21 de dezembro de 2015

Resenha: Infinito + um - Amy Harmon @Verus_Editora @editorarecord

Informações do livro:
Título: Infinito + um
Título original: Infinity + one
Autor: Amy Harmon
Editora: Verus
Páginas: 336






Sinopse: Quando duas pessoas se tornam aliadas improváveis e foras da lei quase sem querer, como podem vencer todos os desafios? Bonnie Rae Shelby é uma estrela da música. Ela é rica, linda e incrivelmente famosa. E quer morrer. Finn Clyde é um zé-ninguém. Ele é sensível, brilhante e absurdamente cínico. E tudo o que ele quer é uma chance na vida. Estranhas circunstâncias juntam o garoto que quer esquecer o passado e a garota que não consegue enfrentar o futuro. Tendo o mundo contra eles, esses dois jovens, tão diferentes um do outro, embarcam numa viagem alucinante que não só vai mudar a vida de ambos, como pode até lhes custar a vida. Infinito + um é uma história sobre fama e fortuna, sobre privilégios e injustiças, sobre encontrar um amigo por trás da máscara de um estranho — e sobre descobrir o amor nos lugares mais inusitados.




Leia também:
Beleza perdida - Amy Harmon (Editora Verus)




Resenha: Infinito + um”, de Amy Harmon, apresenta uma trama sutil, sincera e ao mesmo tempo intensa. Os personagens, um tanto contraditórios, se completam, apesar de muitas diferenças. A ambientação parece ser hostil, mas não deixa de expressar todo o romance envolvido nas cenas, garantindo um envolvimento ainda mais esperado por parte dos leitores.

É difícil quem não tenha ouvido falar sobre o casal Bonnie Parker e Clyde Barrow, principalmente por tantos detalhes ousados nessa história. E é justamente por meio dessa menção, que o prólogo se inicia e finaliza com um nome: Bonnie Rae Shelby. Após isso, há a inicialização dos capítulos e onze dias antes do episódio desenvolvido no prólogo.

Infinity James Clyde não se encontra em um momento favorável, mas aos poucos começa a descobrir outras coisas que possam, enfim valer a pena. Quando ele se encontra com Bonnie é como se algo se transformasse dentro de ambos, e é esse tipo de emoção – mais completa e intricada – que esperamos sentir ao longo do texto.

Os dois, individualmente, já passaram por situações bem tristes e igualmente desmotivadoras. E é através de pequenos gestos que eles se transformam, por mais que seja de forma lenta. É um aprendizado constante e que nos faz pensar o quanto é preciso compreender bem as pessoas e suas atitudes.

É complicado imaginar o percurso dessa caminhada, mas ao mesmo tempo também acaba se tornando fascinante e especial. Ainda mais porque os obstáculos persistem e como há diferenças no caminho, também é difícil prever o futuro de cada um, assim como é necessário considerar tudo que já foi vivenciado anteriormente.

A escrita de Amy Harmon é muito sincronizada e emocionante, além de conseguir expor bem todas as essências dos sentimentos mais íntimos e por vezes inesperados. Conseguir apresentar uma trama parecida com as aventuras dos originais Bonnie e Clyde  demonstra o quanto há diversão, realismo e carisma, entre outros aspectos positivos.


Classificação SEL: 4/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo