21 de julho de 2015

Resenha: As armaduras sagradas - Ronaldo Barcelos @galeraamazon

Informações do livro:
Título: As armaduras sagradas
Amazon - Guerreiros da Amazônia
Autor: Ronaldo Barcelos
Ilustrações: Ronaldo Santana
Editora: RJR Produções
Páginas: 216



Sinopse: Muitos são os perigos que ameaçam a Floresta Amazônica. Três jovens com grandes poderes lutam para manter a paz e a harmonia contra homens gananciosos e inconsequentes. Um inimigo do passado retorna mais forte que antes para destruir a Cidade Amazon e roubar a Flor do Sol, a maior fonte de energia do mundo. É preciso convocar novos guerreiros para vestirem as Armaduras Sagradas. Você não pode fugir do seu destino!



Leia também:
Amazon Guerreiros da Amazônia #1 O templo da Luz - Ronaldo Barcelos (RJR Produções)


Resenha: As armaduras sagradas” é o segundo volume da série Amazon – Guerreiros da Amazônia. Assim como o primeiro volume, “O templo da luz”, este também se mostra tão dinâmico e interessante quanto. O texto é de Ronaldo Barcelos e o livro ainda conta com ilustrações de Ronaldo Santana, fazendo com que as cenas se tornem ainda mais críveis e envolventes.

Eu já tinha falado na resenha do primeiro volume sobre a importância da inserção desses tipos de livros sobre educação ambiental nas escolas, e preciso novamente reforçar que, de fato, são abordagens bem inovadoras e de fácil acesso aos alunos. Além disso, apresenta muitas informações e pontos de vista importantes e que servem de base para outros debates em sala de aula.

A trama é repleta de tensão, aventura e ação, e para quem leu o primeiro livro conheceu alguns jovens determinados e conscientes sobre suas respectivas atitudes sociais. Allan, Cynthia e Kleyton venceram um concurso nacional de frases sobre a Amazônia e é justamente a partir disso que a trajetória tem início. Como prêmio, eles poderiam participar de um congresso do meio ambiente em Manaus, na companhia de cientistas. Ainda assim, muitas coisas não saíram como o planejado.

Eles ficaram perdidos na floresta, fugiram de perigos e precisaram traçar planos para conseguirem sobreviver diante de um ambiente hostil e diferente. Sem falar que ainda precisam enfrentar desentendimentos entre eles mesmos. Pode-se dizer que os jovens desenvolveram bastante, principalmente por ter a oportunidade de conhecer um outro estilo de vida. E nessa segunda obra ainda é possível conferir, um pequeno resumo sobre o que aconteceu anteriormente.

Agora, o enredo apresenta novas passagens dos guerreiros, assim como a inserção de novos personagens e outros problemas e complicações. A luta se mostra constante, e é muito interessante perceber a vontade de cada um deles. Mika Aoki é apresentada a este mundo repleto de perigos e também irá aprender novos sentidos para sua existência.

A história também se mostra ainda mais instigante, ousada e intensa por narrar episódios que, infelizmente, são comuns na nossa própria realidade. Claro que o livro é ficção e aborda poderes do mal, confrontos, e inimigos afins, mas não é nenhum um pouco difícil relacioná-los com casos da atualidade.

“– Sempre que precisar, é só chamar pelos Guerreiros da Amazônia! (...)” Pg.48

Classificação SEL: 4/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo