28 de novembro de 2014

Resenha: Sob a redoma - Stephen King @Suma_BR

Informações do livro:
Título: Sob a redoma
Título original: Under the Dome
Autor: Stephen King
Editora: Suma de Letras
Páginas: 960




Sinopse: Em um dia como outro qualquer em Chester’s Mill, no Maine, a pequena cidade é subitamente isolada do resto do mundo por um campo de força invisível. Aviões explodem quando tentam atravessá-lo e pessoas trabalhando em cidades vizinhas são separadas de suas famílias. Ninguém consegue entender o que é esta barreira, de onde ela veio e quando — ou se — ela irá desaparecer. Os moradores de Chester’s Mill percebem que terão de lutar por sua sobrevivência. Pessoas morrem, aparelhos eletrônicos entram em pane ao se aproximar da redoma e a situação fica ainda mais grave quando a cidade se vê exposta às graves consequências ecológicas da barreira. Para piorar a situação, James “Big Jim” Rennie, político dissimulado e um dos três membros do conselho executivo da cidade, usa a redoma como um meio de dominar a cidade. Enquanto isso, o veterano da guerra do Iraque, Dale Barbara, é reincorporado ao serviço militar e promovido à posição de coronel. Big Jim, insatisfeito com a perda de autoridade que tal manobra poderia significar, encoraja um sentimento local de pânico para aumentar seu poder de influência. O veterano se une a um grupo de moradores para manter a situação sob controle e impedir que o caos se instaure. Junto a ele estão a proprietária do jornal local, uma enfermeira, uma vereadora e três crianças destemidas. No entanto, Big Jim está disposto até a matar para continuar no poder, apoiado por seu filho, que guarda a sete chaves um segredo. Mas os efeitos da redoma e das manobras políticas de Jim Rennie não são as únicas preocupações dos habitantes. O isolamento expõe os medos e as ambições de cada um, até os sentimentos mais reprimidos. Assim, enquanto correm contra o pouco tempo que têm para descobrir a origem da redoma e uma forma de desfazê-la, ainda terão de combater a crueldade humana em sua forma mais primitiva.




Resenha:Sob a redoma” é um livro muito eletrizante, nada menos que isso. Pode ser definido por várias outras tantas características, porém o grande destaque está no modo como as cenas e personagens são apresentados, repletos de segredos, mentiras, objeções e muitos conflitos graves. O fato é que tudo parece estar interligado e o leitor já nem sabe mais no que acreditar.

O livro pode assustar um pouco de início apenas por causa da quantidade de páginas, só que quando se começa a ler esse detalhe é totalmente esquecido. A leitura é muito envolvente e a gente nem percebe o tempo passando, se sente ansioso por mais detalhes e instigado pelas resoluções dos enigmas.

Chester’s Mill parece ser uma cidade bem pacata, só que surpreende por sua vasta complexidade diante de tantos dilemas e casos arriscados. De uma hora para outra e sem nenhuma explicação plausível, a população se vê isolada por causa de uma redoma de vidro que acomete todo o local. A partir disso somos apresentados a várias personalidades distintas, estes que mantém seus próprios mistérios e fazem planos, cada um a seu modo, para resistir às implicações.


Big – Jim Rennie e Dale – Barbie – Barbara são os que mais se sobressaem nos combates internos, influencias incertas e conversas ameaçadoras. Big Jim é muito oportunista, está envolvido com política e não é uma pessoa confiável, ao contrário de Barbie, que tenta fazer o possível para ajudar as pessoas ao seu redor, apesar de esconder algumas informações também.

Os diversos personagens que surgem ao longo da narrativa demonstram toda a fragilidade do ser humano diante das dificuldades mais inesperadas. Claro que há muitas passagens perceptíveis da benevolência sincera, assim como há episódios que demonstram crueldade e falsidade, entre tantos outros tipos de malícia.

Acredito que o autor Stephen King expôs cada peculiaridade justamente para que o leitor reflita sobre um acontecimento problemático e as atitudes drásticas de quem passa por algo crítico ao extremo. Sentimentos temerosos e desesperadores se confundem e não é nenhum pouco fácil decidir o que é certo, qual o caminho seguir e a quem confiar.

Não é só o fato de não poder sair da cidade ou fugir desse caos, mas sim as consequências que surgem por causa dessa situação. Como é mesmo de se esperar, todos parecem estar descontrolados e com muita aflição, seja por causa do clima, da economia, dos delitos descobertos ou da escassez que aparece aos poucos.

É um livro sensacional e profundo por narrar tantos enredamentos, seja por causa da própria redoma ou da população em geral. E o desfecho é ainda mais marcante – mesmo que seja bem curioso – por unir tantas mensagens relevantes e ao mesmo tempo um tanto simples.




“Então bateu alguma coisa. Com força. Não havia nada lá, mas Barbie viu o nariz do cara se dobrar de lado quando quebrou.” Pg.26




Classificação SEL: 5/5


Eu também acompanho a série televisiva e posso afirmar que há muitas diferenças com a trama original. Mas vale a pena acompanhar. Confira o trailer:





2 comentários:

  1. tenho muita curiosidade em ler este livro, pois parece ser ótimo e muito melhor do que a série mesmo, mas confesso que ainda não comprei ele porque o valor nunca abaixa kkkkk
    na questão de complexidade entre a série de tv e o livro, parece ser a mesma coisa, mas acredito que a trama mesmo é que muda entre ambas né...
    quer dizer então que após você ler o livro você já sabe o que acontece no final e o porque de a redoma aparecer??? hmmm, acho que precisamos conversar! kkkkkkk
    quero muuuuuito saber!!!! hahahaha

    ResponderExcluir
  2. Eu não tenho um pingo de vontade de assistir a série, e o preço e a grossura do livro não são muito convidativos. De qualquer forma, parece ser uma trama muito interessante e psicológica! Nunca li nada do autor. Espero ter a oportunidade de ler Sob a Redoma logo, logo. O irmão de um amiga tem, mas falta coragem de ler. Então, corrigindo: oportunidade eu tenho, falta disposição! rs

    Clara
    @clarabsantos
    clarabeatrizsantos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo