25 de fevereiro de 2016

Resenha: A mentira do glúten - Alan Levinovitz, Citadel Grupo Editorial

Informações do livro:
Título: A mentira do glúten
E outros mitos sobre o que você come
Título original: The Gluten Lie
Autor: Alan Levinovitz
Editora: Citadel Grupo Editorial
Páginas: 248






Sinopse: Um trabalho revolucionário de jornalismo científico que acaba de vez com os mitos que dominam as dietas. O estudo mostra aos leitores como livrar-se da culpa e começar a saborear a sua comida novamente. Um livro que certamente gerará muita controvérsia sobre a obsessão que temos em saber quais alimentos são mais adequados para nossa saúde. Liberte-se da culpa e comece a saborear a sua comida novamente. Glúten, Sal, Açúcar e Gordura. Esses são considerados os vilões das dietas – ou pelo menos é isto que alguns médicos e nutricionistas querem que você acredite. Mas a ciência está muito longe do consenso e estamos em uma busca frenética para eliminar o trigo e o xarope de milho das nossas dietas, simplesmente porque fomos enganados. A verdade é que a maioria de nós pode recolocar os seus pães de volta na mesa, juntamente com seus hambúrgueres e ainda sim, ficarmos bem. Você lembra quando a manteiga era o inimigo? Agora ela é boa. Você deve ter vivido em momentos em que a dieta Atkins era boa, depois tornou-se má, e agora é boa novamente.  Você pode estar imaginando porque todos os seus amigos cortaram o sal ou entraram para a dieta paleolítica; e você mesmo pode estar pensando em cortar o trigo de sua dieta. Para leitores que sofrem com as consequências das dietas da moda, A Mentira do Glúten, será a resposta para muitas de suas perguntas. Cientistas e médicos, por mais incrível que pareça, ainda não possuem um consenso sobre que tipo de nutrição seria a mais adequada para cada tipo de pessoa, embora, principalmente os americanos, gastem bilhões de dólares e inúmeras horas obcecados em “comer direito”.Nesse trabalho de vanguarda, Alan Levinovitz expõe os mitos por trás das crenças difundidas de porquê algumas comidas são saudáveis e outras são ruins – indicando o caminho para uma vida verdadeiramente saudável, livre de culpa e ansiedade em relação aos nossos hábitos alimentares.





Resenha: Todos sabem o quanto uma alimentação saudável é importante. E é claro que existem muitos mitos sobre o que faz bem e o que faz mal para a nossa saúde. Assim, o professor e PhD, Alan Levinovitz, escreveu a obra “A mentira do glúten: e outros mitos sobre o que você come” com o principal objetivo de tirar várias dúvidas a respeito do glúten e outros costumes alimentares.

O fato é que as pessoas vivem em torno de dietas preocupantes e não consideram os benefícios de determinados alimentos. Ainda mais porque, hoje em dia, há vários métodos onde as pessoas investem para emagrecer, sem contar que o autodiagnostico torna-se o principal responsável por tantos prejuízos. O problema é que nem sempre há um acompanhamento certo, e na maioria das vezes tudo é questão de modismos.

O autor explica sobre a evolução dos mitos alimentares, principalmente sobre o glúten. Percebe-se então que há muitas pesquisas envolvidas nesse texto, seja por especialistas ou outros estudiosos afins. O autor resolveu expor tratamentos, pontos de vista dos cientistas, testes, capacitações, marketing, entre outros.


A narrativa é muito bem desenvolvida, mas no meu caso também se tornou um pouco cansativa. Talvez seja porque não tenho formação na area ou um aprofundamento maior sobre as abordagens. De qualquer maneira, acho que é um opção de leitura muito válida para estudantes adeptos de dietas em geral, ou ao menos para quem deseja entender os pontos analisados.

Fiquei empolgada com o assunto tratado, mas algumas passagens me deixaram pensativas demais ou em alguns momentos não consegui compreender bem os pensamentos expostos. Independente da minha experiência, percebi que as reflexões são bem profundas, e não há aquela pressão sobre o que a pessoa deve ou não fazer de imediato.

Não imaginei que poderia me interessar tanto por esse título, já que foge um pouco dos gêneros literários aos quais estou mais habituada. Entretanto, adoro acompanhar perfis sobre estilo de vida e afins. Por isso me surpreendi com várias afirmações feitas pelo professor e espero poder seguir algumas de suas orientações.


“Este livro é um convite à mudança. Os alimentos cotidianos não têm propriedades de dar vida ou causar a morte. Supermercados não são farmácias. Sua cozinha não é abastecida com assassinos silenciosos, e os charlatães que ganham a vida com falsas promessas e ciência duvidosa precisam ser revelados como o que realmente são. Chegou a hora de abater nossos demônios alimentares, expondo as falsidades e os mentirosos que lhe dão vida”. Pg.14



Classificação SEL: 4/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo