19 de fevereiro de 2016

Resenha: Star Wars: Troopers da morte - Joe Schreiber, Editora Aleph

Informações do livro:
Título: Star Wars: Troopers da morte
Star Wars Legends
Título original: Death Troopers 
(Star Wars Legends)
Autor: Joe Schreiber
Editora: Aleph
Páginas: 328








Sinopse: Nesta intrigante e singular história de terror, consagrados heróis da saga terão de enfrentar pesadelos imensuráveis. Quando a nave-prisão imperial Purgação – residência temporária de quinhentos dos mais cruéis assassinos, rebeldes e ladrões – quebra em um ponto isolado do espaço, a única esperança da tripulação parece estar em um destróier estelar encontrado vagando no vazio. Uma equipe de inspeção é então enviada à nave abandonada, em busca de peças para o conserto da Purgação. No entanto, somente metade dos integrantes da equipe retorna... trazendo consigo uma terrível doença, tão letal que, em questão de horas, quase toda a tripulação a bordo do Purgação morre dos modos mais assustadores. E a morte é apenas o começo...


Resenha: Star Wars: Troopers da morte”, de Joe Schreiber, não poderia ser uma leitura mais intrigante e repleta de detalhes empolgantes. E, na verdade, isso não é nenhuma surpresa, afinal de contas, a ambientação é muito bem explorada e apesar dos tantos conhecimentos adquiridos durante as leituras de outros livros sobre Star Wars, o leitor ainda consegue se surpreender em vários momentos.

As cenas são cheias de complicações, ainda mais porque nem os personagens esperam por tantas tensões e problemáticas envolvidas. Há alguns fatores essenciais para o desenvolvimento desta trama, mesmo porque os elementos principais acabam se destacando justamente pela exploração de todas as emoções situadas.

A nave-prisão imperial Purgação está um caos por todos os cantos, e a tripulação se encontra dividida diante de acordos, fugas e principalmente pela busca incessante pela sobrevivência e por uma cura para uma doença devastadora. Nunca poderia imaginar eventos descritos com tantos receios, e é por isso que a leitura acaba se tornando bem mais interessante e proveitosa.

Assim, é fácil imaginar – e constatar – que a trama é, por si só, muito imprevisível, e causa tantas sensações inimagináveis para quem está lendo. E o melhor é que a narrativa revela o que realmente importa nas questões desenvolvidas e ainda consegue finalizar com informações relevantes para o contexto geral.

Em paralelo, há personagens que se deparam com dilemas igualmente perturbadores. Essas figuras se sentem abaladas pela situação atual e começam a se questionar bastante sobre o rumo dos acontecimentos. E, na verdade, é mesmo algo esperado, já que o medo se infiltra no local muito rápido e é difícil imaginar as implicâncias de todos os atos.

Me surpreendi bastante com esse enredo que se mostra tão sombrio e cheio de aventuras e suspense também. E ele também não deixa de apresentar passagens bem divertidas e cativantes, principalmente pelas abordagens novas e demais idealizações. Acredito que o autor não consegue explorar todos os pontos que realmente importam, porém vale a pena conferir as inovações ampliadas.


Classificação SEL: 4/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo