6 de abril de 2015

Resenha: História Zero - William Gibson, Editora Aleph

Informações do livro:
Título: História zero
Blue Ant - Livro 03
Título original: Zero History (Blue Ant #3)
Autor: William Gibson
Editora: Aleph
Páginas: 514




Sinopse: “História Zero”, assim como em Reconhecimento de Padrões e Território Fantasma, explora o lado mais sombrio do marketing e o cenário conturbado do pós-11 de setembro e da crise global de 2008. A nova meta do ambicioso Hubertus Bigend é controlar o fornecimento de uniformes militares nos Estados Unidos e se valer da crescente influência desse estilo no mercado mainstream. Para tanto, ele busca aliciar o criador anônimo de uma obscura e desejada marca de roupas que virou febre entre consumidores do mundo inteiro. A ex-roqueira e jornalista Hollis Henry está praticamente falida. A contragosto, ela aceita a proposta do bilionário belga para rastrear e identificar o misterioso designer. Nessa missão, Hollis contará com a ajuda de Milgrim, um tradutor ex-viciado em drogas cuja drástica reabilitação fora bancada pelo próprio Bigend. Mas o trabalho de ambos chama a atenção de concorrentes indesejados, dando início a uma delirante perseguição que acaba envolvendo um agente do governo norte-americano, o intrépido namorado de Hollis e até mesmo o ex-baterista de sua antiga banda.



Leia também:
Blue Ant #1 - Reconhecimento de Padrões- William Gibson (Editora Aleph)
Blue Ant #2 - Território Fantasma - William Gibson (Editora Aleph)



Resenha: Para quem já leu os volumes anteriores da série Blue Ant – Reconhecimento de Padrões e Território Fantasma –, sabe que “História Zero” também seria bem complexa e repleta de detalhes peculiares e instigantes. O autor William Gibson consegue explicar com clareza todos os seus argumentos, e é justamente esse fator que o torna tão admirável e engenhoso.

O tema não poderia ser mais profundo, mesmo porque o leitor consegue perceber os pontos importantes da trama, tendo em vista que a própria ambientação é digna de várias reflexões acerca de tecnologias e da ciência num modo geral. É perceptível o quanto o enredo se mostra surreal de acordo com os parâmetros da realidade, porém, independente disso, o que importa mesmo são as considerações feitas por cada personagem.




Assim como nos volumes anteriores, são os personagens que valorizam ainda mais os acontecimentos. Isso porque eles são bem diferentes uns dos outros, e possuem passados conturbados. Levando em consideração que nada é coincidência, o que se percebe inicialmente é que foram escolhidos justamente por suas características principais, para incentivar e colaborar o máximo que puderem com o planejamento estratégico.

Hollis Henry é jornalista e uma ótima crítica quando analisa novidades sobre cultura e fatos relacionados. Seu trabalho é exposto junto a Hubertus Bigend, que entra em cena novamente com intenções ainda mais arriscadas e audaciosas. Se bem que é possível dizer que tudo que esse homem poderoso propõe, requer algo perigoso. Por isso que Hollis tem tantos receios, mas como ela está com dificuldades financeiros fica difícil recusar o serviço. Ele comanda a agência de publicidade Blue Ant e está sempre de olho em casos surpreendentes.

Consequentemente, é a partir dessa premissa investigativa que o leitor começa a se sentir instigado por mais uma aventura, cheia de complicações, informações sérias e mistérios baseados em fatos secretos. Milgrim também é outro personagem que se destaca por suas habilidades específicas e é de grande ajuda nas missões. Particularmente, sempre tive sensações erradas sobre as pessoas que surgem nas cenas, e no fim tudo se tornou imprevisível demais para tentar decifrar os enigmas.

O que mais chama a atenção é o foco dedicado as tecnologias neste cenário influenciador, bem como as novidades do mercado e suas implicações na sociedade. Não é nenhum difícil compreender esses conceitos ao longo do texto, mesmo porque o autor consegue repassar bem suas inquietações a respeito desse tema.
                                                                                                       

Classificação SEL: 4/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo