15 de fevereiro de 2016

Resenha:Não se apega, não @IsabelaaFreitas @intrinseca

Informações do livro:
Título: Não se apega, não
Autor: Isabela Freitas
Editora: Intrínseca
Páginas: 256








Sinopse: Desapegar: remover da sua vida tudo que torne o seu coração mais pesado. Loucos são os que mantêm relacionamentos ruins por medo da solidão. Qual é o problema de ficar sozinha? Que me desculpe o criador da frase “você deve encontrar a metade da sua laranja”. Calma lá, amigo. Eu nem gosto de laranja. O amor vem pros distraídos. Tudo começa com um ponto-final: a decisão de terminar um namoro de dois anos com Gustavo, o namorado dos sonhos de toda garota. As amigas acharam que Isabela tinha enlouquecido, porque, afinal de contas, eles formavam um casal PER-FEI-TO! Mas por trás das aparências existia uma menina infeliz, disposta a assumir as consequências pela decisão de ficar sozinha. Estava na hora de resgatar o amor-próprio, a autoconfiança e entrar em contato com seus próprios desejos. Parece fácil, mas atrapalhada do jeito que é, Isabela precisa primeiro lidar com o assédio de um primo gostosão, das tentações da balada e, principalmente, entender que o príncipe encantado é artigo em falta no mercado. Isabela Freitas, em seu primeiro livro, narra os percalços vividos por sua personagem para encarar a vida e não se apegar ao que não presta, ainda assim, preservando seu lado romântico.






 Resenha: Difícil quem não tenha lido algum texto da autora Isabela Freitas, seja nas redes sociais ou mesmo nos livros já publicados.  E até que demorei bastante para ler suas obras, mas acredito que é o tipo de texto que parece ser mais interessante quando é lido em algum momento mais especial em nossas vidas, principalmente por ser tratar de relações tão pessoais.

Ainda assim, até que foi muito interessante poder ler “Não se apega, não”. Quem sabe, seria mais proveitoso se eu lesse em outro momento de minha vida, como na minha adolescência, onde eu tinha outros problemas em mente. Até que pensei bastante nos assuntos propostos e agora as compreensões se mostram bem mais aceitáveis.

As mensagens são bem desenvolvidas e é impossível não se identificar com algum trecho e com os dilemas repassados. É uma história bem sutil, mas que consegue envolver o leitor, especialmente por causa da carga emocional exposta nos personagens centrais. Acredito que a história também pode ajudar muitas pessoas que vivenciaram ou ainda vivem casos semelhantes em suas próprias vidas.

Nesse enredo, Isabela narra suas experiências após um término de namoro de longa data. Tudo é muito complicado mesmo, ainda mais quando as pessoas ao redor parecem colocar uma pressão enorme, do tipo que um não poderia sobreviver sem o outro. Poderiam ser o casal perfeito, mas e ai? Isso significa que uma pessoa não pode ser feliz sozinha e tomando suas próprias decisões?

Desapegar nem é tão difícil – ou é? Na verdade, é fácil falar isso, mas na prática as coisas não são tão simples assim. Existem pessoas mais fracas que se apegam nas pequenas coisas e que vem esperança em algo que não vai dar mais certo. E é por isso que existem pessoas fortes (familiares ou amigos), estas que são inseridas em nossas vidas para mostrar o quanto podemos ser da mesma maneira. Caminhar com os próprios pés e seguir atrás de nossos sonhos.

Fora o enredo, não sei nem o que falar da diagramação, afinal de contas, sou só elogios para essa parte. A Editora Intrínseca está mesmo de parabéns pelo excelente trabalho, já que todos os detalhes podem complementar a trama. O próximo volume se chama Não se iluda, não e claro que também vou conferir mais esse título.

Classificação SEL: 3/5


Um comentário:

  1. Oi, esse livro é muito bem falado, ainda não tive a oportunidade de ler-lo, mas já acho que é um livro cheio de reflexões. Adorei a resenha.
    Abraços.
    http://litaralmentelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo