6 de outubro de 2015

Resenha: A fofa do terceiro andar - Cléo Busatto @galerarecord

Informações do livro:
Título: A fofa do terceiro andar
Autor: Cléo Busatto
Editora: Galera Record
Páginas: 144





Sinopse: Primeiro juvenil da escritora Cleo Busatto, autora de mais de 20 livros, a maioria infantis. A fofa do terceiro andar é a história de Ana, uma menina acima do peso, mas cheia de opinião, que se muda para uma escola nova, começa a sofrer bullying dos colegas e acaba desenvolvendo uma depressão. Quando o ano recomeça, ela muda de turma e conhece um menino que não se importa com o peso dela e eles começam a namorar. A família dele é meio hippie e ele ensina a ela que, mesmo fora dos padrões ela é bonita.




Resenha: A fofa do terceiro andar”, de Cléo Busatto, é um livro motivador, principalmente por se tratar de uma trama tão jovial. Para quem não conhece, a autora já publicou várias obras infantis, e acredito que é por isso mesmo que ela consegue captar o espirito honesto das situações. Por falar nisso, não deixe de conferir o site da Cléo: clique AQUI.

A protagonista em questão se chama Ana, e o leitor consegue se identificar bastante com sua conduta, assim com seus receios e diversos outros pensamentos. Se não, dá para fazer comparações com alguém que convive próximo de nós. Ela é a “fofa”, a menina que poderia ter muitos amigos, já que é tão carismática e divertida. Infelizmente, as coisas não são bem assim...

Ana se sente retraída, justamente por causa do que as pessoas dizem sobre seu jeito de ser. E a gente sabe que bullying é coisa séria mesmo, chegando ao fim do poço – a depressão. Não adianta questionar, já que é quase impossível mudar as opiniões formadas, infelizmente. O próprio leitor se sente mal pelo estado de Ana e de todas as injustiças que envolvam seu nome.

O problema é que ninguém pensa como é estar no lugar do injustiçado. É como se nunca fosse acontecer com eles, já que são perfeitos demais para isso. Afinal de contas, o que é perfeição nessa era de futilidades e falsidades? Quem definiu os padrões de beleza? Porque a aparências é tão importante? Questionamentos como esse rodeiam o livro inteiro, mesmo porque a realidade está presente em cada negação, assim como as afirmações mais íntimas.

A garota consegue encontrar um meio de desabafar e de se sentir menos pressionada. E é através de sua escrita, que a adolescente começa a desenvolver outros conceitos sobre suas experiências. Quanto a nós, é possível se deliciar com descrições emocionantes e muito especiais. Ana se sente bem a cada palavra escrita, principalmente há outros fatores que a fazem ver outros lados mais alegres em sua vida.

Essa nova fase a torna mais esperançosa , por mais que as dificuldades continuem a aparecer. A vida é isso mesmo: muitas alegrias e muitas tristezas. A gente tem que dar um jeito de passar por cima do que não nos favorece. O tempo passa e é gratificar ver como algumas influências foram fundamentais neste percurso.

Sua narrativa é suave e é claro que a leitura foi bem ágil e espontânea, ainda mais porque os capítulos são bem curtos. Assim, não é difícil imaginar que a obra possui várias reflexões ao longo das páginas. A capa foi outro fato que influenciou bastante na escolha por essa leitura, além disso todo o trabalho editorial está impecável e merece um destaque especial.

Classificação SEL: 4/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo