25 de outubro de 2015

Resenha: Prometo falhar - Pedro Chagas Freitas @Novo_Conceito

Informações do livro:
Título: Prometo falhar
Autor: Pedro Chagas Freitas
Editora: Novo Conceito
Páginas: 400




Sinopse: Prometo Falhar é um livro que fala de amor. O amor dos amantes, o amor dos amigos, o amor da mãe pelo filho, do filho pela mãe, pelo pai, o amor que abala, que toca, que arrebata, que emociona, que descobre e encobre, que fere e cura, que prende e liberta. Em crônicas desconcertantes, Pedro convida o leitor a revisitar suas próprias impressões sobre os relacionamentos humanos. A linguagem fluida, livre, sem amarras, faz querer ler tudo de uma vez e depois ligar para o autor para terminar a conversa . Medo, frustração, inveja, ciúme e todos os sentimentos que nos ensinaram a sufocar são expostos sem pudores. Mergulhe de cabeça numa obra que mostra que é possível sair ileso de tudo, menos do amor. Você escolhe a ordem em que vai ler as crônicas do jovem escritor que tem 21 obras publicadas e é sucesso de vendas em Portugal.



Resenha: Prometo falhar”, de Pedro Chagas Freitas, é um livro de crônicas, e as frases são cheias de interpretações complexas e sentimentos fortes. Digo isso porque o leitor pode ter pensamentos diferentes sobre os textos e ainda assim a essência continua sempre a mesma.  Você pode ler da maneira que mais lhe convém: seguindo as sequências certas das páginas ou abrir em uma página qualquer para começar.
                     

O foco central é o amor e percebe-se que a intenção principal do autor é demonstrar o quanto esta palavra pode ser encontrada nas situações mais inusitadas. E a melhor parte, pelo menos o que mais me chamou atenção, é que tudo é muito realista e ainda mais sincero. Ele quis demonstrar que até os erros e a imperfeição são essências para o desenvolvimento esperado.


Você não vai encontrar uma história completa e confesso que essa foi uma grande surpresa, pelo menos inicialmente. Ainda devo dizer que não me surpreendi tanto pelas lições, já que são bem esperadas mesmo. Antes de iniciar a leitura, até li alguns comentários dizendo que esse aspecto desfavoreceu a obra, até pode ser, mas é uma boa diferenciação e nos faz para pensar um pouco sobre esse sentimento tão marcante.
              

Há muitas e muitas contradições em cada crônica e é legal perceber essas referências reflexivas. Me encantei com muitas frases e é por isso mesmo que me envolvi tanto com essa leitura. A variação é enorme, sendo que alguns episódios são bem clichês e outros são cercados de problemas e demais dramas.


É um livro que pode ser definido em muitas palavras, mas pensei tanto e não consigo defini-lo em apenas uma. As palavras são cercadas de poesia e me senti mais viva ao ler os trechos. Não sei nem explicar muito bem, mas é aquele livro que a gente quer recomendar para todos e não se cansa de falar sobre.


A leitura é maravilhosa mesmo, não há como negar. Mas também não tem como escrever sobre os textos separadamente, já que a compreensão é muito melhor com a própria leitura em si. O conteúdo pode ser simples, porém a diversão é poder se identificar com as emoções e suas demais mensagens encontradas nas entrelinhas.
                                

Classificação SEL: 4/5



Um comentário:

  1. Este livro me surpreendeu muito, eu iniciei a leitura sem saber bem o que esperar dele e quando vi estava submersa na leitura mesmo não sendo meu gênero favorito. Foi uma aposta e tanto da NC.

    Beijo, Vanessa Meiser - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo