30 de agosto de 2014

Resenha: Os solteiros - Meredith Goldstein @Novo_Conceito

Informações do livro:
Título: Os solteiros
Título original: The singles
Autor: Meredith Goldstein
Editora: Novo Conceito
Páginas: 256



Sinopse: Hannah é diretora de elenco em Nova York e ainda chora pelo ex que a abandonou. Rob não é muito bom em assumir compromissos, mas nos tempos da faculdade quase namorou Hannah — e não se esquece disso... Vicki tem um trabalho lucrativo (embora tedioso) como designer de interiores de uma grande rede de supermercados, e é uma depressiva crônica. Nancy leva uma vida dupla, e Joe é um quarentão que adora namorar mulheres mais jovens... Não há como negar: juntos, eles podem comprometer seriamente os planos de Bee de ter o casamento mais elegante da cidade. Da união desses personagens apaixonados resulta um romance divertido e doce sobre vidas entrelaçadas, relações de amizade e o incontestável amor.




Resenha: “Os solteiros” apresenta uma história dinâmica e envolvente sobre pessoas com estilos próprios e sentimentos reais. O melhor destaque desta narrativa é que as características dos personagens são bem definidas, de acordo com suas atitudes, escolhas e opiniões.

Beth Eleanor Evans, ou apenas Bee, vai se casar e há ainda alguns preparativos para a ocasião. O que a preocupa no momento é a distribuição dos convidados, ou os que não possuem acompanhantes. A narrativa é alternada entre os cinco solteiros: Hannah Martin, Rob Nutley, Nancy Macgowan (na verdade, é o seu filho Phill), Vicki Clifford, Joe Evans.

No decorrer dos capítulos a autora Meredith Goldstein faz referências sobre as conexões entre os personagens e expõe suas histórias, para que o leitor consiga entender o que se passa diante de cada um deles. 

Hannah é a figura mais dinâmica sendo que Rob é o cara que mais me surpreendeu por suas atitudes comoventes. Vick passa por alguns momentos depressivos e Joe parece ser o mais interesseiro. Phill vai ao casamento no lugar de sua mãe Nancy e vai se envolver em algumas cenas bem espirituosas.

Pensei que seria uma leitura bem previsível, mas confesso que acabei me surpreendendo em alguns aspectos, principalmente por causa do desfecho. Acredito que poderia haver mais descrições sobre o casamento em si e os noivos, mesmo que eles não fossem o foco do enredo – o evento pareceu meio corriqueiro. Por isso, acredito que incrementaria ainda mais os episódios e talvez poderia revelar novas peculiaridades do ambiente.

Os personagens fazem uma trajetória avaliativa para decidir o que precisam mudar em suas vidas. Entre tantos encontros e desencontros, fica muito claro que o quanto foi essencial essas pessoas se conhecerem melhor, planejar suas ações e consequentemente conciliar o tempo livre com o profissional.

Por fim, levando em consideração todas as emoções, dramas repassados e cenas hilárias, este livro possui uma narração bem ágil e agradável, e possibilita ainda a compreensão de mensagens sobre a vida, o companheirismo, o amor e a união.




“Em tempos de recessão, teria sido aceitável para Bee convidar solteiros sem acompanhantes parao casamento, mas ela queria que todo mundo tivesse pelo menos a opção de levar alguém. Mesmo assim, os solteiros tinham decidido ir sozinhos,e Bee ainda não tinha encaixado no quadro.” Pg.06



Classificação SEL: 3/5 


3 comentários:

  1. Estou um pouco curiosa a cerca deste livro mas tenho de confessar que de todas as resenhas que li quase ninguém gostou realmente dele por isso fico um pouco receosa. beijinos http://diariosdeumadesconhecidacomilona.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Gosto de história dinâmica, o livro parece ser muito bom, estou bastante interessada em ler!

    ResponderExcluir
  3. Adorei será que terá continuação? 😍😍😍

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo