3 de junho de 2015

Resenha: Uma vez na vida - Marianne Kavanagh @UnicaEditora

Informações do livro:
Título: Uma vez na vida
Todo mundo tem uma alma gêmea
Título original: For Once in My Life
Autor: Marianne Kavanagh
Editora: Única
Páginas: 288




Sinopse: Uma história de amor, encontros e.... desencontros! Conheça Tess. Obcecada por roupas vintage, ela está sempre enrolada no emprego que detesta e em dúvida sobre seu namorado bonitão Dominic, que conheceu na universidade. Morando em um adorável apartamento com sua melhor amiga, Kirsty, ela poderia se considerar uma pessoa de sorte. Mas se sua vida é tão perfeita, por que ela se desfaz em lágrimas toda vez que pensa no futuro? Conheça George. Um músico brilhante que divide seu tempo entre brigar com os companheiros de sua banda de jazz e se preocupar com o pai doente. Mas ele sabe que a vida não é só isso. Deve haver mais alguma coisa. Algo especial. Tess e George são duas partes de um todo, almas gêmeas. Para a sorte deles, seus amigos em comum sabem que eles são feitos um para o outro. O problema é que eles não se conhecem e, sempre que a oportunidade aparece, a vida chacoalha os dois para longe. E agora? Se todos têm uma alma gêmea, como o destino faz para uni-los? Acompanhe a história divertida e apaixonante de Tess e George durante uma década de encontros malsucedidos, frustrações românticas e uma dúzia de recomeços. Uma vez na vida é uma comédia romântica moderna e inteligente sobre amizade, destino e oportunidades perdidas e reconquistadas!




Resenha: Uma vez na vida”, de Marianne kayanagh, é um livro sutil, divertido, irreverente e repleto de emoções contraditórias. Os personagens possuem muitas diferenças entre si, porém o leitor consegue perceber outras tantas semelhanças a cada encontro deles. E é justamente isso que faz com que essa leitura valha a pena.

Tess é uma garota tranquila, pelo menos é o que tenta parecer para as pessoas ao seu redor. Mas no fundo é extremamente sonhadora, porém ainda mais perdida e insegura. Me identifiquei muito com essa protagonista, seja por conta de seus pensamentos emotivos ou receios em relação ao futuro. Ela mora junto com sua amiga Kirsty, uma garota espontânea e muito divertida, e tem um namorado, Dominic, que não parece ter os mesmos conceitos amorosos que ela.

George também entra em cena e aos poucos conseguirmos perceber várias coisas que ele e Tess tem em comum. Ele é músico, porém não parece estar muito satisfeito com sua rotina e recorrentes escolhas da vida. Apesar disso, não parece fazer muito esforço por mudanças e quando algo acontece as vezes nem é o esperado por ele.

O mais interessante, e complexo, é que os dois são inseridos na vida um do outro, mas ao mesmo tempo não são. A gente consegue entender que eles seriam ótimos se estivessem juntos e até Kirsty sabe disso, mesmo porque ela foi a primeira pessoa a dizer que Tess e George eram perfeitos um para o outro.

Mas como é difícil colocá-los no mesmo ambiente. Torna-se irritante, de um jeito bom – ou não –, porque dá uma angústia tão grande para podermos enfim ler sobre um tão esperado encontro. Engraçado que eles não tem noção do efeito que fazem um no outro, e nem imaginam as possibilidades que os aguardam.

É mais uma questão de tentar inovar e lutar por algo que esteja fora de nossa zona de conforto. Ai fica aquela expectativa se eles realmente irão se dar bem, ou é só o esperado pelas pessoas ao seu redor. Mas não é só isso, porque existem outras “barreiras” entre eles. Como o fato de terem responsabilidades e compromissos com outras pessoas e principalmente pelo tempo passar rápido demais.

A leitura é rápida e descontraída, já que a narração não parece focar em apenas um acontecimento. Muitas coisas acontecem e o leitor tende a ficar um pouco perdido com algumas definições. Fora isso tudo é muito perspicaz e ao mesmo tempo extremamente delicado. Se a atração for instantânea mesmo, como agir diante de uma situação dessas?

Classificação SEL: 4/5


Um comentário:

  1. Oi Fê,
    não é um livro que me deixa muito curiosa, mas a trama dele parece ser boa.
    se é de leitura rápida me dá vontade de arriscar
    acho legal ter bastante acontecimentos envolvidos, assim não se torna uma leitura chata :P

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo