23 de junho de 2015

Resenha: Apenas um ano - Gayle Forman @Novo_Conceito

Informações do livro:
Título: Apenas um ano
Apenas um dia # 2
Título original: Just One Year (Just One Day #2)
Autor: Gayle Forman
Editora: Novo Conceito
Páginas: 352




Sinopse: Em Apenas um Dia, os momentos de paixão entre Allyson e Willem foram interrompidos de maneira abrupta, lançando a jovem em um abismo de questionamentos e dor. Agora a história é contada pela voz de Willem. Sem saber exatamente o que o atraiu na garota de olhos grandes e jeito comportado, o rapaz inicia uma busca obsessiva por pistas que levem até a sua Lulu mesmo sem saber sequer o seu nome verdadeiro. Enquanto tenta compreender o mistério que os separou, Willem se esforça para costurar relacionamentos desgastados e procura respostas para o futuro. Mais do que uma aventura de verão, o encontro em Paris significou para ele o início da vida adulta. Da mesma autora dos best-sellers Se Eu Ficar e Para Onde Ela Foi, Apenas um Ano reúne todos os ingredientes de um romance imperdível: viagens, saudade, encontros, desencontros e amor.


                                                                         

Leia também:
Apenas um dia #1 Apenas um dia- Gayle Forman (Editora Novo Conceito)
Se eu ficar #1 - Gayle Forman (Editora Novo Conceito)
Se eu ficar #2 - Para onde ela foi - Gayle Forman (Editora Novo Conceito)



Resenha: Apenas um ano” é a continuação de “Apenas um dia”, de Gayle Forman, e consegue expressar bem os sentimentos inspiradores e mágicos dos personagens, mesmo porque este volume explora bastante todas as descobertas feitas, assim como a trajetória pela busca de encontros tão esperados.

Willem De Ruiter se destaca bem mais nessa narrativa e é fácil perceber o quanto ele está se esforçando para descobrir o paradeiro de Alysson Healey (Lulu). E sobre ela só vou dizer que fiquei surpresa com sua conduta e principalmente por seu amadurecimento. Mas é apenas isso. O tempo em que os dois estiveram juntos em Paris pareceu ser tão mágico, por isso é muito importante lembrar o que ocorreu para que se separasse. Além disso, a narrativa mostrou pensamentos bem instigantes sobre suas atitudes.

E por falar nisso, mais gratificante ainda é saber que Willem é exatamente aquele tipo de personagem que a gente espera que seja. Não sei se atribui muitas expectativas sobre ele no primeiro volume, mas ainda acredito que a autora conseguiu valorizá-lo ainda mais, seja por conta de sua procura determinada ou por causa da exploração de outras relações na sua vida, como a familiar.

Independente dos detalhes que o definem, preciso dizer também que é muito frustrante quando ocorrem os desencontros, já que é algo tão esperado pelos leitores. Porém, acabei percebendo que essas cenas são necessárias para a compreensão básica das diferenças entre o casal. Parece besteira, mas as intenções e demasiadas dúvidas sobre os sentimentos individuais garantem pontos de vista ainda mais intensos.

Os cenários também são especiais e bem abrangentes, visto que tornam a emoção e as interações ainda mais vívidas. Essas viagens tem o poder de transformar pessoas e impulsionar ideias, por isso que as situações são tão atraentes. Independente disso, ele percebe que sua motivação é forte, mas não tanto quanto a confiança depositada em si mesmo. Ele – juntamente com os leitores – aprende que nem tudo é como parece, e é exatamente por causa desta constatação que precisa trabalhar mais sua autoestima.

Será que está fazendo as escolhas certas? Quem ele é de verdade? As emoções são reais? Questionamentos como esse e outros conflitos avaliam ainda mais o enredo e é um ótimo complemento do anterior. É enredo que aborda bem mais que superações, como perdas inevitáveis e outras surpresas do destino.

Classificação SEL: 4/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo