28 de setembro de 2014

Resenha: De repente, Ana - Marina Carvalho, Editora Novo Conceito

Informações do livro:
Título: De repente, Ana
Simplesmente Ana - Livro 2
Autor: Marina Carvalho
Editora: Novo Conceito
Páginas: 320





Sinopse: Ana decidiu viver permanentemente na Krósvia, e tudo está às mil maravilhas. Além do namoro cada vez mais sério com Alexander, ela tem um emprego fixo na embaixada brasileira e dedica parte de seu tempo às meninas do Lar Irmã Celeste. Mesmo cumprindo tantos compromissos sociais como princesa, Ana nunca foi tão feliz. Porém, de uma hora para outra, tudo muda. Seu pai, o rei Andrej Markov, sofre um grave acidente e vai parar na UTI. Não resta alternativa: Ana vai ter que assumir o trono da Krósvia e governar a nação. Pouco – ou quase nada – familiarizada com a função, ela vai precisar de ajuda não só para reger o seu país, mas também para manter perto de si aqueles que ama. Muita gente está interessada no seu fracasso.



Leia também:
SimplesmenteAna #1 - Marina Carvalho (Editora Novo Conceito)




Resenha: Não tem como não ficar com as expectativas altas quando se trata de algum livro da autora Marina Carvalho. De repente Ana consegue ser tão envolvente quanto o primeiro (Simplesmente Ana) e expõe sentimentos mais intensos, reflexivos e completos. A ambientação também continua rica em detalhes, fazendo com que o leitor se sinta ainda mais próximo da trama e dos personagens.

O casal Ana e Alex continuam demonstram intensos sinais de afeto e amor verdadeiro, e é muito bom perceber o quanto se completam, cada um a sua maneira. Possuem personalidades fortes e são os pequenos detalhes que o definem. Dessa maneira, a narrativa sutil passa a sensação de familiaridade e conforto, e até dá uma vontade enorme de conhecê-los na vida real.

O tempo passou e a história revela novos traços do romance que se desenvolve de acordo com as percepções do casal, atitudes e afins. O destaque deste livro é que além da narração de Ana se intercala em alguns momentos com a de Alex. Claro que este personagem representa muitos sentimentos e se é muito gratificante conhecer mais sobre seus pensamentos íntimos, bem como suas disposições decisivas.

As preocupações surgem de fato após ocorrer um acidente inesperado com seu pai, o rei de Krósvia, Andrej Markov. A autora consegue passar todas as emoções para o leitor, sendo que há tantas pressões envolvidas no caso. Ana chega ao seu limite e fica muito aflita ao perceber que precisa ficar no lugar do pai enquanto ele está em coma.

De acordo com a posição, começam a aparecer exigências completamente novas e Ana até tenta conciliar todos os compromissos e as pessoas queridas em sua vida, mas nem imagina o quanto é difícil administrar um país. O lado positivo é que pelo menos entende mais como seu pai se sente diante de tantas pressões ao longo de seu reinado.

Além da angustia diante do estado do pai, Ana ainda enfrenta algumas ocasiões um tanto dramáticas ao lado de Alex. Claro esses episódios podem influenciar na distância e dá até uma raiva notar o quanto surgem pessoas oportunistas e invejosas nas horas mais complicadas. Assim, é mesmo de se esperar que surjam tantos questionamentos no decorrer das cenas sobre o que é mesmo verdadeiro no meio de tanta falsidade.

Os personagens secundários parecem ter mais forte nesse volume, e as partes em que aparecem as garotas do Lar Irmã Celeste são muito cativantes e cheias de perspectivas. Há muito envolvimento e isso define muito bem as descrições, facilitando as inovações e momentos dramáticos. Impossível não se identificar com algum deles e torcer para que tudo siga corretamente e de acordo com os planejamentos.

Não imaginava que fosse me surpreender tanto com essa nova trama, repleta de reviravoltas, ousadias, pretensões, tumultos, diversão e romance. É uma ótima continuação já que demonstra todo o fortalecimento dos personagens de acordo com suas escolhas. Uma das mensagens centrais segue por conta das mudanças, que se tornam essências para escolher novos caminhos e ter opções melhores. Marina, muito obrigada por oferecer mais uma história sensacional!

“Balancei a cabeça para Alex, concordando com ele, mas minha mente estava um pouco longe dali. A todo momento meu cérebro me levava de volta à conversa que meu pai e eu tivemos de madrugada. Enquanto não voltasse para a Krósvia e o visse com meus próprios olhos, eu não me sentiria completamente aliviada.” Pg.19

Classificação SEL: 5/5 


3 comentários:

  1. Eu adorei este livro e agora estou ansiosa para começar a ler a continuação. Achei bem legal a autora ter pego uma personagem brasileira, estou tão acostumada a ler livros com personagens que não moram por aqui que quando vejo algum personagem brasileiro acho o máximo.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi xará!! Quando eu fiz a resenha desse livro eu também falei que é impossível não criar expectativas em relação a um segundo livro, eu não sabia dele, achei tudo tão bonitinho no final do primeiro que achei que ele era único! Mas eu não fiquei feliz hehe, eu fiquei com medo da maldição do segundo livro, e embora na minha opinião tenha sido um livro bom, ainda não foi melhor que o primeiro, e eu me irriteeeeei demais com algumas atitudes da Ana hehe. Fico feliz que você tenha gostado! ótima resenha :) beijos
    www.trocandodisco.com.br

    ResponderExcluir
  3. aaaah, que resenha liiiinda!!! *-*
    já estava curiosa para ler esta continuação logo, mas agora, depois deste monte de elogios, como não querer ler agora??? ;~~
    já estou morrendo de saudade deste casal gracinha ai... faz tanto tempo que li o primeiro livro ;~~

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo