29 de julho de 2016

Resenha: O penúltimo capítulo - Clarice Pessato, Imprensa Livre

Informações do livro:
Título: O penúltimo capítulo
Autor: Clarice Pessato
Editora: Imprensa Livre
Páginas: 208



Sinopse: Ao referir-se a capítulos, a autora faz uma alegoria como se a vida fosse um livro esperando um último capítulo com final feliz, Clarice, uma jovem de 18 anos, ativa e cheia sonhos, vê sua vida se transformar quando foi vítima de um acidente automobilístico que a deixou tetraplégica. Ela conta a história da luta contra a tetraplegia e a discriminação e que, pela fé, venceu o sofrimento e a falta de respostas, recebendo a capacidade para superá-los. Também mostra como Deus pode usar até mesmo as experiências mais dolorosas de nossa vida a fim de levar-nos para mais perto dEle e executar seus propósitos através de nós.


Resenha: "O penúltimo capítulo", de Clarice Pessato, é um livro bem rápido de ser lido, mas garante uma leitura extremamente profunda, sincera e motivadora, ainda mais por se tratar de uma autobiografia. E é claro que o leitor acaba se envolvendo totalmente na narração de Clarrisa.

Ela ficou tetraplégica aos 18 anos, por conta de um acidente de ônibus, e foi mesmo muito grave. E depois disso, seus dias nunca mais foram os mesmos. E é compreensível o quanto a moça sempre se dedicou para atingir seus objetivos, que não eram poucos, apesar de sua condição, que não a impediu de fazer muitas coisas.

A ideia não é apresentar um livro com uma história perfeita, apenas real. Assim, o leitor também tem a oportunidade de ser apresentado a Clarice antes do acidente, e de como seus desejos refletem muito em seus dias. São aspectos de sua personalidade que tornam tudo ainda mais emocionante.


E é diante de um percurso difícil que Clarice consegue se superar cada vez mais, sem deixar de se abalar demais, como era esperado nesses casos e por todos aos seu redor. Ela poderia ficar com depressão e sem nenhuma vontade de viver, mas ao invés disso, decidiu lutar e motivar quem mais necessitasse de apoio.

As mudanças são perceptíveis, não por alterações sobre o fato de ser tetraplégica, e sim por almejar coisas diferentes e perceber que também pode fazer a diferença. A fé está presente nessas páginas com uma força incrível, motivo pelo qual me apeguei tanto nesse texto.

Vale muito a pena conferir essa obra, especialmente por causa das reflexões que podemos encontrar, e olha que são várias. E de modo geral, foi uma enorme surpresa e me sinto honrada de poder ter tido a oportunidade de conhecer essa trajetória fantástica, delicada e empolgante também. Recomendação garantida para todos!

Classificação SEL: 4/5

23 comentários:

  1. Oi, Fê

    Eu já li uma outra resenha desse livro há algumas semanas. Não leria o livro apenas por ele não se encaixar no meu estilo de leitura. Gosto de histórias que colocam a gente para refletir, mas esse parece ter uma grande pegada autobiográfica, e eu não curto muito. Mas para quem gosta a leitura deve valer muito a pena.
    E só a título de curiosidade, Clarice também é o nome da minha mãe.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post :) Muito originalidade* Beijinhos!

    http://oliviawolfgang.blogspot.pt/ (Mudei o blog, visita e dá a tua opinião)

    ResponderExcluir
  3. Olá Fê,
    Esse livro parece ser extremamente reflexivo e envolvente.
    Acho que a Clarice passou por muitas coisas na vida e poderia ter se entregado e desejado não viver, mas ela escolheu o oposto. Gostei muito de ler sua opinião sobre a obra e de saber que o livro é rápido de ser lido.
    Pelo visto, não posso mais adiar essa leitura.
    Beijos ♥
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  4. Oi, Fê
    Tudo certo?
    Essa dica de leitura parece ser muito boa, senti que você curtiu muito o livro. Eu pelo menos senti emoção nas suas palavras. Contudo, infelizmente, biografias não funcionam comigo, mesmo que a proposta seja boa. Não sei, já tentei ler outras biográficas, mas não rolou. A única que eu curti foi o livro Três semanas com meu irmão, do Nicholas Sparks. Até mais.

    ResponderExcluir
  5. Eu li esses livro têm alguns dias e é uma lição que vou levar para a vida toda. A Clarice me mostrou muita coisa, principalmente o não desistir com as pedras no meio do caminho Eu gostei de saber que você também leu e que gostou da leitura.

    ResponderExcluir
  6. Adoro a Clarice mas ainda não tive chance de ler esse livro dela , espero poder ler em breve :)
    adorei a resenha
    beijoss
    wonderbookss.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Fê!
    Já li esse livro e faço das suas palavras as minhas... é crível a fé e a força da Clarice e é maravilhoso termos tido a oportunidade de conhecer essa história né? Realmente a história nos trás muitas reflexões, sem dúvidas vale a pena ser lido.
    Belas palavras, ótima resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Hey!
    Eu já tinha me deparado com a capa desse livro algumas vezes, mas nunca soube realmente do que se tratava. Agora que sei fiquei até com vontade de ler, não pela história em si, mas pelas reflexões que a autora traz, adoro livros que me acrescentem algo e me fazem pensar no final da leitura. A capa é muito criativa, nunca tive visto nada igual e eu simplesmente adorei.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Normalmente não leio autobiografias, mas nesse caso eu leria.
    O livro me parece que trás uma lição de vida e a autora sem dúvidas é uma pessoa admirável.
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Realmente este livro e a história devem ser muito triste, mas ao mesmo tempo motivadores.
    A ideia de que nossa vida é dividida por capítulos é muito bonita.
    Não sei se iria gostar tanto da leitura, pois não curto muito biografias. Além de que acredito que temos que estar num momento bom para ler algo tão profundo, se não entramos numa ressaca literária profunda!
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi linda, tudo bem?
    Olha sinceramente pela capa eu não diria o quão legal achei esse livro, MUITO LINDO! Amei toda história, tenho certeza que vou me apaixonar e vai me fazer refletir sobre muita coisa com esse livro. Amei a resenha, linda!
    BEIJINHOS
    http://followyourdreamalways.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Eu não conhecia o livro, mas a proposta chamou minha atenção, gosto do gênero, espero poder ler em breve. Sua resenha abordou pontos atraentes e despertou meu interesse. Está na lista. A capa é linda e acredito que tenha conexão com o enredo.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  13. Olá Fê. Tudo bem?

    Amei a sua resenha. Histórias como "O penúltimo capítulo", que tem muito drama e superação, sempre faz meu gosto.

    Você expressou muito bem a mensagem que o livro te passou através das palavras, e me pareceu bem emocionante, o que é um segundo ponto que me agrada bastante.

    Obrigada pela maravilhosa dica. "O penúltimo capítulo" certamente estará entre minhas próximas leituras.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  14. A capa do livro é uma graça e a premissa e esse depoimento de superação é sempre bem vindo, porém não curto essa pegada de fé na escrita, como se a pessoa que não tivesse uma religião, fosse incapaz de superar um desafio deste. Enfim, eu não leria, mas com certeza, passarei a dica par as amigas que gostam.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Acredito que o fato de ser tetraplégica é bastante complicado, já que tem muitas coisas que se perde, mas a esperança é algo que vive para sempre. E acho que o mundo é um tanto assim, muitas pessoas tem tanto e não sentem viva e outras tem pouco e querem viver mais. E poxa, acidente de ônibus você fica pensando que nem seria culpa sua...

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.blogandolivros.com

    ResponderExcluir
  16. Oi Fê!
    Tenho visto muitos comentários e resenhas sobre esse livro, então parece ser bom, sua resenha não deixa duvidas e que ficou muito boa! Não sei se lerei, mas a dica está anotada, posso dizer que no momento não, mas mais pra frente pode ser! Estou em um momento florzinha rsrsrsr, só livros leves e fofos, logo essa fase passa!
    Bj

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Olha, eu confesso que não curto autobiografias e procuro coisas mais leves e divertidas no momento, então acho que não faria essa leitura... Entretanto, a história da autora é inspiradora e motivadora para muitos! Achei legal o livro trazer reflexões e a volta por cima de Clarice.
    Fico feliz que você tenha gostado da leitura. Tenho certeza que você tirou boas lições de vida dele.
    A capa da obra é uma graça, aliás =)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Oi Fe, estou louca para ler esse livro! Acho a diagramação linda e tenho certezabque ele deve mesmo trazer muitas reflexões sobre superação. Adorei sua resenha.
    Bj

    ResponderExcluir
  19. Olá Fê!
    Assim como o livro deve ser, a sua resenha foi profunda, delicada e sincera. Gosto de livros autobiográficos com mensagens de superação e fé. Acredito que obras assim nos permitem refletir e assimilar melhor os obstáculos da vida (que na maioria das vezes nem são tão obstáculos assim). Achei que a capa por si só reflete o conteúdo do livro trazendo a borboleta, símbolo da transformação, renovação e beleza. Um super obrigada pela dica, espero ler em breve. Bjs

    ResponderExcluir
  20. Olá, tudo bem?
    Sua resenha está ótima, trouxe informações o suficiente sem dizer muito. Acho que essas obras profundas e cheias de reflexões são um pouco difíceis de resenhar, normalmente causam um grande impacto em nossas vidas, principalmente quando a fé está presente em um livro como este, com um conteúdo sobre superação e transformação. Dica anotada. Beijos.

    ResponderExcluir
  21. Olá fe, adoro adoro autobiografia, é um dos meus gêneros favoritos, não sei se é por ser uma fofoqueira e gosto de saber da vida dos outros kkk , ou porque adoro o sentimento que é passado em livros desse tipo ao lermos as próprias pessoas contando cada coisa que aconteceu em sua vida e sentirmos todos os sentimentos que elas passaram.
    adorei a dica e com certeza irei conferir.
    bjs

    ResponderExcluir
  22. Oi, eu confesso que não sou muito fã de biografias, mas você soube trazer a essência do livro sem revelar muito sobre o mesmo. Acho que uma história como a dela é algo muito "emocionante", digamos assim, afinal não é fácil enfrentar uma situação dessas vendo toda a sua vida mudar e tendo que se habituar a sua nova condição. Se eu lesse definitivamente seria para absorver a experiência e a superação que ela teve, para que eu me lembrasse sempre como eu tenho sorte e que mesmo ela que tinha tudo para ter raiva continua forte e se superando. Uma linda história de se ver e de se conhecer, quem sabe mais para frente eu pegue para ler...
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  23. Oi Fê, tudo bem?
    Fico muito feliz em ver que você gostou do livro, eu li ele um tempo atrás e amei também. A autora tem uma história linda de vida e perseverança, uma grande lição para todos. Esse é um livro que recomendo sempre que posso, é maravilhoso mesmo!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo