16 de outubro de 2014

Resenha: Tatuagem - Marina Salla @NovoSeculo

Informações do livro:
Título: Tatuagem
Autor: Marina Salla Marchiori
Editora: Novo Século
Talentos da Literatura Brasileira
Páginas: 256




Sinopse: Jack se aproximou de Laura. Não, não para tirar sarro dela, nem dizer como ela é esquisita e feia, mas para defendê-la desse pesadelo. Ela sabia que sua vida estava mudada para sempre, mas não imaginou, em nenhum momento, que mudaria de novo. Uma festa, um beijo recebido pela pessoa errada, um acidente que permitiu que Laura revivesse a consciência apenas três meses depois, numa cidade diferente, e toda sua antiga vida havia sido deixada para trás. Como ela poderia imaginar? Apesar de todos os avisos, como ela podia pensar que algo assim fosse acontecer? Ele sempre fora tão atencioso, se esforçava para ser melhor com ela, não queria machucá-la por nada nesse mundo. E então... Jack, o que aconteceu com você? Deixar pessoas para trás, continuar em frente, é um aprendizado. Laura tentou seguir com a vida dela, Jack deveria ter feito o mesmo.




Resenha:Tatuagem” é um livro que realmente pode pegar o leitor desprevenido diante de tantas emoções conflitantes e outras reviravoltas importantes. O bullying é o principal tema retratado nesta obra complexa e a autora Marina Salla soube conduzir muito bem todas as passagens, desde as cenas de tensão até as de descobrimento e mudanças prováveis.

Laura tem 15 anos e de acordo com suas atitudes demonstra ser uma pessoa que tem medo de ser diferente ou de tentar algo novo. Se a garota se sente um tanto excluída é mais pelo jeito como a tratam na escola, e não tanto pelo fato de ter vivido em uma cidade pequena. É tachada como estranha, riem de sua aparência e das coisas mais banais. Ao longo dos episódios percebemos que essa protagonista é mais interessante do que imagina.

Ela começou a estudar nessa escola desde os 12 anos e desde sempre há esses tipos de conflitos. É estranho imaginar como alguém pode achar engraçado uma menina pintar o cabelo de vermelho e tentar inovar de alguma maneira. Como isso é possível?! Suas ações até que são bem irreverentes, então imagine como seria mesmo a reação das pessoas ao saber que ela teria interesse em fazer uma tatuagem.

Até que ela se depara com Jack, um cara que faz totalmente o oposto do que ela está acostumada. Ele a trata bem, sem citar as suas diferenças e é justamente isso que fascina Laura – isso e o fato de ser tão atraente e ter uma tatuagem linda. Ele é muito carinhoso, sabe expressar bem os sentimentos e parece valorizar o contato com Laura. Claro que ela ficou muito abalada com essas demonstrações de afeto, e isso é só o pontapé inicial para novas transformações bem inesperadas.

A narrativa é bem dinâmica e os personagens conseguir expor os dilemas com clareza, evidenciando sempre o que é mais relevante. Melhor ainda é saber que Laura, a protagonista, é uma adolescente que preza muito suas escolhas, e também tem dilemas e anseios como qualquer outra pessoa. Laura até que tenta não se importar, isso porque já tem noção das pessoas que precisa lidar. Mas não é nem um pouco fácil aturar tantas desavenças e palavras rudes.

O enredo questiona bastante sobre a liberdade de expressão e a valorização diante de uma sociedade que pode pressionar bastante. Assim, é fácil perceber todas as mensagens e o quão importantes são. O destaque está na maneira como essas reflexões se tornam perspectiveis e ainda mais emocionantes: por meio das oportunidades destacadas e dos mais variados pensamentos.




“Na realidade eu queria mesmo uma tatuagem. Tatuagens são legais, mas aqui em Tateó talvez se três pessoas tiverem uma só seja muito, aqui o tempo parou, talvez nem existam tatuadores aqui, talvez eles tenham sido queimados em praça pública ou estejam simplesmente presos. E eu não tenho dinheiro, então escolhi deixar o visual diferente, e entre todas as cores, lá estava o vermelho. Vivo, brilhante, sedutor, logo imaginei o quão sexy ficaria em cima de uma lingerie preta, pra se mostrar a alguém.” Pg.11




Classificação SEL: 4/5 


5 comentários:

  1. não conhecia ainda este livro, mas fiquei curiosa
    gosto de tramas assim, que mexem com a gente. e tratar de bullying desta forma, a autora parece ter se saído muito bem.
    ah, e outra, amei esta capa!! *-* :D

    ResponderExcluir
  2. Adoro as resenhas!! Fico maluca com os livros que quero ler, e minha listinha só vai aumentando rs

    ResponderExcluir
  3. Ola, não conhecia o livro e nem a autora, gostei do tema abordado e gostaria muito de ler, fiquei muito curiosa com Jack.

    Beijos Mila
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Acho essa capa linda e tenho bastante vontade de ler o livro, escutei falar bem e espero gostar bastante também, o tema é bem legal e curto livros assim, sua resenha está ótima e me deixou ainda mais curiosa haha

    Beijão
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/2014/10/resenha-desnamorados-varios-autores.html

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia esse livro mas gostei da capa e do tema abordado.
    Parabéns pela leitura e pela resenha. Obrigada pela dica!!!
    Beijos

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo