29 de janeiro de 2016

Resenha: Todos os nossos ontens - Cristin Terrill @Novo_Conceito

Informações do livro:
Título: Todos os nossos ontens
Destrua o passado para salvar o seu futuro
Todos os nossos ontens #1
Título original: All Ours Yesterdays 
(All Our Yesterdays #1)
Autor: Cristin Terrill
Editora: Novo Conceito
Páginas: 352






Sinopse: O que um governo poderia fazer se pudesse viajar no tempo? Quem ele poderia destruir antes mesmo que houvesse alguém que se rebelasse? Quais alianças poderiam ser quebradas antes mesmo de acontecerem? Em um futuro não tão distante, a vida como a conhecemos se foi, juntamente com nossa liberdade. Bombas estão sendo lançadas por agências administradas pelo governo para que a nação perceba quão fraca é. As pessoas não podem viajar, não podem nem mesmo atravessar a rua sem serem questionadas. O que causou isso? Algo que nunca deveria ter sido tratado com irresponsabilidade: o tempo. O tempo não é linear, nem algo que continua a funcionar. Ele tem leis, e se você quebrá-las, ele apagará você; o tempo em que estava continuará a seguir em frente, como se você nunca tivesse existido e tudo vai acontecer de novo, a menos que você interfira e tente mudá-lo...


Resenha: Distopia é outro gênero que me encanta absolutamente, e por isso estava muito empolgada para conferir a história de “Todos os nossos ontens”, de Cristin Terrill. É uma trama intensa e sensacional, que determina bem todos os acontecimentos sobre uma guerra, principalmente porque o governo consegue expor bem as regras dessa nova sociedade.

As características desse enredo são bem intensas e ao mesmo tempo limitadas demais. E é claro que o leitor consegue se habituar muito bem a todas as mudanças que são sugeridas dentre as páginas. O fato de haver viagem no tempo é o que torna tudo diferente e imprevisível, e como esperado, existem mesmo muitas opressões, controles e regras absolutas.

Uma máquina do tempo não pode ser a responsável por curar o mundo de seus erros, e isso é um dado bem notável. Aparentemente, pode ter grandes vantagens, porém as consequências nunca deixam de aparecer, e as pessoas já deveriam saber disso muito bem. Mesmo porque, os erros fazem parte do passado e do aprendizado essencial para a humanidade. E já era de esperar que uma invenção tão poderosa poderia cair em mãos erradas.

A protagonista, Em, se vê cercada diante de tentativas fracassadas para salvar o mundo, juntamente com Finn. E na verdade, é mesmo muito peso nas costas desses dois. E é justamente por isso que é tão fácil gostar desses personagens logo nas primeiras páginas. Suas certezas, determinações e coragens os tornam pessoas muito especiais, dentre tantas outras características que poderia citar sobre eles.

Em paralelo, ainda é possível conhecer Marina diante de dilemas que poderiam nem ser tão significativos, mas acabam se tornando bem mais fortes que o aguardado. Ela é apaixonada por James, entretanto vê sua vida mudar muito rápido ao precisar tomar decisões extremamente complicadas. E assim, Em e Marina começam a ter muito mais em comum e a jornada pela salvação parece nunca ter fim.

Vale afirmar que a ambientação se destaca bastante nas cenas narradas. É como se o leitor conseguisse visualizar com clareza todo o caos instaurado e consegue sentir o receio por parte das pessoas. Imaginar situações parecidas torna os episódios ainda mais críveis, causando um envolvimento maior, assim como todas as emoções fortes que são repassadas.

Essas mudanças no tempo e todas as suas implicações geram reflexões intrigantes, seja por parte dos personagens ou de quem está lendo. E, pensando bem, é um tema bem relevante, já que trás a tona ocasiões arriscadas demais, sendo que algumas pessoas são tão egoístas que não pensam no mal que estão fazendo para todos.

O desenvolvimento por parte da autora está fantástico, ainda mais por conseguir apresentar todas as ações feitas de uma maneira fácil de compreender, e por fazer ligações importantes no decorrer dessa aventura. E o melhor é que não há como prever o desfecho dessas ocorrências, por mais que surjam hipóteses interessantes nesse processo. A sensação de poder desvendar alguns mistérios é admirável, e claro que estou curiosa para conferir os próximos títulos dessa série.


Classificação SEL: 4/5


Um comentário:

  1. Um dos meus livros favoritos de 2015! Amei e recomendo! <3
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo