25 de maio de 2015

Resenha: Red Hill - Jamie McGuire @Verus_Editora

Informações do livro:
Título: Red Hill
Red Hill #01
Título original: Red Hill (Red Hill #1)
Autor: Jamie McGuire
Editora: Verus
Páginas: 350




Sinopse: Para Scarlet, cuidar de suas duas filhas sozinha significa que lutar pelo amanhã é uma batalha diária. Nathan tem uma mulher, mas não se lembra o que é estar apaixonado; a única coisa que faz a volta para casa valer a pena é sua filha Zoe. A maior preocupação de Miranda é saber se seu carro tem espaço suficiente para sua irmã e seus amigos irem viajar no fim de semana, escapando das provas finais da faculdade. Quando a notícia de uma epidemia mortal se espalha, essas pessoas comuns se deparam com situações extraordinárias e, de repente, seus destinos se misturam. Percebendo que não conseguiriam fugir do perigo, Scarlet, Nathan, e Miranda procuram desesperadamente por abrigo no mesmo rancho isolado, o Red Hill. Emoções estão a flor da pele quando novos e velhos relacionamentos são testados diante do terrível inimigo – um inimigo que já não se lembra mais o que é ser humano. O que acontece quando aquele por quem você morreria, se transforma naquele que pode lhe destruir? Red Hill prende desde a primeira página e é impossível deixa-lo até o final surpreendente. Este é o melhor da autora Jamie McGuire!




Resenha: Red Hill” é aquele livro que surpreende desde as primeiras páginas. O leitor já conhece a narrativa intensa e romântica de Jamie McGuire, porém há muito mais que romance neste enredo e é justamente isso que faz toda a diferença. Eu não fazia ideia do que a história iria abordar, e apesar de não gostar muito do cenário pós-apocalíptico com zumbis, é interessante como a autora consegue juntar tantos traços diferentes e especiais. Não foi o que eu esperava, mas vale a pena sair da zona de conforto e investir em outros contextos.

A narrativa é feita por três protagonistas, sendo Scarlet, Nathan e Miranda. Cada um possui uma personalidade bem peculiar, mas ao longo das cenas é possível perceber muitas semelhanças entre eles. Claro que o objetivo principal foi sempre a sobrevivência de ambos, apesar de todos os contratempos, perdas e afins. E ainda bem que há essa divisão de narrações, porque conseguimos entender com mais clareza todas as experiências individuais.

Scarlet é médica e tem duas filhas, que neste momento tão difícil não estão ao seu lado, já que elas estão com o pai. Não tem como não se emocionar com Scarlet querendo encontrá-las para estar junto, mesmo que seja a última coisa. As preocupações surgem a todo momento, ainda mais que ela e outros personagens estão frente a frente com casos assustadores de ataques.

Nathan tem uma filha, Zoe, que também se destaca bastante nos episódios, principalmente por sua bravura sendo tão pequena para conseguir assimilar as tragédias. Sua esposa o abandonou bem no dia do caos e é por isso que o leitor já começa a ter uma afeição bem maior por ele. Essa relação o faz ficar ainda mais forte para superar os perigos.

Miranda é filha de um médico, este que por sinal é proprietário do rancho Red Hill. Ela está indo visitar o pai, junto com a irmã, Ashley, e seus respectivos namorados, Bryce e Cooper. Ela se mostra bem mimada a principio, mas é inevitável não mudar mais, após entender o que se passa ao seu redor.  Assim, todos querem se instalar no rancho, já que é o ideal, sendo que há mantimentos necessários para a ocasião.

O assunto é bem desenvolvido, por mais que zumbis já estejam tão analisados em diversos outros títulos. Mas chama a atenção o modo como há a inserção deles e consequente desenvolvimento. É uma epidemia tão insana, principalmente por envolver tantas dúvidas pelo caminho. Alguém foi o responsável, porém este não está mais disponível para ser julgado. Além do mais, quem diria que tal dia chegaria afinal?!


Classificação SEL: 4/5


3 comentários:

  1. normalmente não sou fã de livros assim, mas já li um neste estilo, com mais romance e tal e gostei
    e claro, por ser da Jamie com certeza vale a pena hehe
    sei lá, não sei se é porque estou acostumada a ler só os romances dela, mas não parece muito a cara da autora escrever um livro assim... ;x

    ResponderExcluir
  2. Oiii
    Eu sou fã da escrita da autora e bastante viciante.É por incrivel que parece eu nunca li nada do genero "zumbi"...a capa e o assunto pricipal abordado parecem ser bastante interessante, é diferente dos livros que a autora costuma escrever,acho que vou gostar. Vou tentar ler.
    Amei a resenha .
    Beijinho
    http://www.leituraseloucuras.com.br/

    ResponderExcluir
  3. oi flor, que mudança de enredo da Jamie, em Belo desastre um romance avassalador e em Red Hill uma trama apocalitica com zumbis e tudo mais! acho a proposta interessante e dinâmica, muito atrativa, mas não creio que fluiria para mim, essa coisa de zumbis e tal me deixa receosa, como sempre torço o nariz para esses elementos não creio que ia me aventurar
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo