16 de novembro de 2014

Resenha: O maravilhoso mágico de Oz - Lyman Frank Baum @VermelhoMarinho

Informações do livro:
Título: O maravilhoso mágico de Oz
Série Mundo de Oz - Volume 1
Título original:The Wonderful Wizard of Oz (Oz, #1)
Autor: Lyman Frank Baum
Editora: Vermelho Marinho
Páginas:208




Sinopse: Dorothy é uma órfã que vive no interior do Kansas com seus tios. Inesperadamente, um ciclone a leva para uma misteriosa e fantástica terra, um lugar mágico e colorido, cercado por um deserto imenso e governado por um mago poderoso. Em seu caminho, Dorothy enfrenta muitos perigos como bruxas malvadas e monstros gigantes, mas conhece também três amigos incríveis que vão ajudá-la nessa jornada: um Espantalho que deseja um cérebro, um Leão que queria ser corajoso e um Homem de Lata que espera ganhar um coração. Os quatro se unem para encontrar o mágico de Oz que, segundo dizem, pode realizar todos os seus desejos. Só assim Dorothy poderá voltar à casa de seus tios.




Resenha: Quem nunca ouviu falar ou já leu o clássico “O maravilhoso mágico de Oz”? Fiquei muito feliz quando recebi essa nova edição lançada este ano pela Editora Vermelho Marinho, que caprichou bastante nos detalhes de texto e imagens. Este é o primeiro livro da série Mundo de Oz, que também fazem parte da coleção O melhor de cada tempo.

Dorothy Gale é levada de sua casa para viver uma aventura surreal e ainda mais inesperada. A menina vivia em um local bem humilde, com seus tios Henry e Em. Em uma ambientação meio triste, havia Totó, um cachorrinho responsável por alegrar os dias dela. E é bem assim que o texto inicia, apresentando alguns pontos importantes e posteriormente dando destaque para o que realmente interessa.

E o responsável por fazer com que Dorothy e Totó viajassem para outro lugar fantasioso foi um ciclone, este que pegou todos desprevenidos. É fácil imaginar a cena e pensar nas condições exatas dos personagens, seja por causa do medo e principalmente por não saber muito bem como reagir. Pelo menos, o modo como Dorothy reage as situações, dá a entender que é bem esperta, ágil e bem calma.

Logo ela já conhece pessoas que julgou ser estranhas, mas é claro que conseguiu se relacionar muito bem com eles, mesmo que estivesse um tanto desconfiada e assustada. No caminho para Oz e estando ali, ainda se depara com muitas informações novas, incluindo bruxas más, tradições, curiosidades, expressões e aventuras intrigantes e arriscadas.

É muito legal ler sobre personagens que já são conhecidos, como o espantalho, o leão covarde e o homem de lata. Além disso, conhecemos novas características deles, e por isso o enredo se torna tão marcante e especial. Confesso que uma das partes que mais me chama a atenção é história do homem de lata e de o porquê ele tem tanta esperança em ganhar um coração novo.

É uma leitura complexa, levando em consideração as problemáticas a respeito de todos os acontecimentos narrados. Porém o maior destaque deste volume é que a escrita é totalmente acessível para as crianças, afinal de contas é um universo fantástico para explorar o divertimento, a imaginação e a criatividade.



“Hora após hora passou, e devagar Dorothy superou o medo. Mas sentia-se sozinha, e o vento guinchava tão alto à sua volta que ela quase ficou surda.”Pg.16


Classificação SEL: 4/5


2 comentários:

  1. achei um errinho ali na resenha: você escreveu cachinho ao invés de cachorrinho ;p
    fazia tempo que eu tinha vontade de ler este livro, e meu irmão me deu ele de natal no ano passado. eu pensava que seria uma leitura rápida, simples, mas quando comecer a ler percebi que não seria. demorei bastante para ler ele, mas acabei adorando a história :P
    não é muito o meu estilo de leitura, e admito que não leria ele de novo, mas é um clássico né, e é ótimo hehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por avisar Rayme *-* Já arrumei! Beijos

      Excluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo