24 de outubro de 2015

Resenha: Para continuar - Felipe Colbert @Novo_Conceito

Informações do livro:
Título: Para continuar
Autor: Felipe Colbert
Editora: Novo Conceito
Selo: Novas Páginas
Páginas: 224





Sinopse: Envolver-se com a jovem Ayako é a oportunidade perfeita para Leonardo César esquecer a sua vida tediosa e perigosamente limitada, tudo por culpa do seu coração defeituoso. Enquanto isso, com a ajuda de seu avô, Ayako tem a difícil missão de manter inacessível um porão de dimensões que vão além da loja de luminárias que ela gerencia, repleto de milhares de lanternas orientais, cujo mistério envolve os habitantes do bairro da Liberdade. A partir dos crescentes encontros entre Leonardo e Ayako, uma nova lanterna surgirá para os dois. Eles terão que protegê-la com afinco, ou tudo que construíram juntos poderá desaparecer a qualquer momento. O que ninguém conseguiria prever é que Ho, um jovem chinês também apaixonado por Ayako, colocaria em risco o futuro desse objeto. E com ele, o sentimento mais importante que dois seres humanos já experimentaram.





Do mesmo autor:

Belleville- Felipe Colbert (Editora Novo Conceito)




Resenha: Para continuar”, de Felipe Colbert, é instigante desde as primeiras páginas, já que apresenta personagens um tanto quanto enigmáticos e em busca de experiências diferenciadas. O autor conseguiu construir uma ambientação inusitada e ainda mais fantástica, visto que o leitor pode ter dificuldade para imaginar as implicâncias de todas as decisões feitas.

O protagonista, Leonardo César, possui uma rotina cheia de cuidados e requer muita atenção dos pais, estes que se destacam pela dedicação e esforço constantes. A proteção exagerada tem uma explicação bem séria. Seu problema está no coração, e para ser mais especifica, a doença se chama cardiomiopatia dilatada idiopática. É um caso muito incomum e os riscos são maiores do que se pode imaginar.

Assim, não pode fazer grandes esforços ou vivenciar momentos com muitas emoções. Por mais que seja jovem – ele acaba de completar vinte anos –, sua condição é extremamente complicada e é compreensível o quanto se sente deprimido, diante de uma vida tediosa. Tudo é muito compreensível, afinal de contas, ninguém gosta de se sentir pressionado ou com medo de fazer qualquer coisa.

Leonardo vê Ayako Miyake pela primeira vez num metrô e se encanta por ela a partir deste momento. Depois dessa cena, não consegue mais tirá-la da cabeça e faz de tudo para poder encontrar a moça de origem oriental. A sintonia dos dois é emocionante, principalmente por todas as decisões difíceis e demais responsabilidades ao redor.

As lanternas orientais são o grande destaque da trama, principalmente por seu significado grandioso. Elas se encontram no porão da casa de Ayako e de seu avô, e cada uma possui uma história diferente. Sua magia é inexplicavelmente forte e as consequências são grandes se houver qualquer tipo de alteração neste objeto.

O garoto tenta seguir uma vida normal e, para falar a verdade, tem um jeito bem irônico. Cursa faculdade de design gráfico e faz alguns programas leves com o melhor amigo, Penken (Gustavo). Este personagem também se evidencia por seu jeito descontraído. Leonardo até já teve uma ex-namorada, mas as coisas acabaram não dando certos por problemas inevitáveis mesmo.

É uma leitura encantadora, e confesso que me surpreendi bastante com a narrativa divertida e ao mesmo tempo ágil e sedutora. A edição desse livro, realizada pelo Grupo Editorial Novo Conceito, também está maravilhosa, seja por conta da capa, que mostra um elemento essencial, pelo título, que pode ser interpretado por várias maneiras, ou simplesmente pelos pequenos detalhes entre as páginas.


“Meu coração faz um péssimo trabalho, e sou eu que pago o pato.” Pg.11


Classificação SEL: 4/5


Um comentário:

  1. Amei sua resenha, eu li esse livro e me apaixonei por essa história, esse livro se tornou um dos meus favoritos!
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo