2 de abril de 2015

Resenha: A lâmina da assassina - Sarah J. Maas @galerarecord

Informações do livro:
Título: A lâmina da assassina
Trono de Vidro - Livro 0,5
Título original: The Assassin's Blade 
(Throne of Glass 0.1-0.5)
Autor: Sarah J. Maas
Editora: Galera Record
Páginas: 368





Sinopse:Implacável, sedutora, letal. Poucos conhecem seu rosto, menos ainda sobrevivem à sua fúria. Não à toa Celaena Sardothian é sinônimo de morte. Suas lâminas são certeiras, assim como seu estranho código de honra e seu aguçado senso de justiça. Mas como uma menina, encontrada agonizando pelo rei dos Assassinos de Adarlan, se tornaria a campeã do rei? Disputada pelo capitão da guarda real e o próprio príncipe herdeiro? No centro de intrigas políticas? Acompanhe Celaena vencer um lorde pirata e toda sua tripulação; o encontro como uma curandeira; seu treinamento com o Mestre Mudo, senhor dos assassinos silenciosos, nas dunas do deserto Vermelho; a prisão nas Minas de Sal de Endovier; ou, ainda, sua luta contra o mais escorregadio e traiçoeiro dos adversários — o próprio coração.



Leia também:
Trono de Vidro #1 - Sarah J. Maas (Galera Record)
Trono de Vidro #2 - Coroa da meia-noite - Sarah J. Maas (Galera Record)



Resenha:A lâmina da assassina” faz parte da série Trono de Vidro, de Sarah J. Maas. O esperado é que essa trama exploraria questões mais complicadas nas experiências da protagonista. Só que, além disso, há um fator bem mais sério, e de fato inesperado, que faz com que o leitor não tenha palavras para descrever a imensidão das emoções contraditórias.

Celaena Sardothien é incrivelmente habilidosa como assassina, e não me canso de pensar o quanto esta heroína sombria e corajosa merece ser explorada com mais profundidade. É temida, prática, estilosa e muito disputada, além de tantas outras qualidades excepcionais. Ou seja, poderia mesmo escrever um texto só sobre ela e ainda faltariam argumentos para relatar todos os aspectos.

Não sei como, mas a autora também faz com que outros personagens se tornem tão apaixonantes quanto Celaena.Estou de coração partido e nem tenho ideia das reais consequências de tudo isso. É sério, fazia tempo que não me sentia tão intrigada com uma relação apresentada em um livro. Pelo menos, não dessa forma.Então, o que falar sobre Sam Cortland?! Espera, acho melhor nem falar mesmo... Sabe quando você já sabe que provavelmente o desfecho será de tal maneira, mas tem medo disso? Então, é bem por ai mesmo! É lógico que há outros personagens que se evidenciam

O livro é envolto por uma fantasia sensacional, cheio de ação, suspense e receios diversos. Tudo é muito impressionante e é por isso mesmo que a gente se sente tão deprimida com algumas as cenas relatadas. Melhor ainda é conseguir se adaptar a ambientação construída pela autora, já que fica visível o quanto existem mudanças durante o tempo.

Ao ler esse livro dá até vontade de reler “Trono de Vidro” e ‘Coroa da meia-noite”, ao menos para poder perceber outros destaques que eu posso não ter notado muito bem ou então para poder entender melhor outras referencias ao longo da escrita. Assim, é interessante – para quem ainda não leu nenhum desses títulos – ler “A lâmina da assassina” primeiro ou pelo menos depois de “Trono de Vidro”. E ao finalizar este livro dá para perceber que não é algo supérfluo, para servir de enrolação ou algo do gênero. Os fundamentos fazem toda a diferença e motivam ainda mais o leitor para continuar a investir na série.

“ – Toque em mim de novo – retrucou ela, caminhando até a cama e pegando a comida derramada – e vai perder essa mão.” Pg.40


Classificação SEL: 5/5


2 comentários:

  1. Eu amo a série e estou louco para ler esse! Ainda bem que esses contos não são "supérfluos" na história. E acho que vou amar ainda mais a Celaena após esse livro.

    Abraço!
    dreamdropdistance.com

    ResponderExcluir
  2. então o livro "the assassin's blade é o primeiro livro da série?? eu tenho que lê, ele primeiro?

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo