24 de dezembro de 2015

Resenha: O colecionador de peles - Jeffery Deaver @editorarecord

Informações do livro:
Título: O colecionador de peles
Um novo caso de Lincoln Rhyme
Título original: The Skin Collector
Autor: Jeffery Deaver
Editora: Record
Páginas: 490







Sinopse: Um novo serial killer espreita pelas ruas de Nova York com sua mente doentia e perturbada. Conhecido como O Colecionador de Peles, ele é um tatuador que arrasta as vítimas para o subterrâneo da cidade, onde pode realizar sua arte sem ser interrompido. O problema é que, para criar suas obras-primas, em vez de tinta, ele desenha com venenos letais, causando mortes lentas e dolorosas. Convocados para a investigação, o detetive Lincoln Rhyme e sua parceira Amelia Sachs têm apenas as mensagens criptografadas gravadas na pele das vítimas como ponto de partida. Enquanto tenta descobrir o significado das tatuagens, a dupla segue por um caminho tortuoso em que nada é o que parece ser, e precisa correr contra o tempo para decifrar as pistas que encontram, antes que O Colecionador de Peles faça sua próxima vítima.


Resenha: O colecionador de peles”, de Jeffery Deaver (autor de O colecionador de ossos), faz parte de uma série que conta as aventuras de um personagem chamado Lincoln Rhyme. Claro que as histórias são independentes, por isso o leitor não precisa se preocupar em ler os títulos publicados, ou os que ainda serão, em sua ordem certa.

Fiquei muito curiosa assim que soube desse lançamento pelo Grupo Editorial Record. O suspense faz parte dos meus gêneros favoritos de leitura e claro que não poderia deixar passar a oportunidade de poder conferir essa narrativa. Ainda mais porque a própria sinopse sugere uma trama repleta de reviravoltas e momentos marcantes.

Lincoln Rhyme é o detetive do Departamento de polícia de Nova York, e junto de sua parceira, Amelia Sachs, enfrentam um caso repleto de desafios e situações perigosas. O caso dessa vez se mostra instigante e ao mesmo tempo assustador demais. Nos faz pensar até onde as pessoas podem chegar para repassar suas mensagens.

O jeito como o assassino atua é, de fato, muito assustador e doentio. Ele faz tatuagens nas vítimas usando venenos letais, ocasionando uma morte cruel e extremamente vagarosa. As coisas só tendem a piorar quando a investigação adianta, e Rhyme compreende que há muito mais a desvendar por trás de cada cena de crime.

É fantástico o modo como Rhyme atua, ainda mais diante dos obstáculos em sua vida. Não sei como ele consegue pensar em tantas coisas ao mesmo tempo e conseguir se situar de acordo com os eventos e seus riscos. Mas é isso mesmo que torna tudo tão chocante e enigmático. Só posso dizer que há muito o que se planejar nessa ocorrência.

Pude encontrar detalhes semelhantes ao estilo de Sherlock Holmes, já que também sou fã do detetive e não consigo me conter quando encontro algo que possa defini-lo também. Além disso, consegui pensar em alguns filmes que seguem peculiaridades parecidas. São elementos que se tornam responsáveis diante de todos os significados expostos ao longo dos capítulos.

A investigação é o ponto forte deste enredo, como já é possível prever. O autor consegue elaborar um ótimo desenvolvimento, valorizando todas as dicas, bem como as implicâncias de todos os atos. É difícil prever o desfecho, mas é por isso que a narrativa acaba se tornando cada vez mais determinante e igualmente animada.


Classificação SEL: 4/5


7 comentários:

  1. Eu não conhecia o autor e nem a série, mas fiquei intrigada com ela que ainda faturou uma nota 4 de 5 então vai para a lista infinita de livros a serem lidos.


    #DoQueEuLeio

    ResponderExcluir
  2. Eu já ouvi falar de "O Colecionador de Ossos" e parece ser bem interessante, mas eu não gosto muito desse gênero.

    BJS!!!
    http://adolescenteonlineoficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. eu já algumas resenhas sobre esse livro mas não consegui ainda, sentir aquele chamado para querer ler. Espero ter oportunidade de ler e ver que meu receio é infundável.
    Gostei da sua resenha.

    ResponderExcluir
  4. Comecei a ler o primeiro, mas logo fiquei entediada. Darei uma chance e aproveitarei para ler esse também; já que fiquei curiosa.

    ResponderExcluir
  5. QUERO LER ACHO QUE VOU AMAR SUSPENSE É TUDO DE BOM.

    ResponderExcluir
  6. Acho que vou gostar do enredo do livro...ações criminosas sempre me deixam alertas e despertam um interesse maior.

    ResponderExcluir
  7. Ainda não li nenhum livro desse tipo, acho que tenho medo porque não sei muito como vou reagir a ler algo tão detalhado sobre atitudes de psicopatas e ações criminosas mas pretendo dar uma chance algum dia para uma leitura assim e espero não me arrepender, até porque são literaturas muito elogiadas.

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo