos não confundiu a trama em si.

Jack Cooke já é um conhecido de Emma, assim como das outras garotas, mas quando se reencontram por certo acaso do destino, surgem sentimentos que parecem já existir, porém precisa de desenvolvimentos maiores – mesmo que a atração seja inegável. Os conflitos surgem por causa dos medos de ambos, seja por receio de estragar a amizade ou por Emma achar que ele já esteve envolvido com uma de suas amigas. O que posso dizer que ele é bem diferente do protagonista de Álbum de casamento e tem ainda mais dramas para expor.

Mesmo sendo previsível, é muito legal poder acompanhar a relação do casal, suas brincadeiras sensuais e atrevimentos leves. O destaque desse enredo está justamente na importância que cada um dos protagonistas dá par as amizades e suas influências, assim como as inconstâncias da vida e afinidades diversas. É um conjunto de essências que se desenvolvem perfeitamente ao longo dos episódios sutis.

As interações entre todos os personagens também sugerem mais sintonias e revelam muito sobre suas personalidades, opções e pensamentos íntimos. O apoio que depositam uma nas outras é muito importante e contagiante por ser tão verdadeiro.  Há ainda as questões envolvendo os casamentos, o que implica algumas reflexões sobre esse assunto cheio de significados fortes.

É uma leitura fácil para se envolver, principalmente por causa das declarações peculiares, de possibilidades fantasiosas e das esperanças depositadas no romance. Dá até vontade de conhecê-los, dar opiniões, ajudar em uma cerimônia de casamento e ainda dar mais contribuições para esse quarteto emocionante!




"Duvidava que alguém percebesse ou entendesse que essas quatro mulheres literalmente seguravam a onda juntas, fazendo os malabarismos necessários e passando a bola uma para a outra com a habilidade de jogadores profissionais." Pg. 55.




Classificação SEL: 4/5 


4 comentários:

  1. Nunca tinha lido algo da Nora e comecei com o quarteto de noivas, gostei bastante do primeiro livro, mas eu acho que esse foi bem melhor... O fato dos dois já se conhecerem e tudo mais tornou o livro bem legal e também já da margem para sabermos com quem as outras meninas vão ficar... Gostei muito mesmo dele
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. aaah, parece ser bem clichê!!
    ainda não li nenhum livro desta série, mas tenho muita curiosidade!
    parecem ser ótimos! *-*

    ResponderExcluir
  3. Também adorei a leitura e confesso que quando essa série estiver concluída irei correndo para outras da autora. Tem umas na Harlequin que despertaram minha curiosidade. Enfim parabéns pela leitura e pela ótima resenha.
    Nessa loucura do dia a dia um livro clichê é ótimo para relaxar!!!

    Leituras, vida e paixões!!!!

    ResponderExcluir
  4. Oi, gostei mais ou menos desse livro... a série é legal, mas não consegui sentir o envolvimento do casal e, em alguns momentos, o comportamento das amigas me irritou por serem exageradas e super protetoras... o anterior foi melhor de forma que aguaram o bom do amor (como disse Cazuza). O clichê não me incomoda, mas me interesso pela forma que o autor desenvolve isso...
    No fim das contas, o motivo da reviravolta do livro (todos eles têm) é um chilique de Emma porque ela quer que tudo seja do jeito dela e se comporta com caprichos e egoísmo...

    No mais, me deixou ansiosa pelos próximos :)

    Amor por Clássico

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo