15 de outubro de 2015

Resenha: Mentiras que confortam - Randy Susan Meyers @Novo_Conceito

Informações do livro:
Título: Mentiras que confortam
Uma ação, uma reação e uma decisão podem mudar o mundo
Título original: The Comfort of Lies
Autor: Randy Susan Meyers
Editora: Novo Conceito
Páginas: 320




Sinopse: Cinco anos atrás...Tia apaixonou-se obsessivamente por um homem por quem nunca deveria ter se apaixonado. Quando engravidou, Nathan desapareceu, e ela entregou seu bebê para a adoção. Caroline adotou um bebê para agradar o marido. Agora ela questiona se está preparada para o papel de esposa e mãe. Juliette considerava sua vida perfeita: tinha um casamento sólido, dois lindos filhos e um negócio próspero. E então ela descobre o caso de Nathan. Ele prometeu que nunca a trairia novamente, e ela confiou nele. Hoje.. Tia ainda não superou o fim do seu caso com Nathan. Todos os anos ela recebe fotos de sua garotinha, e desta vez, em um impulso, decide enviar algumas delas para a casa do ex-amante. É Juliette quem abre o envelope. Ela nunca soube da existência da criança, e agora precisa desesperadamente descobrir quantas outras mentiras sustentaram o seu casamento até hoje.



Resenha: Mentiras que confortam”, de Randy Susan Meyers, apresenta uma história repleta de expectativas e momentos intrigantes. E é por isso mesmo que o leitor consegue refletir tanto sobre as conseqüências das atitudes impensadas ou do que poderia ser feito no passado. A autora expõe as conseqüências de modo bem realista e esse é um dos principais destaques do enredo.


Esse livro desperta muitas sensações complexas, principalmente porque conhecemos três protagonistas diferentes e que ao mesmo tempo possuem uma garra incrível.  É uma obra intencional, que nos faz pensar sobre o comportamento diante de relações que não dão certo, que estão sem vida, ou que estão cercados de mentiras, deslizes e dramas.

Primeiro devo falar de Tia, uma garota ingênua e conflituosa, que acaba se relacionando com um homem comprometido e que não passa nenhuma segurança à ela. Como já é o esperado, ela acaba engravidando e aos poucos percebe que as coisas não irão acontecer como ela sempre sonhou. Assim, não tem nem pretensões maiores sobre seu futuro.


Depois, conhecemos Juliette, esposa de Nathan. Sei que todas possuem aspectos importantes, mas confesso que me conectei mais com essa personagem. Ela é tão determinada e tem tanta força de vontade, que não há como não se irritar com o marido, e de como ele não dá a devida valorização para ela. Ela se sente duplamente traída e é mesmo muito comovente ler sobre suas dúvidas e atitudes após as descobertas.


Caroline parece ser o tipo de pessoa que faz tudo o que pode para agradar os outros, menos a ela mesma. E assim, seu caminho acaba se conectando com o de Tia e Juliette, já que ela adota, Savannah, o bebê de Tia e Nathan. Não era o que ela queria, mas parecia haver uma pressão tão forte por parte de Peter – seu marido – que ela simplesmente não conseguiu demonstrar o que queria de verdade.


As traições são exploradas com muita cautela, porém engana-se quem pensa que é apenas mais um caso parecido com tantos outros existentes por ai. Particularmente, este pode ser definido por várias palavras, mas ainda assim não sei se apenas uma seria suficiente para descrever tudo. Na verdade, os elementos variam tanto que até a gente se sente perturbado com os relacionamentos narrados.


Os questionamentos são feitos desde as primeiras páginas e é realmente muito triste perceber todas as mentiras ao longo desse tempo narrado. Como me comportaria diante de um caso semelhante? Será que conseguiria perdoar tal traição? Essas são apenas algumas perguntas que surgem em nossa cabeça, fazendo com que a trama se torne cada vez mais envolvente e com muitas emoções intensas.



“Ser feliz à custa de alguém podia ter um preço alto. Tia imaginava ser julgada desde que Nathan e ela se beijaram pela primeira vez. Sempre esperava ser punida por estar apaixonada e, na verdade, acreditava que, quaisquer que fossem as consequências, ela as merecia.” Pg.09

Classificação SEL: 4/5


2 comentários:

  1. Gostei desse livro..
    Todos tão imperfeitos e entrelaçados em redes de mentiras.
    Temos opiniões bem parecidas.
    Amei.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  2. Eu recebi este livro da NC e comecei a ler, mas tive que parar a leitura por uns tempos, mas ele não tinha me cativado, pelo menos não no começo, porém o livro parece ser muito bom, com certeza vou gostar assim que conseguir retomar a leitura.


    Beijos
    tamigarotaindecisa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo