7 de novembro de 2014

Resenha: Futilidade ou o naufrágio do Titan - Morgan Robertson @VermelhoMarinho

Informações do livro:
Título: Futilidade ou o naufrágio do Titan
Coleção: O melhor de cada tempo
Título original: Futility or the Wreck of the Titan
Autor: Morgan Robertson
Editora: Vermelho Marinho
Páginas: 112




Sinopse: Futilidade ou O Naufrágio do Titan conta como o maior navio do mundo naufragou, em sua primeira viagem, após bater em um iceberg, exatamente, como viria a acontecer com o malfadado Titanic. Quem poderia imaginar que uma novela do final do século XIX se tornaria célebre por ter praticamente previsto o maior acidente náutico de todos os tempos? Mais do que o livro que profeticamente previu o naufrágio do Titanic, Futilidade é a história de John Rowland, um ateu convicto que embarca como marinheiro no navio, e Myra Selfridge, uma jovem cristã que foi o grande amor de sua vida. Os problemas só aumentam quando um capitão trapaceiro tenta colocar tudo a perder. Myra e Rowland encarnam, assim, os conflitos científicos e religiosos da virada do século, quando a ciência, mais do que nunca, se sobrepôs à religião. Ao leitor, resta a dúvida: teria sido coincidência ou providência?




Resenha:Futilidade ou o Naufrágio do Titan” é um livro que chama a atenção justamente por ter tanta representatividade diante de fatos conhecidos e outros temas interessantes. Confesso que ao ler a sinopse esperava que a trama tivesse foco em apenas um aspecto, mas me surpreendi bastante ao perceber que o autor Morgan Robertson consegue fazer conexões incríveis com os personagens retratados e a própria ambientação.

Eu realmente não conhecia a história por trás desse livro e fiquei empolgada ao pesquisar tantas informações sobre tal. A obra foi publicada inicialmente no ano de 1898 e basicamente narra o que aconteceria anos depois, na tragédia do naufrágio do Titanic, salvo apenas alguns detalhes. De qualquer forma, quem viu o filme percebe nas entrelinhas várias ocasiões muito parecidas, assim como várias descrições.

John Rowland e Myra Selfridge são os personagens principais e ambos apresentam situações cheias de dramas e sentimentos. Ele é ateu, alcoólatra, trabalha como marinheiro no navio depois de passar por várias atribulações, e fica visível o quanto é questionador. E ela parece ser o oposto dele, é muito apegada na religião e se mostra uma pessoa bem fiel aos seus princípios.

Os dois já se relacionaram e pareciam estar muito apaixonados, mas é claro que surgiram problemas que se tornaram responsáveis pela separação. Então, surge a oportunidade de um reencontro entre eles, já que Myra embarca no Titan, mesmo transatlântico em que ele se encontra. As ocasiões não são as melhores, sendo que agora ela se encontra comprometida e até tem uma filha.

O navio acaba afundando por causa de um iceberg, mas John consegue sobreviver e na sequencia, há uma longa batalha para tentar se manter vivo, assim como a filha de Myra, ao qual ele acaba resgatando. De fato, existem muitas reflexões ao longo das cenas sobre mentiras, dramas, consequências e violações da época. O desfecho foi bem convincente e ainda mais emocionante, levando em consideração tudo que já havia passado e o que poderia mudar na vida dos personagens.

Infelizmente é um livro com poucas páginas, e no final dá uma vontade enorme de ler mais sobre o autor e suas outras obras. Por falar nisso, esta nova edição da Editora Vermelho Marinho também está maravilhosa, e o bom é que condiz bastante com o clássico, sua narração e peculiaridades curiosas.




“Era o mais largo navio já criado, e o mais estupendo dentre os trabalhos do homem. Em sua construção e manutenção, estavam envolvidos cada cientista, profissional e comerciante conhecidos pela humanidade.” Pg.07

                                                
Classificação SEL: 4/5


Um comentário:

  1. ual, que obra incrível! não conhecia o livro também, mas fiquei curiosa!
    uma pena mesmo ter tão poucas páginas...
    ele não tem nenhuma outra continuação?? ;~~
    vou procurá-lo! :D

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo