29 de agosto de 2015

Resenha: A princesinha de Vader - Jeffrey Brown, Editora Aleph

Informações do livro:
Título: A princesinha de Vader
Título original: Vader's Little Princess (Jeffrey Brown's Star Wars)
Autor: Jeffrey Brown
Editora: Aleph
Páginas: 64



Sinopse: Nesta irresistível e engraçada obra, da mesma coleção de Darth Vader e Filho, Vader, Senhor Sombrio dos Sith e líder do Império Galáctico, enfrenta os dramas, alegrias e mudanças de humor de sua filha Leia e acompanha a transformação de uma doce menina em uma adolescente rebelde.


Leia também:
Darth Vader e filho – Jeffrey Brown (Editora Aleph)



Resenha: A princesinha de Vader”, de Jeffrey Brown, segue a mesma linha da obra Darth Vader e filho. É uma obra fantástica, ainda mais para quem é tão fã do universo de Star Wars. Todos os detalhes são muito apresentados e é impossível não se divertir e se encantar com as cenas e características emocionais dos personagens centrais.


Darth Vader tem seus próprios planejamentos, mas não pode esquecer o seu lado pessoal, já que a filha Leia depende dele para muitas coisas. A garotinha cresce rápido e é muito engraçado perceber como o Lorde Sombrio consegue se assustar tanto com as peripécias dela, assim como seus pedidos, rebeldias e encontros amorosos, dentre outros episódios um tanto quanto complexos dentre a fase de ser criança e depois adolescente.


Seria interessante mesmo pensar que tudo isso poderia mesmo ter acontecido com Leia e Luke. Pensando dessa forma, chega até a ser um pouco triste pensar que ambos não estiveram próximos do pai, por mais que este seja tão maldoso. Então é claro que o autor ousou de sua imaginação para criar circunstâncias normais, mas que para esses personagens pode ter significados ainda mais fortes.


O fato é que Darth se preocupa com o que a filha pensa dele, além de quer que ela cuide de sua higiene pessoal, que durma na hora certa e que ela tenha orgulho de suas ações, entre outros fatos. Ele também precisa compreender porque Leia tem vergonha de ser vista com ele ou porque passa tanto tempo fazendo coisas intrigantes. Ela se torna uma adolescente e ele fica cada vez mais confuso pelas diferenças que começam a aparecer diante de sua personalidade.


Eu fiquei completamente apaixonada por esse título, assim como em Darth Vader e filho. A criatividade nas páginas é palpável e adoraria poder ler mais quadrinhos nesse estilo. 



Assim, nem é preciso conhecer muito profundamente dos enredos, já que as cenas tem como foco principal a relação entre pai e filha – porém é muito bom perceber alguns detalhes que remetem a história original.


O dia dos pais já passou, mas é um ótimo presente – mesmo, seja para colecionadores ou não – já que garante vários momentos de descontração e ao mesmo tempo bastante sutileza. Sem casos de conflitos intensos ou idealizações perigosas, nesse caso há apenas muitas emoções novas e empolgantes. É uma leitura bem rápida e dá até vontade de reler livros da série ou ver os filmes.

Classificação SEL: 5/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo