20 de abril de 2017

Resenha: Minhas conversas com o diabo - Mário bentes, Editora Lendari

Informações do livro:
Título: Minhas conversas com o diabo
Título original: 
Autor: Mário Bentes
Editora: Lendari
Páginas: 166



Sinopse: “Cortem a criança ao meio e dê cada parte a uma mulher”, disse o Rei Salomão, diante das duas mulheres que reclamavam a maternidade de um bebê. De modo que a mãe verdadeira imediatamente protestou, pois preferia ver o filho ser entregue à outra que assistir a morte do inocente, sangue de seu sangue, diante dos seus olhos. Salomão soube, assim, que esta que agora cedia à disputa era senão a matriarca verdadeira, ao contrário da outra, que concordara com absurda sugestão do rei. A famosa cena é apenas uma amostra da vasta sabedoria do Rei Salomão, que dizem que era inspirado por Deus. Mas há uma lenda antiga que diz que os profundos conhecimentos do rei sobre todas as coisas não vinham unicamente do Criador, mas dos servos daquele que vem, rouba, mata e destrói. No total, Salomão conjurou, ouviu e registrou para si os saberes reunidos de 72 demônios. Ao fim da empreitada, o monarca aprisionou os caídos em um jarro de bronze, o selou e o lançou no fundo de um lago. Mas os babilônios, vendo tal cena, acreditaram que lá haviam tesouros reais e foram resgatar o artefato, sem que ninguém os vissem. Encontraram-no após dias, abriram-no e concederam a liberdade, outra vez, aos 72 anjos da escuridão. Libertos da clausura, voltaram a percorrer o mundo para atentar, ludibriar e mentir contra os homens – cada um com suas artimanhas, joguetes e aparência. Do mesmo autor de “A terra por onde caminho”, “Minhas conversas com o diabo”, de Mário Bentes, reúne uma coletânea de contos onde tais potestades da terra e do ar encontram-se com seres humanos que, ao contrário dos reis e de outros homens de poder, almejavam coisas simples: reconhecimento profissional, rever um familiar desaparecido ou ter uma nova chance pelo amor. Mas os saberes arcanos, repassados pelos caídos, têm seu preço: seja ele em peso de ouro, prata ou carne. E, cedo ou tarde, eles voltam para cobrar a conta.


Resenha: "Minhas conversas com o diabo", de Mário Bentes, apresenta sete contos muito bem trabalhados e com características bem curiosas. A capa e a sinopse já se mostram bem intrigantes, mas as histórias se mostram ainda mais marcantes, especialmente por conta da resolução dos problemas expostos.

São enredos diferenciados porque os personagens expressam as preocupações em busca de resposta aos seus conflitos. Na verdade, desejam apenas isso e é exatamente o que mais se destaca. Nos faz pensar a importância que cada um dá em determinados assuntos, e se quando tem a oportunidade de se sobressair, faz apenas o que é necessário ou esbanja de poder e casos relacionados.

Não vou me aprofundar sobre os contos de forma individual, mas gostaria apenas de expressar o que mais chama a atenção e de um modo geral, pelo menos na minha opinião. Os títulos de cada conto são: "Eu corrompi homens santos", "Topa um acordo, menino", "Esquecer de viver", "A mulher que me amou", "À espera da próxima carta", "A mulher da capa de couro" e "Diga-me tu, filho do homem: qual o teu sonho?".



Um dos pontos positivos, e que me deixou mais intrigada, é a obra ser baseada no rei Salomão diante das lendas de que ele invocava demônios. Caso você não tenha ouvido falar a respeito e ficou curioso (a), sugiro que dê uma procurada, porque vale a pena, pelo menos para quem se interessou. 

A premissa dos contos é bem inusitada, e é por isso que se destaca tanto, além da diferença dos personagens, cultura e cenários. É possível refletir sobre cada um deles, desde um padre e suas inseguranças,o abandono de um pai ou a vontade de se encontrar com uma pessoa especial, entre outros.

Os desejos das pessoas demonstram uma realidade sincera sobre as realizações que almejam, o que pode motivar ainda mais para que determinado demônio atenda a solicitação. Essa simplicidade parece surreal, mas não nessas páginas. Dessa forma, garanto que o leitor se sente cada mais aprofundado na ambientação e com uma curiosidade absurda a respeito dos desfechos.

Classificação SEL: 4/5


15 comentários:

  1. Nossa *0* eu adorei a premissa do livro! Sou apaixonasa por contos e só os títulos ja dão aquela curiosidade haha vai pra minha listinha com certeza!


    nebulosadeflores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Não sei se leria um livro desses e o título apesar de intrigante, não me agradou tanto. Interessante o tema dos contos que faz o leitor pensar sobre a importância que damos em alguns assuntos. Imagino que seja mesmo um livro que se destaque bem e adorei poder ter conferido sua resenha!

    www.virandoamor.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que não conhecia esse livro ainda e que ele não faz muito o meu estilo de leitura, sabe? Mas lendo sua resenha até que fiquei curiosa, porque as histórias parecem ser bem inusitadas e trabalhadas. Enfim, não sei se lerei esse livro algum dia, mas creio que seja uma boa indicação para quem curte o gênero.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Não sou muito chegada a contos e por isso não me interessei pela obra. Achei a ideia de tentar resolver esses conflitos, que muitos dentro nós também tem, muito intrigante e interessante. Fico feliz que a obra tenha te agradado, é muito bom quando isso acontece né.

    ResponderExcluir
  5. Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro mas ainda bem que gostaste de fazer a leitura...! :) Mesmo que com algumas ressalvas.

    Bem, eu não gosto muito do tema abordado, mas ainda bem que se baseia nas lendas de Salomão!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  6. Olá,

    Eu não conhecia o livro e confesso que livros com esses títulos e tramas chamam a minha atenção. Fiquei bem curioso pelo fato de ser contos, ou seja, irei conhecer mais de uma história, eu não sei nada do rei Salomão, mas fiquei curioso, adorei! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Então... Certeza que eu não leria não, viu. Nada contra, mas há enredos que não me instigam e esse é um deles. Meu subconsciente se agarra a detalhes que depois não vão embora nem a pauladas. Mas que bom que a leitura te agradou.
    Bjs e até mais!

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi, Fernanda

    Não conhecia o livro. Achei a capa interessante e também curti o fato de serem contos. Não conheço as lendas do rei Salomão a não ser a da criança sendo disputada pelas duas mulheres. Acho que seria uma leitura interessante, mas não faria neste momento.

    Beijo

    ResponderExcluir
  9. Oie! Tudo bem?

    Não foi um livro que chamou a minha atenção, na real é o tipo de livro que quando leio o titulo saio correndo! Mas fico feliz que tenha gostado da leitura! Eu por outro lado passo a dica!

    BJss

    ResponderExcluir
  10. Oi.
    Eu não conhecia a obra ou o autor, mas achei a premissa interessante. Adoro livros que me fazem querer pesquisar. E achei interessante essa busca pelos nossos desejos, e a possibilidade de demônios se aproveitarem disso. Gostei muito da capa também é do fato de serem contos.
    Obrigada pela dica.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Oiii!!!
    Achei esse livro muito interessante, não sabia dessas lendas de que Salomão invocava demônios. Além disso, eu gosto muito de livros de contos, mesmo que um não tenha nada a ver com o outro, eu não me importo. Fiquei bem interessada nesse livro e vou querer ler com toda a certeza.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oiiii,

    Nunca li nada do autor e não me lembro de ouvir falar deste livro ou de outro, mas achei a premissa interessante, apesar de a capa ser chamativa eu achei ela meio tenebrosa kkkkk. Vou correr e procurar histórias sobre o Rei Salomão rs, fiquei bem curiosa e já deixei a dica anotada aqui.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com/

    ResponderExcluir
  13. Olha quando eu vi a capa do livro imaginei que fosse um livro de terror, porém ao ler sua resenha percebi que são contos que abordam alguns temas. Achei interessante, porém, não leio muitos livros de contos sabe? Mas sua resenha ficou muito bem explicada e acho isso fundamental para esse tipo de livro.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2017/04/resenha-ninho-de-fogo-mestica.html

    ResponderExcluir
  14. Olha quando eu vi a capa do livro imaginei que fosse um livro de terror, porém ao ler sua resenha percebi que são contos que abordam alguns temas. Achei interessante, porém, não leio muitos livros de contos sabe? Mas sua resenha ficou muito bem explicada e acho isso fundamental para esse tipo de livro.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2017/04/resenha-ninho-de-fogo-mestica.html

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    A capa chama a atenção, desperta curiosidade. Mas confesso que não é o tipo de tema que me atrai, além do fato de que não curto muito contos. É difícil eu parar pra ler contos, então não me arriscaria nessa leitura.
    Mas que bom que você curtiu.

    Beijinhos.
    Jaque - Meus Livros, Meu Mundo

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo