23 de março de 2016

Resenha: Chamas na escuridão - Sadie Matthews @EditoraNacional

Informações do livro:
Título: Chamas na escuridão
Título original: Fire After Dark (After Dark #1)
Autor: Sadie Matthews
Editora: Companhia Editora Nacional
Páginas: 384





Sinopse: Essa série provocante vai cativar, envolver e, até mesmo, ‘intoxicar’ a leitora como nenhuma outra. Perfeita para aqueles que amaram 50 Tons de Cinza, mas ficaram querendo mais... A história central se passa em Londres, nos bairros mais badalados dessa encantadora cidade. Mas os protagonistas, Beth - graduada em História da Arte, e Dominic – consultor do mercado financeiro, vão se aventurar também na Croácia, Turquia e NY. Profundamente intensa, romântica, provocante e sensual, essa série vai levar a leitora a um lugar onde o amor e o sexo são liberados de seus limites. Fãs de E.L. James e Sylvia Day vão se manter acordados até tarde da noite com “Chamas na Escuridão”.



Leia também:
Quatro estações #1 Tempo de desejo - Sadie Matthewss (Companhia Editora Nacional)





Resenha: Chamas na escuridão”, é o primeiro volume da trilogia After Dark, de Sadie Matthews. Eu já tive a oportunidade de conferir sua narrativa em outro livro (Tempo de desejo) e a autora continua se destacando diante de um estilo ousado. E é claro que, como esperado, os personagens possuem características bem marcantes e igualmente provocantes.


Antes de qualquer coisa, preciso dizer que tento evitar fazer comparações com outros enredos. Por isso, um ponto negativo já pode ser encontrado na capa, sendo que há uma referencia sobre Cinquenta tons de cinza.  E é claro que o gênero pode ser o mesmo, mas a história não é, então o leitor pode começar a ler com expectativas e acabar se decepcionando em determinado momento. Fora isso, a edição da Companhia Editora Nacional está de parabéns, principalmente pela fonte ser de um tamanho ótimo. Para mim isso influencia bastante, já que leio bastante a noite e também uso óculos.


A protagonista, Beth, é a típica garota inocente e que, recentemente, viveu uma desilusão amorosa, mas a gente já sabe que até as pessoas inocentes possuem um pouco de bom senso. Bom, ela não é assim, pelo menos não aparenta em nenhum momento. Uma coisa que acabou me incomodando, mais que o normal, é o jeito como sempre aceitava tudo fácil demais.


Dominic também não me convenceu, se bem que estou esperando para conferir os outros títulos e ver se dá para notar alguma mudança em seu comportamento enigmático. E sim, ele é bem possessivo mesmo, mas há algo mais que o torna uma pessoa desconfiada e às vezes, fica difícil confiar em suas atitudes, por mais que seja em um momento de desejo ou um de reconciliação.


O casal se conheceu de uma forma não muito incomum, sendo que Beth se mudou para o apartamento em frente ao dele. A química foi instantânea, e não demorou muito para que rolasse algo mais intimo entre eles. Chega um momento em que a separação é inevitável, porém os sentimentos já estavam maiores que os dois.


Essa não é uma leitura muito dramática, pelo menos não a considerei assim, visto que as cenas são bem previsíveis e clichês. Independente disso e de outras características, posso dizer que a história não é ruim, por mais que não seja maravilhosa. Li tranquilamente e até que foi bem rápido, e é claro que vou ler os outros dois volumes: Segredos na escuridão e Promessas na escuridão.


Classificação SEL: 3/5


35 comentários:

  1. Oi,
    Não conhecia o livro. Mas sabe que só pelas referências à 50 tons já desanimei.... Ainda que seja só na capa. Mostra o gênero, que eu não sou lá muito fã não....
    Provavelmente eu passariam essa leitura se caísse nas minhas mãos.
    Mas olha, tua resenha está linda! Sincera, delicada e muito bem escrita, parabéns....
    É as fotos que tu escolheu estão belíssimas.....

    Bjsssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  2. Oi, Fê!
    Ultimamente, é bem difícil não comparar enredos dos livros eróticos. Não sei se leria por agora.
    Achei lindona essa capa com a pérola. Será que tem algum significado?
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio Mês das Mulheres em Dobro
    Porcelana - Financiamento Coletivo

    ResponderExcluir
  3. Já tem um tempo que quero ler esse livro, ele me parece ser ótimo e do tipo que eu gosto.
    Sobre a capa, eu realmente não gosto quando eles colocam esse tipo de coisa, acho que eles meio que tentam forçar trazer os leitores daquele livro que fez um baita sucesso para ler esse e tentar assim explodir com ele também, não acho isso legal, pois a pessoa vai comprar o livro pensando em uma coisa e acaba sendo totalmente diferente daquilo isso vai acabar fazendo com que o leitor gaste dinheiro com algo que não o agrada e também vai levar uma imagem negativa sobre o livro. O autor tem que subir por suas histórias e não tentar ser levado pela maré de sucesso de outros autores.
    Eu gosto de livros clichês acho uma delicia de ler, mas para mim eles sempre tem que ter aquele toque original para o autor deixar sua marca e atrair leitores fieis. Pelo o que pude ver do que você falou do enredo eu vou gostar, mas só terei a certeza quando ler o que pretendo fazer em breve.

    Blog
    Blog Miih e o Mundo Literário

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?
    Não conhecia essa trilogia e nem a autora Sadie Matthews!
    Eu concordo com você e também não gosto dessas comparações que algumas editoras trazem em seu livro para que ele chame atenção de determinado publico, pois isso pode realmente criar falsas expectativas.
    Não costumo ler livros com essa pegada mais erótica e por isso o livro não me chamou muita atenção.
    Espero que você goste dos outros dois livros!

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  5. haha Eu gosto muito das suas resenhas, são leves e nada cansativas, mas devo dizer que o livro não me atrai. Ainda não estou numa fase romances eróticos então por hora eu passo =]


    ❥Blog:Gordices Literárias

    ResponderExcluir
  6. Ola Fe ainda não li essa trilogia, confesso que protagonistas que aceitam tudo assim fácil me incomoda assim como você, é preciso ter vontade própria, o fato de ele ser protetor demais pode me incomodar também, esses mandões rsss. Vou aguardar demais resenhas dos próximos livros para decidir se leio ou não. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  7. Não sei se eu leria, rs.
    Comprei a trilogia de 50 tons e não li, por que vi muitas resenhas negativas e fiquei com receio de me decepcionar com a trama. Vi o filme, achei meio sem sal pra todo alarde que fizeram.
    É dificil hoje em dia não comparar tramas e capas, muitas editoras e autores não atentam para a "familiarização" de capas de séries especialmente.
    A premissa deste não me atraiu.

    www.detudopouco.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Fernanda,

    Eu fico triste, mas esse enredo, essa história não me pegou, não me conquistou. Primeiramente que eu acho 50 tons um livro muito perturbador, que mancha o BDSM e trata um cara com problemas psicológicos como deus do sexo e leva uma visão romantizada para um problema de abuso emocional e físico. Sei que as fãs não concordam com isso, mas eu não gosto e enfim essa comparação com 50 tons já me deixou bem receosa e na defensiva. Quando você diz que a protagonista é inocente, passou por desastres amorosos, também já fico bem ''meh'' porque não gosto de histórias assim. Resumindo, infelizmente a história não me chamou a atenção, uma pena. Mas espero que para outras pessoas, seja boa. :)

    Beijo!

    ResponderExcluir
  9. Oi, Fê.
    É muito chato quando a gente pega um livro pra ler e tem uma referencia de outro livro que foi um sucesso. Eu já fico desanimada e achando que vai ser igual. Nos livros eróticos, ultimamente, estão super iguais. Muda uma coisa aqui e outra ali, mas as tramas são muito parecidas e acaba dando uma desanimada.
    Eu queria ler esse livro, e ainda quero, mas não sei o que esperar da trama.
    Amei sua resenha.
    Beijos!
    http://www.anebee.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Nossa, fui lendo a sua resenha e pensando: clichê, mega clichê, muito clichê. Esta de ela morar na frente do apartamento dele.... mas dá certo, eu bem sei. kkkkkkkkkkkkk. Mas eu não li nem vi o 50 tons então não tenho nada que comparar, mas mesmo assim ainda não me chama a atenção para esta trama.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  11. Aii, esse é o único gênero que não leio, e nem é preconceito, a leitura simplesmente não acontece, não consigo... Mas como você disse que não é uma leitura maravilhosa, fico mais tranquila.
    O que gostei nesses livros foram as capas! hahaha Achei bem bonita!
    Adorei sua resenha sincera, parabéns!
    Beijo

    ResponderExcluir
  12. Eu li esse livro, logo após 50 Tons, e possa ser por esse motivo que ele acabou não me cativando, porque foi difícil não compara-los...Ainda prefiro a saga de 'O Inferno de Gabriel'.

    Mas, não sejamos esgoístas...ele é um pouquinho bom <3

    Adoro seu blog e já li muito livro com suas sugestões.

    Grata

    ResponderExcluir
  13. A mais de um ano atrás vi essa trilogia aqui na livraria da minha cidade e até pensei em comprar, mas acabei desistindo porque imaginei que não traria grandes novidades e seria apenas mais um dentre tantos, pelo visto não me enganei por completo, mesmo a história fluindo bem e não sendo de todo ruim, não pretendo ler essa trilogia, tenho lido muitos livros do gênero e acabei ficando saturada, estou dando preferência apenas para livros excepcionais, o que não é tão fácil assim de encontrar

    Abçs
    Sou bibliófila

    ResponderExcluir
  14. Oie!
    Eu sempre tive vontade de ler essa trilogia, mas ainda não parei para fazer isso por imaginar que a história é mais do mesmo. Mesmo com esse início não tão bom, vou dar uma chance. Pelo que eu puder perceber será desenvolvido mais da trama nos volumes seguintes, e isso me animou.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  15. Depois que li 50 tons, passei a pular alguns livros do mesmo gênero mas pela sua resenha ficou tão convidativa que vou procurar mais sobre essa série e poder ler.

    ResponderExcluir
  16. Olá! Eu não tenho problemas com livros do gênero, mas não é algo muito presente entre minhas leituras. Eu li GREY, e gostei. Essa serie em especial não me chama atenção, mas adorei sua resenha! Parece mesmo ser uma leitura bem morna: nem muito boa nem de todo ruim.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Olá Fê,
    Gosto bastante livros clichês, acho que, resumidamente, eles me fazem sentir segurança.
    Infelizmente, o livro não chamou minha atenção, visto que, a personagem, como você disse, aceitar tudo muito fácil é irritante. Outro fato que contribuiu para isso foi o protagonista não ter te convencido. Enfim, não tenho a intenção de ler, mas deixo meus votos de que os próximos livros sejam bons.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Nossa, pra mim tá tudo errado nesse livro, começando pelo blurb. Eu li 50 tons e depois dele, nunca mais quis ler nada do gênero. Achei o título de uma falta de originalidade tamanha. Trilogia também. Você diz que o encontro do casal é incomum, mas isso é tão clichê. Infelizmente essa dica não me interessou.

    ;D
    Profissão: Leitora

    ResponderExcluir
  19. Oiee...

    Primeiro, não sei se eu estava mesmo burrinha nos dias que li essa trilogia ou se a história é bem sem nexo mesmo, mas teve VÁRIAS partes que eu fiz, Ham? Isso aconteceu mesmo? Sério. Aí eu voltava, lia de novo o parágrafo e... Eu continuava sem entender. Haha. Resumindo, não gostei da trilogia sim li até o final... este livro apenas me ensinou uma coisa; ‘Uma boa publicidade é tudo’.

    ResponderExcluir
  20. Olá!

    Olha, se eu fosse ler pela alusão à 50 tons, eu não leria, porém, lendo sua resenha, eu daria uma chance. Apesar de ser uma protagonista bem burra, até que a história é boa. Eu vou anotar na minha lista pra arriscar na leitura, mais pra frente.

    ResponderExcluir
  21. Oi, o livro não me atraiu, não sou muito fã desse gênero, deve ser por isso, mas também não gosto de ficar comparando com outros livros, pois se fala de um mesmo assunto, sempre tem o seu diferencial, né! Gostei da sua resenha, mas não é um livro que eu leria no momento.

    Beijos
    www.apaixonadaporleiturass.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Oiii!

    É impossivel não comparar com 50 tons né? Eu não conhecia o livro mas já sei que não vai ser uma prioridade a leitura. Não gosto de enredos assim, e achei ele mais do mesmo, até a forma de se conhecerem foi bem clichê, acredito que é um livro apenar para passar uma tarde sabe?
    Gostei da sua sinceridade e das fotos, deram um charme a mais <3

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  23. Olá

    Já conhecia a série, já até mesmo cheguei a ler, não lembro se terminei, o pouco que lembro eu gostei, como você citou a história não é ruim, até acho ela melhor do que outras que vejo o povo aclamando por aí,acho que vou reler,pois não lembro de algumas coisas.

    Bjss

    ResponderExcluir
  24. Olá,
    Já tinha visto essas capas, mas nunca tive vontade de ler.
    Sinceramente, não gosto de romance que o casal se olham e se apaixonam, a "quimica" acontece logo de cara... não tenho paciência.
    Obrigada pela dica, mas dessa vez vou deixar passar.
    beijos

    ResponderExcluir
  25. Oi Fê, eu não conhecia essa trilogia ainda e confesso que fiquei bastante curiosa com ela, eu gosto desse tipo de gênero de romance mais sensual e pelo visto os personagens iriam me agradar. A mocinha ser inocente e o homem ser mais possessivo me atrai. Quem sabe consigo ler um dia desses.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  26. Olá... não conhecia a série, mas eu gostei da proposta do romance... não percebi muito clichê e parece um enredo cativante e bem desenvolvido, mesmo com a notinha final que escolheu... o lado bom é que quer continuar a leitura dos demais livros... é a primeira vez que leio a resenha deste livro... curti... Xero!

    ResponderExcluir
  27. Também não curto essas comparações que colocam nas capas não... com certeza colaboram pra gente ter a expectativa errada e aumentam a chance de decepção. Pena que os personagens não te convenceram, fico desolada quando isso acontece comigo. Não leria o livro porque não curto hot, mas espero que goste mais dos próximos da série.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  28. Oie

    Eu já tinha visto a capa desse livro, mas não cheguei a ler nenhuma resenha até então.
    Não consegui sentir interesse em ler, fiquei com a impressão de ser meio parado. Acho que não me prenderia. Vou passar esse.

    Bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Amiga essas comparações como outros livros é um pouco dificil, porque sempre tem alguma coisa sabe? Mas eu felizmente não li nem 50 tons e nenhum desses livros eróticos da atualidade. Sinceramente nem gosto do gênero, por isso eu acabo passando longe, porque eu acho algumas coisas por vezes bem exageradas. Mas o livro não me atraiu para que eu venha a ler não. Acho que é para um publico seu que já está acostumado e eu já prefiro leituras mais leves e romances mais fofos sabe? Enfim...

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/03/conto-pode-parecer-impossivel-2.html

    ResponderExcluir
  30. Oi,

    sabe que esse estilo não me chama atenção? mesmo tu dizendo que não é ruim, sei lá, não me atrai....mas olhaaaa já a tua resenha está maravilhosa!!! amei as fotos que tu colocou...certamente se fosse meu estilo, teria me ganhado com essa resenha belíssima!!!

    bjs

    ResponderExcluir
  31. Oi Flor
    Que pena que o livro não agradou tanto. Eu adorei essa trilogia e depois de 50 tons é a minha favorita.
    Espero que você continue lendo os outros livro. Garanto que ainda irá se surpreender.
    Adorei sua resenha e ver esse livro aqui deu uma saudade danada de ler.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  32. Quando li 50 tons na sinopse eu desanimei, pq eu não gostei do livro. Não costumo ler Hot, e sua resenha me passou que é um livro mediano (me desculpe se estiver enganada) então essa dica eu deixarei passar, ainda mais por ter continuação!
    Gostei muito da sua resenha!

    ResponderExcluir
  33. Oi!
    Nunca tinha visto falar desse livro, mas entendo muito o que vovce disse de não comparar as séries, as pessoas tem essa mania feia e acabam criticando a série antes de ler, ou lê e fala que é a mesma coisa de tal livro ¬¬'
    Mas em fim, achei a mocinha bem chata hahahaha, e não sei se teria tanto saco pra ler tres livros assim, mas como você disse, o negocio é ler os outros dois e esperar que melhore ;)

    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir
  34. Oi. Já conhecia o livro, mas nunca tive muita curiosidade em relação a ele. Pela capa me lembrou muito os livros da Sylvia Day. Fiquei curiosa agora, mesmo sendo um pouco clichê vou dar uma chance a série.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  35. Oi!!
    Eu já vi esses livros na livraria, mas eles nunca chamaram a minha atenção e essa é a primeira resenha que leio.
    Se tem uma coisa que eu não gosto é comparar um livro com outro, isso não dá certo e pelo visto essa chamada na capa foi mais para chamar a atenção de quem leu e gostou de 50 tons.
    Pelo que você falou a protagonista não iria de jeito nenhum me agradar e é justamente isso que me faz ficar afastada um pouco desse gênero, não que eu não leia romance erótico, mas também não saio lendo tudo que vejo.
    Espero que os próximos livros sejam um pouco melhores, eu não leria essa trilogia no momento e acho que tem eróticos mais atraentes por aí.
    Beijão!
    Lilica - O maravilhoso mundo da leitura

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo