3 de agosto de 2015

Resenha: O resgate no mar [Parte 1] - Diana Gabaldon @SdE_Brasil

Informações do livro:
Título: O resgate no mar
Outlander #3 Parte 1
Título original: Voyager (Outlander #3)
Autor: Diana Gabaldon
Editora: Arqueiro
Saída de Emergência Brasil
Páginas: 592                       




Sinopse: Há vinte anos Claire Randall voltou no tempo e encontrou o amor da sua vida – Jamie Fraser, um escocês do século XVIII. Mas, desde que voltara à sua própria época, ela pensava que ele tinha sido morto na Batalha de Culloden. Agora, em 1968, que seu amado pode estar vivo. A memória do guerreiro escocês não a abandona... seu corpo e sua alma chamam por ele em seus sonhos. Claire terá que fazer uma escolha: voltar para Jamie ou ficar com Brianna, a filha dos dois? Jamie, por sua vez, está perdido. Os ingleses se recusaram a matá-lo depois de sufocarem a revolta de que ele fazia parte. Longe de sua amada e em meio a um país devastado pela guerra e pela fome, o rapaz precisa retomar sua vida. As intrigas ficam cada vez mais perigosas e, à medida, que tempo e espaço se misturam, Claire e Jamie têm que encontrar a força e a coragem necessárias para enfrentar o desconhecido. Nesta viagem audaciosa, será que eles vão conseguir se reencontrar?




Leia também:
Outlander #1 A viajante do tempo - Diana Gabaldon (Editora Arqueiro)
Outlander #2 Alibélula no âmbar - Diana Gabaldon (Editora Arqueiro)


Pode conter spoilers


Resenha: O resgate no mar”, de Diana Gabaldon, é o terceiro volume da série Outlander e é dividido em duas partes. Assim como nos livros anteriores, este se mostra repleto de expectativas, principalmente por conta dos acontecimentos anteriores. Há muitas pressões envolvidas e o leitor já nem sabe mais no que acreditar. Na verdade, a torcida sempre é pelos reencontros e pelas concretizações dos planejamentos de cada personagem.



Jamie poderia estar morto, e esta hipótese poderia acabar com qualquer esperança para Claire e sua filha Brianna. Roger Wakefield também continua presente no enredo, ajudando nas investigações. Claro que seria algo triste para todo o contexto, mas também faria muito sentido, sendo que ele já poderia ter passado por tantas batalhas e não ter sobrevivido seria a consequência. Mas ai perderia toda a graça e ainda bem que depois de muitas averiguações, finalmente chegasse a conclusão de que ele está vivo sim.


Há muitas emoções nesta obra, principalmente por causa das cenas em que Claire e James enfim estão perto um do outro novamente. Apesar de todas as batalhas e questionamentos, é maravilhoso perceber como os sentimentos continuam fortes, independente de toda a estranheza. Impossível não se encantar com as escolhas e torcer pelo final feliz, mesmo que as coisas não aconteçam como deveriam.


Claro que a autora se mostra ainda mais inteligente ao criar cenas inusitadas. Isso porque mesmo que a ficção seja tão chamativa, há um realismo impressionante como os dois conduzem os episódios. As informações transpassam o tempo, e requerem muita disposição de todos, já que as existem dificuldades que insistem em aparecer.

As mudanças são inevitáveis, assim como as escolhas difíceis. Jamie é resistente demais, apesar de tanto sofrimento. Do outro lado está Claire se sentindo culpada por pensamentos egoístas e sentimentos inexplicáveis. Brianna também segue confiante na história e é a prova de que o amor dos dois vale a pena e merece ser vivenciado.


É interessante destacar que este enredo parece ser mais explicativo, seja por conta das atitudes dos personagens ou das próprias reviravoltas feitas com o tempo. É possível entender muitas passagens, e consequentemente a ambientação se torna ainda mais fantasiosa e encantadora. Os pequenos e inúmeros detalhes também acabam se evidenciando mais ainda.

Classificação SEL: 4/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo