28 de abril de 2016

Resenha: A condessa sem cheta - Joaquina Vieira @ChiadoEditora

Informações do livro:
Título: A condessa sem cheta
Autor: Joaquina Vieira
Chiado Editora
Páginas: 248





Sinopse: Mulher sem preconceitos, mas marcada pela vida, entregou-se com simplicidade. Confiando em mim foi, aos poucos, se abrindo, entre passeios, chás, cinemas. Deixando rolar seus sentimentos e mágoas, como quem deixa escorrer a água num riacho, assim, colocou em minhas mãos esta história verídica para que o tempo não a apagasse. Foi num delírio que ouvi, repetidas vezes, este testemunho vindo de uma senhora, em toda a acepção da palavra. Aos poucos, fui-me prendendo na história de vida desta condessa que nasceu mendiga, entre gargalhadas, amizade e entrega, tudo pontuado por uma grande solidão. Uma história real e absorvente de alguém que contrariou o destino.




Resenha: A condessa sem cheta”, é um livro publicado pela Chiado Editora, da autora Joaquina Vieira. A história é baseada em uma história verídica, e por isso devo confessar que este foi meu principal interesse por esta leitura. E, de fato, essa leitura foi bem surpreendente, ainda mais porque não tinha nenhuma expectativa sobre a trama. Porém, devo ter imaginado que o gênero seria diferente, e por isso posso ter demorado um pouco a me envolver, não que isso tenha influenciado em alguma coisa no final das contas.


Vale ressaltar que a narrativa é muito bem fluída e esse é um dos principais destaques, além de apresentar personagens críveis e perceptíveis, principalmente diante da protagonista. Todas as passagens são significativas e expõem um conteúdo especial, íntimo e honesto. E já é de se esperar que seja possível encontrar várias reflexões nas entrelinhas.


A obra também conta com uma nota da autora, onde ela faz pequenas explanações sobre as experiências de Rita Bernadete diante de seu texto. Há também outra nota, desta vez escrita por Helder Neto, onde destaca o romance diante de comportamentos em épocas diferenciadas, além de outros confrontos explorados.


O que mais acho interessante é que parece que Rita não deu credibilidade ao que narrou, mas mesmo assim achou importante fazer seu trabalho, mesmo se não chegasse nas mãos de ninguém. Impossível não se divertir diante de suas desenvolturas e de como tenta achar graça de tudo. Ela já está idosa e por isso me espanta como se mantém tranquila sobre certos eventos. Ela só quer que o leitor conheça mais sobre como fora sua vida, e é por isso que as coisas se tornam emocionantes na maioria das vezes.


E é claro que o prefácio também inicia o leitor para o enredo e de como tudo pode começar simples e se desenrolar de forma complexa demais. Explica sobre a menina que sempre foi considerada a melhor em tudo, principalmente por ser tão batalhadora, e mesmo assim, sendo humilde demais. Mas sempre se mostrou idealista e libertadora.


A condessa tem uma personagem intrigante e isso é uma de suas várias características positivas. Seu trajeto de vida não poderia ter sido melhor encaminhado. Seus pensamentos ultrapassam os limites de sua vivência, ora radiantes, ora melancólicos (mas sempre com muita delicadeza) e são as memórias que dão o destino essencial para os acontecimentos propostos.


O cenário também garante visões interessantes sobre a história nesses relatos, seja no âmbito político ou de outros relacionamentos menos complicados. A editora portuguesa também está de parabéns pelo trabalho gráfico e editorial, seja pela capa simples e ao mesmo tempo bonita, ou por todo o conteúdo sutil e espirituoso. Vale muito a pena conferir essa aventura!

Classificação SEL: 4/5


20 comentários:

  1. Olá!!!
    Não conhecia esse livro e nem a autora e fiquei bem curiosa pela leitura por ser uma história verídica,livros assim me fascina completamente,principalmente alguém que é da realeza (ou foi) e nasceu plebeia. Achei a capa bem com cara de filme da sessão da tarde,mas mesmo assim já foi incluido na minha listinha de leitura :)

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2016/04/resenha-nove-regras-ignorar-antes-de-se.html#comment-form

    ResponderExcluir
  2. Oi, Fê!
    Eu não sei o que pensar sobre o título e associar com o que poderia rolar no livro.
    Lendo sua resenha, talvez eu dê uma chance no futuro.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Inicialmente confesso que esse título me repele por não ser nem um pouco atrativo, mas a sua resenha me deixou bem intrigada com a história, que não consegui definir bem em qual gênero se encaixa. Talvez por esse motivo eu deva deixar passar a sua indicação, ao menos por enquanto.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Oi
    Não conhecia esse livro, mas achei muito interessante.
    Legal ser baseado em uma história real. Pessoas guardam muitos segredos e ver que uma amizade resultou nisto.
    Gostei muito da resenha e já anotei a dica ;)
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Parece ser uma história bem interessante. Não conhecia a autora nem o livro, mas é muito legal a ideia de ela querer eternizar a história da amiga em um livro e publica-lo para outras pessoas também aprenderem com a história da senhora.
    Gostei das fotos e da resenha!

    Abraços, Lara.
    http://imperioimaginario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá, eu te confesso que à princípio eu não achei o livro interessante, mas conforme fui lendo a resenha eu fui mudando de opinião. Não te digo que é um livro que eu fiquei super curiosa e interessada na leitura, mas certamente é um livro que eu leria.

    ResponderExcluir
  7. Oi Fe, nada como se arriscar um pouco nas leituras né? Nunca tinha ouvido falar da autora e nem do livro e curti só pelo fato de ser real. Essa abordagem política me pareceu muito interessante e espero poder conferir em breve.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Não gostei muito da premissa, pra ser sincera... mas gostei de saber que é um ótimo livro, pela sua resenha, que a leitura é fluida e todos os personagens têm uma voz e torna tudo tão emocionante. Apesar de não ter ficado curiosa pra ler, achei bem interessante envolver política e ser baseado em uma história real.

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Não conhecia esse livrou ou a autora!
    Confesso que o livro não despertou tanto meu interesse. Eu gosto de ler sobre histórias verídicas, mas quando são sobre personalidades que me despertam interesse, o que não foi o caso com esse livro.
    Fico feliz que tenha apreciado a leitura.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi, não conhecia o livro ou a autora, mas a sinopse não me cativou e achei a capa meio sei lá, não leria pela capa e sinopse, mesmo gostando da sua resenha, mas que bom que você apreciou a leitura, mas eu não leria.
    bjus

    ResponderExcluir
  11. Olá Fê,
    Esse é um tipo de livro que não tenho o costume de ler e que não chamou minha atenção.
    É agradável saber que o livro conta com várias reflexões, pois esperava isso ao ler a resenha e também fiquei feliz por você ter gostado, mas, infelizmente, não me agradou :(
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  12. OI, tudo bem?
    Não conhecia o livro. Adoro quando uma leitura tem pontos comoventes. Não sei se leria, talvez, só se tivesse oportunidade. Mas adorei a resenha e os elogios.

    ResponderExcluir
  13. Fê acredita que li seu texto, depois fui ler a sinopse e confesso que nenhum dos dois me deixou claro sobre o que realmente relata esse livro (desculpa). Achei o título bem diferente e fui pesquisar o que é cheta e descobri que é pouco dinheiro, ou seja pobre!!??? Enfim após isso entendi que nesse livro deve relatar a vida de alguém que passou pela experiência de perder sua riqueza!!???
    Fico feliz que vc tenha gostado da leitura, mas a princípio o mesmo não chama minha atenção. Beijos

    ResponderExcluir
  14. Que interessante! Nada sabia sobre o livro, mas essa leitura realmente me intrigou. Gosto de enredos que trazem histórias reais, mesmo quando é apenas uma inspiração. Saber que o livro atendeu suas expectativas me anima (rs). Apesar disso, fiquei um pouco duvidosa sobre ter entendido ou não a proposta da obra... Não sei, sua resenha se centrou em apresentar sua experiência de leitura, mas o livro em si me encheu de dúvidas (rs). Não que isso seja negativo. :)

    Beijos!
    http://www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  15. Helloo, Fernanda! Tudo numa nice?!
    Pelo título eu já não saberia o que pensar do livro, confesso. Fui ver no dicionário e constatei que é um termo de Portugal que significa exatamente sem dinheiro. Esse não é o tipo de livro que eu leria, eu realmente curto quando há histórias baseadas em fatos reais, mas nem todas. Sou um pouco seletiva demais. E ficção é o meu forte!!
    Mas que bom que você gostou. Pode ser o momento, só preciso do timing para me sentir motivada por determinadas leituras diferentes.
    Beijin...

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bom?
    Não conhecia o livro nem a autora, mas, fiquei muito interessada na obra! Muito interessante que seja uma história baseada em fatos reais, isso sempre deixa os personagens muito mais críveis, como você mesma disse ^^' Um único problema é eu não saber ainda a temática central da obra, o que esperar. Vou ler para tentar entender a obra um pouco melhor ^^'

    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  17. Oi Fê, sabe que eu não conhecia esse livro ainda e fiquei super curiosa com ele, eu também adoro livros que são baseados em fatos reais e isso também me chamou atenção na obra. Com certeza eu darei uma chance ao livro logo que puder, pela sua resenha parece ser uma trama leve e cativante.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  18. Oi!
    Eu tenho visto ultimamente muitas resenhas da Chiado, e por serem autores portugueses me encanta ainda mais, pois tenho visto várias histórias ótimas, como esta.
    Achei bem bacana serem histórias verídicas, e a autora não se preucupar em fantasiar de mais ou ficar enfeitando tudo, e sim contar simplesmente a história.
    Parece realmente uma ótima leitura

    ResponderExcluir
  19. Olá, tudo bem ? Não conhecia a obra, mas adoro o trabalho da Chiado, sempre apoiando autores iniciantes.
    A capa é muito bonita e me chamaria a atenção por esse fato, mas lendo sua resenha percebi que o livro não me agradaria muito. Mesmo assim, obrigada pela recomendação.
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Olá linda,
    Não gostei muito da história, porque não sou chegada em histórias com fundo verídico porque soa mais autoajuda do que qualquer outra coisa, mas leria caso precisasse de motivação.

    Gostei da capa e a Chiado sempre trabalha bem em suas publicações.
    Beijos!

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo