25 de outubro de 2014

Resenha: Fangirl - Rainbow Rowell @NovoSeculo

Informações do livro:
Título: Fangirl
Título original: Fangirl
Autor: Rainbow Rowell
Editora: Novo Século
Páginas: 424




Sinopse: Cath é fã da série de livros Simon Snow. Ok. Todo mundo é fã de Simon Snow, mas para Cath, ser fã é sua vida – e ela é realmente boa nisso. Vive lendo e relendo a série; está sempre antenada aos fóruns; escreve uma fanfic de sucesso; e até se veste igual aos personagens na estreia de cada filme. Diferente de sua irmã gêmea, Wren, que ao crescer deixou o fandom de lado, Cath simplesmente não consegue se desapegar. Ela não quer isso. Em sua fanfiction, um verdadeiro refúgio, Cath sempre sabe exatamente o que dizer, e pode escrever um romance muito mais intenso do que qualquer coisa que já experimentou na vida real. Mas agora que as duas estão indo para a faculdade, e Wren diz que não a quer como companheira de quarto, Cath se vê sozinha e completamente fora de sua zona de conforto. Uma nova realidade pode parecer assustadora para uma garota demasiadamente tímida. Mas ela terá de decidir se finalmente está preparada para abrir seu coração para novas pessoas e novas experiências. Será que Cath está pronta para começar a viver sua própria vida? Escrever suas próprias histórias?





Leia também:
Eleanor & Park - Rainbow Rowell (Editora Novo Século)




Resenha: Fangirl” é aquele tipo de livro em que o leitor consegue se identificar com pelo menos um detalhe especial. E é justamente isso que torna a história tão cativante e envolvente. Não há muitas reviravoltas e nem grandes agitações, mas os acontecimentos se tornam marcantes por serem tão sutis e ainda mais realistas. Então, acredito que realmente essa é mesmo a intenção da obra.

A questão de como a personagem principal, Cath, se sente em relação a suas expectativas, anseios e medos também é um dos aspectos centrais do enredo. Ela é uma garota introspectiva, mas é dedicada nas tarefas que gosta. E às vezes se torna um tanto irritante por não tentar investir muito no que tem dificuldades. O fato é que não se adapta muito bem com mudanças e a culpa não é só a sua timidez, mas são fatores que se unem para que ela enfraqueça ao longo dos episódios.

Fora isso, Cath é uma protagonista que chama a atenção por ser fã de uma série de livros Simon Snow (muito relacionado a Harry Potter, por sinal). É fácil entender suas escolhas e percepções sobre um universo que se sente tão a vontade, afinal é um assunto que ela domina bem e consegue lidar tranquilamente. A autora Rainbow Rowell também explora bem essas partes envolvendo fandons e fanfics, o que torna a narrativa sobre essas referencias ainda mais instigante. Como não querer viver na ficção em alguns momentos? É bem fácil entender suas aspirações...

Estaria tudo bem se Cath e sua irmã gêmea Wren não começassem a se estranhar uma com a outra com mais frequência. O problema é que as duas estão indo para a faculdade e When se recusa a dividir o quarto com ela – por isso e por outras atitudes não consegue gostar nem um pouco dela. 

Elas não são parecidas no jeito de ser, sendo que começa a dar importância a novos assuntos e a outra se recusa a abandonar seus costumes. De fato pode até ser definido como algo natural, já que estão vivenciando experiências diferentes, só que não é fácil admitir que existe mesmo um problema acontecendo entre elas. Assim, outro ponto bem explorado são as características de uma família complicada e um tanto desestruturada.

O romance também é tratado de forma leve e dinâmica, sendo que as relações desenvolvidas despertam sensações mágicas por conta de tantas emoções sinceras. Levi é um caso a parte, um personagem adorável. É um livro que trabalha bastante com temáticas fortes como laços familiares, sentimentos conflituosos, dramas, desejos e as tantas alterações que são necessárias na vida das pessoas. Confesso que esperava mais da história, principalmente por já ter lido tantos comentários positivos a respeito, mas apesar de tudo é uma leitura divertida e agradável.


“Nos livros, quando as pessoas acordam num local estranho, sempre passam por aquele momento de desorientação, sem saber onde se encontram.” Pg.18


Classificação SEL: 4/5


3 comentários:

  1. Eu não me canso de ler resenhas sobre Fangirl porque esse foi o livro mais amorzinho que eu já li na vida. Tenho paixão apaixonada pelos títulos da Rainbow, mas Fangirl, além de ter uma escrita querida e personagens fofos, me conquistou por me fazer identificar taaanto com a protagonista *-*
    Diferente de Eleanor & Park, a Rainbow trabalhou temas complicados como mudanças, amadurecimento, problemas familiares e personalidades conflituosas com um pouco mais de suavidade, acho que é por isso que eu amo tanto esse livro.
    Gostei muito da sua resenha, aliás. Ficou bem escrita e abordou bem o tema da obra :D

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    http://blogsomaisum.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá
    As temáticas do livro parecem se muito interessantes e isso me deixou muito curiosa pela leitura, inclusive depois de ler a sua resenha e outras varias que elogiam bastante, com certeza irei comprar e espero adorar kkk
    Ótima resenha

    Beijão
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/2014/10/tag-encontre-o-livro.html

    ResponderExcluir
  3. ah, eu já li tanto comentário positivo deste livro e dessa autora ai que também estou com a ansiedade a mil!
    pela sua resenha, acho que também vou me decepcionar um pouco, pois ele parece ser mais raso do que vi outras pessoas comentando por ai...
    ainda sim estou mega curiosa para ler! *-*

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo