14 de outubro de 2015

Resenha: Desejo proibido - Sophie Jackson @editoraarqueiro

Informações do livro:
Título: Desejo proibido
Desejo proibido
Título original: A Pound of Flesh 
(A Pound of Flesh #1)
Autor: Sophie Jackson
Editora: Arqueiro
Páginas: 416





Sinopse: Primeiro livro de uma trilogia, Desejo proibido é uma história de amor e redenção, de universos distantes que se aproximam e se fundem numa paixão avassaladora. Seu amor é proibido, mas não pode ser ignorado. Katherine Lane nasceu em berço de ouro. Filha e neta de senadores, a bela ruiva de olhos verdes e curvas perfeitas se formou em Literatura e surpreendeu a todos ao decidir dar aulas em uma penitenciária. Mas quando Carter, um detento inteligente e perigosamente sexy, desperta ao mesmo tempo a raiva e o desejo de Kat, ela é forçada a admitir para si mesma que a decisão de lhe dar aulas particulares pode ter sido motivada não pela generosidade, mas sim pela crescente atração entre os dois. Embora a família e os amigos de Kat temam que a paixão destrua sua carreira e sua vida, tudo o que ela quer é ficar com esse homem que a faz sentir-se completa. Porém Carter guarda um segredo que tanto pode unir seus destinos para sempre quanto afastá-los de uma vez por todas. "Bem escrito e viciante. Impossível parar de ler." - The Romance Cover



Resenha: Fiquei apaixonada quando li a sinopse de “Desejo proibido”, primeiro título de uma trilogia, da autora Sophie Jackson. Estava cheia de expectativas (sério mesmo, contando os dias para receber o livro) e ainda bem que me surpreendi mais que o esperado com essa leitura tão complexa. É uma história romântica, inusitada e ousada, além de ser cercada por esperanças e sentimentos conturbados.

Só o prólogo já se mostra muito arrebatador, e as consequências desses atos são explicadas com muita cautela e tensão no decorrer das cenas. O leitor começa a compreender o significado das coisas para os personagens, e de como as escolhas fazem sentido em suas trajetórias. E é impressionante como a narrativa consegue repassar a emoção nesses envolvimentos.

Katherine Lane vivia cercada por pesadelos e se entorpecia com remédios para dormir. Ela passou por um trauma horrível quando era menor, motivo pelo qual veio a perder o pai, e é claro que esse dia nunca mais sairia dos seus pensamentos. Os conflitos com sua mãe aumentam quando Kat começa a dar aulas de literatura em uma penitenciária chamada Arthur Kill. Mas se ela toma essa atitude é para superar seus medos e não confrontar ninguém.

Wesley James Carter tem uma extensa ficha criminal, mas logo no começo, o leitor já entende o quanto ele tenta se esconder de seus problemas, principalmente quando diz respeito aos seus familiares. É esperto, mas não consegue encontrar algo que o faça lutar por uma vida melhor. Não que ele não tenha condições, porque ele tem muita, mas falta motivação para seguir adiante. Pelo menos não até conhecer Kat, que o faz compreender como é importante lutar quando existe sentimentos verdadeiros. Ela é a pêssegos dele e esconde um grande segredo dela.

Kat é persistente e nota o potencial de Wes, por mais que o começo dos dois tenha acontecido com algumas turbulências. Parece que ele não consegue ficar longe de confusão e por isso não fica muito tempo nas aulas de literatura. E é por isso que ela começa a dar aulas particulares quando ele consegue sua liberdade condicional.

As escolhas de Kat são bem significativas, e de longe, já representa ser uma mulher extremamente forte, apesar de toda a carga emocional que ela carrega. Se sente pressionada pela família e pelos amigos, mas ainda bem que é corajosa e não deixa que ninguém mude suas escolhas. Claro que há vários momentos que ela se sente fragilizada e sozinha, mas se sente segura ao lado de Carter.

Óbvio que sempre tem uma pessoa desfavorável, e esse personagem em questão se chama Austin Ford. Ele é primo de Carter e se torna um grande obstáculo na vida deles. É um cara egoísta e ganancioso demais, mas também esconde alguns segredos em sua direção. E as situações são muito complicadas e perigosas.

Eu adorei esse romance, seja pelas partes mais sensuais, pelos encontros e desentendimentos ou até pelas situações embaraçosas. É visível demais que os dois salvaram um ao outro em determinado momento. Mas seria interessante se os capítulos fossem alternados entre Kat e Carter. Não que faça tanta diferença assim, mas parece que dessa maneira existe uma divisão mais pessoal sobre os dois.

Fora isso, um ponto bem positivo, entre tantos, e que deve ser ressaltado é que, desde o começo, o leitor entendeu o que estava em jogo nesse relacionamento e é isso que faz tudo valer a pena no desfecho. As referências literárias são maravilhosas e as discussões entre os dois são fundamentais para esse relacionamento.

Classificação SEL: 5/5


Um comentário:

  1. De fato eu nunca me interessei muito por livros com essa temática, mas esse está sendo um dos únicos que eu sinto realmente vontade de ler, que realmente me interessa. Acho que a minha lista de livros vai aumentar esse ano drasticamente. Adorei o seu blog, já está nos meus favoritos.

    Meu Blog: www.umcontainer.com

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo