18 de março de 2015

Resenha: O sétimo filho - Joseph Delaney @BertrandBrasil

Informações do livro:
Título: O sétimo filho
As aventuras do caça-feitiço
Título original: Seventh son
Autor:Joseph Delaney
Editora: Bertrand Brasil
Páginas:512




Sinopse: Em um mundo dividido entre luz e trevas, John Gregory, o Caça-Feitiço, é o sétimo filho de um sétimo filho e mantém uma cidade do século XVIII relativamente bem e longe dos maus espíritos. No entanto, ele não é mais jovem e suas tentativas de treinar um sucessor foram todas mal sucedidas - os pouquíssimos que terminaram o aprendizado são medíocres ou fracos ou covardes, e não se igualam a ele. Sua última esperança é um menino chamado Thomas Ward, também sétimo filho de um sétimo filho. De alguma forma, Thomas terá de aprender a exorcizar fantasmas, deter feiticeiras e amansar ogros que surgem sempre que o sol se põe. Seu primeiro desafio será grande - ele terá de enfrentar a Mãe Malkin, a mais terrível e poderosa feiticeira do Condado. O Sétimo Filho reúne os dois primeiros volumes da série 'As Aventuras do Caça-Feitiço' - 'O Aprendiz' e 'A Maldição'.
               



Resenha: O sétimo filho é uma edição especial de “O aprendiz” e “A maldição”, respectivamente volume 1 e 2 da série “As aventuras do caça-feitiço.”, de Joseph Delaney. Há várias interações que proporcionam aprendizados fundamentais para o protagonista e é ainda mais perceptível o quanto há um amadurecimento nas escolhas essenciais.
                  
Thomas Ward (Tom) é o sétimo filho de um sétimo filho, e tinha como objetivo inicial ser aprendiz de um caça-feitiço. Ele sabia, na teoria, quais eram as funções do cargo e mesmo que estivesse com muitas expectativas, ainda se via bastante nervoso e amedrontado. Estará aprendendo novas aptidões com seu mestre, mas também poderá se sentir sozinho, sem ter com quem desabafar, pelo menos é assim que ele acha que será.
                                      
Todos entendem perfeitamente a importância em ser um caça-feitiço, mesmo porque os requisitos para cumprir as tarefas são bem restritivos. Tom tem pouca idade, e é exatamente o fato de colocarem uma pressão tão grande nele que surpreende tanto. Ainda assim, eles devem perceber o que o menino é capaz, afinal de contas, tudo é muito perigoso e é ele que deve proteger as pessoas do mal.
                                  
As descrições também são incrivelmente fantasiosas, e o caça-feitiço o incentiva a perder seu medo, como se todas as ações dependessem desse amadurecimento. A trajetória é longa, com viagens inesperadas e dificuldades variadas. A fome, a solidão e o frio podem deixar uma pessoa vulnerável, ao mesmo tempo em que fortalece a avaliação ao qual é submetido. E isso não é nem a metade do que é necessário enfrentar.

Os momentos de superação são os mais instigantes, visto que o garoto enfrentar coisas sem saber qual é a direção certa. Ele não tem muito tem a aprender e o seu principal desafio surge muito rápido, então é claro que ele fica inseguro e cheio de receios. Por isso mesmo que o garoto se evidencia tanto, afinal de contas, ele tem um bom desempenho diante das batalhas. Tom não se acha nem um pouco especial, fora o fato de ser o sétimo filho, então é bem interessante quando começa a se valorizar mais.

Nesta viagem inicial, o leitor vai se deparar com uma aventura repleta de fantasia, tensões e algumas diversões, com direito a bruxas, feiticeiras, ogros, entre outros seres afins. O filme, baseado no livro, estreou nos cinemas no dia 12 de março / 2015, e Jeff Bridges, Ben Barnes e Julianne Moore fazem parte do elenco principal.


“Porém, isso me deixava nervoso, porque era um ofício assustador. Eu ia aprender a proteger os sítios e aldeias das coisas que assombram a noite. Enfrentar vampiros, ogros e todo tipo de criaturas perversas era parte desse trabalho. Era o que o Caça-feitiço fazia, e eu ia ser seu aprendiz.” Pg.11

Classificação SEL: 4/5


Um comentário:

  1. faz tempo que nao leio nada com esse tema de magia , fiquei curiosa.
    otima resenha

    http://www.jacknuit.com.br/

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo