12 de setembro de 2014

Resenha: Um apartamento com vista para o mar - @AdrianaIgrejas - Editora Virtual Books

Informações do livro:
Título: Um apartamento com vista para o mar
E outras histórias
Ficção Brasileira
Autor: Adriana Igrejas
Editora: Virtual Books
Páginas: 106



Sinopse: Uma história de amor narrada pelo próprio Cupido... “Pensa que é moleza? Pensa que essa história de atirar flechinha é pra valer? Fala sério! Eu não sou, nem nunca fui um garotinho fofinho, seminu, enrolado em lençóis esvoaçantes com guirlanda de flores ou louros na cabeça, com asinhas minúsculas e cabelos encaracolados.” E outras histórias...




Leia também: 
A Fórmula da Vida - Adriana Igrejas (Editora Letra Capital)



Resenha: Em “Um apartamento com vista para o mar” a autora Adriana Igreja apresenta contos e crônicas inesperadas sobre assuntos abrangentes e vários sentimentos poéticos. É um misto de emoções que se torna empolgante justamente pelas descrições sutis, aspectos revigorantes e temas admiráveis. Além disso, também é possível conferir mensagens reflexivas ao longo do texto.

A obra conta com uma essência própria, seja por conta de um romance em adaptações ou por ser algo mais tranquilo e moderno. Numa ambientação bem casual e romântica, a narração é feita por um cupido e este com certeza é o grande destaque da obra. Muitas características podem ser apontadas sobre as interações, e o melhor é que o texto conversa com o leitor, aponta sugestões, falhas e pensamentos aflitos.

Há uma breve descrição a respeito dos trabalhos do cupido, de sua relevância e pontos positivos no amor. Assim, no meio desses devaneios fantasiosos e trabalhos intensos, surge o casal protagonista: Olavo e Rosane. O Cupido está tendo algumas dificuldades com essa união que já atravessa outras vidas passadas, mas ainda bem que ele demonstra ser bem teimoso e determinado.

Claro que também é muito divertido acompanhar os pensamentos idealistas deste narrador tão centrado em suas ações. Ele está focado em sua ação atual e tem certeza de que ambos precisam se casar, ter filhos, ou seja, construírem uma vida. Para tal missão ele usa alguns artifícios que possam influenciar encontros e muitas emoções.

A primeira história se desenrola quando Rosane encontra um anúncio para dividir um apartamento com vista para o mar, e ao conhecer o outro morador – Olavo – ela se sente um pouco receosa sobre o rumo dos acontecimentos. Até passou por sua cabeça que poderia ser gay, mas ele falou que tinha namorada. O cara parece ser tão desinteressante que realmente consegue passar impressões erradas, ainda que houvesse muitos dados sem informações certas.

As cenas sobre a reflexão dessa “operação cupido” são bem emocionantes. Sugerem, por meio da aproximação inevitável, atitudes simples, mas que aos poucos se revelam muito mais complexas e intensas. Todos os outros contos também se mostram importantes, com alguns dramas, apreciações e humor na medida certa. Há várias avaliações perspicazes e tocantes e mistura elementos de fantasia no romance, causando maiores impactos e admirações.




“Cupido é o mais comum, mas alguns gostam de me chamar de destino, amor, acaso. Sou eu quem dou aquela empurradinha, aquele quê que falta para que duas almas gêmeas se encontrem, e se falem e se apaixonem.” Pg11



Classificação SEL: 4/5


Um comentário:

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo