22 de setembro de 2015

Resenha: Entice - Jessica Shirvington @Ed_Fundamento

Informações do livro:
Título: Entice (Provocar)
Violet Éden #2
Título original:
Autor: Jessica Shirvington
Editora: Fundamento
Páginas: 384






Sinopse: A batalha entre os Grigori e os Exilados está apenas começando. Mentiras. Traições. E um triângulo amoroso perigoso... Violet Eden é uma Grigori. Parte humana e parte anjo, seu destino é proteger a raça humana da vingança dos Exilados, os anjos caídos. Ao abraçar sua essência angelical, Violet ganhou força e poder e pensou que finalmente conhecia todos os segredos sobre seu destino. Mas estava enganada. Todos estão escondendo algo. Inclusive Lincoln, seu parceiro Grigori, seu amor e... sua alma gêmea. E Phoenix está de volta. Violet tem que impedir que ele e os outros Exilados encontrem as Escrituras, a chave capaz de destruir todos os Grigori. Mas o que fazer quando a conexão com Phoenix é muito mais perigosa do que ela poderia imaginar? Com um Armagedon bíblico prestes a acontecer, Violet é levada para as montanhas sagradas do Jordão, onde histórias antigas ganham vida e seu poder angelical será testado ao limite. Numa batalha apocalíptica entre luz e escuridão, confiança e traição podem fazer toda a diferença. Não desistir, não fugir. Esse é o lema de Violet Eden. Entretanto, toda escolha tem suas consequências... “Eu não podia mais fugir. E não tinha a opção de desistir. Eu estava exposta e Phoenix podia me encontrar em qualquer lugar. Ele era um predador... E eu era sua presa.”




Leia também:
Violet Éden #1 Embrace (Abraçar) - Jessica Shirvington (Editora Fundamento)


Resenha: Entice (Provocar)”, de Jessica Shirvington, é a sequencia de Embrace (Abraçar), da série Violet Éden. Essa capa também é tão linda quanto o volume anterior, assim como a trama, que segue carregada de enigmas e confrontos, assim como vários momentos arriscados e alguns episódios dramáticos.

Eu já considerava a protagonista Violet corajosa, e devo dizer que ela está se superando a cada aventura. Depois de se decidir, parece que as coisas ficaram ainda mais perigosas, ainda mais por causa do poder ao redor dela. Na verdade, as cenas demonstram ser tão inesperadas que a impressão que dá é que a protagonista acaba agindo sem planejar nada. Agora, resta saber se isso é bom ou não.

Fora isso há outros dilemas para temer, visto há muitas mentiras e desconfianças pelo caminho. Novos elementos também se tornam essenciais para a abertura de conhecimentos mais profundos. Mas, algumas coisas parecem que não mudam nunca e Violet e Lincoln insistem nos mesmos problemas. Não é como se eles quisessem realmente, mas é irritante vê-los de uma forma tão afastada.

Impossível deixar de pensar no sentimento que Violet nutre por Lincoln. Ele sempre foi a pessoa certa, mas ao mesmo tempo também não é. Quer dizer, ele também omite alguns fatos, apesar de ser o parceiro Grigori dela. Como esperado, Phoenix, entra em cena para provar, mais uma vez, que tem influencia por Violet. E é claro que só isso já é um perigo enorme, não só para ela, mas para todos ao redor.

Phoenix nunca me enganou, ainda mais porque estava tentando passar uma impressão errada para Violet. Esse estilo de bad boy misturado com bom moço não deu certo e não me surpreendi nem um pouco quando começou a se revelar de verdade. Mesmo assim, confesso que é satisfatório perceber que minhas opiniões sobre ele sempre estiveram certas.

Estou muito curiosa para conferir os próximos títulos. Essa série, apenas com os dois títulos lidos, me conquistaram de uma maneira única. Os detalhes são muito bem explicados, seja por conta dos poderes, dos sentimentos, da tensão das lendas, dos questionamentos, dos destinos traçados, das novas figuras inseridas e do sobrenatural em geral, entre outros.


Classificação SEL: 4/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo