5 de maio de 2017

Resenha: O primeiro e o último verão - Letícia Wierzchowski, Globo Livros

Informações do livro:
Título: O primeiro e o último verão
Autor: Letícia Wierzchowski
Editora: Globo Livros
Páginas: 152



Sinopse: Escrito por Letícia Wierzchowski, autora de A casa das sete mulheres, “O primeiro e o último verão” conduz o leitor a reflexões sobre episódios vividos por Clara no passado durante um verão inesquecível na praia de Pinhal. Aos catorze anos, a garota se apaixonou e deu o primeiro beijo, mas foi também quando começou a descobrir todas as preocupações e decepções que existem nas relações de amor. No livro, a personagem revela como conheceu o amor e a morte, e viveu toda a dor e a poesia que há em deixar a inocência da infância para crescer, um processo melancólico e doloroso para todos nós.


Resenha: "O primeiro e o último verão", de Letícia Wierzchowski, apresenta uma trama sutil e ao mesmo tempo muito marcante. Esse é o meu primeiro contato com algum trabalho da autora, e fiquei bem instigada diante de seu desenvolvimento. É uma leitura rápida, mas ao mesmo tempo muito envolvente, sem dúvidas.

A escrita é muito fluída, e apesar de a premissa não ser profunda, não deixa de ser sensível. Isso porque é possível se identificar com os sentimentos da protagonista, Clara. Por mais que o leitor não tenha vivenciado algo parecido em sua adolescencia (ou em outra fase da vida), consegue explorar reflexões importantes diante do contexto.

Clara vive situações diferentes, e enquanto algumas se mostram bonitas, outras revelam toda a dor de estar sofrendo por uma decepção. É algo normal, mas a gente sabe que é extremamente complicado, e a pessoa precisa ter seu próprio tempo para se recuperar. E certo dizer também que são situações que acabam ficando em nossa memória para sempre.



Naquele momento, a menina de 14 anos, teve a oportunidade de fazer amigos também, além de ter o primeiro beijo, dentre outras sensações, algumas esperadas e outras nem tanto. Impossível não notar as mudanças ao longo das cenas diante da personalidade de Clara, e sue amadurecimento é, sem dúvida, um dos principais destaques.

É muito interessante poder acompanhar passagens tão realistas e de um jeito tão bem trabalhado. E é claro que não poderia deixar de comentar que a obra tem todo um ar poético mesmo, assik como a própria sinopse já revela. Não vejo a hora de poder fazer a leitura de A casa das sete mulheres, outro trabalho da autora.

Classificação SEL: 4/5


13 comentários:

  1. Oi! Tudo bem?
    Acho incrível a capacidade que alguns autores possuem de conseguir imprimir no leitor as mesmas sensações dos peesonagens. Mesmo que nós não tenhamos vivido a mesma experiência. Valeu pela dica de leitura.
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  2. Oiii tudo bem??

    Não conhecia o título e se não falasse não saberia que era a mesma escritora da casa das sete mulheres, que afinal é bem conhecida, adorei a capa e a resenha, mas acabei desanimando um pouco com a premissa do livro.
    Estou um pouco cansada desse mundo adolescente.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  3. Olá, ainda não conhecia esse livro mas depois da sua resenha já fiquei até com vontade de lê-lo. Gosto de histórias que se passem no verão, e gosto também de histórias protagonizadas por adolescentes que estão no processo de amadurecimento, como parece ser o caso da personagem.

    ResponderExcluir
  4. Oiii,

    Que capa fofinha... Eu nunca tinha conferido nada da autora e achei interessante a premissa do livro, me pareceu ser uma leitura bem leve, e ainda que seja pouco profundo, mas ainda assim sensível, me pareceu ser uma leitura bem interessante e que vale a pena conferir.
    Já anotei a dica aqui :D

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com/

    ResponderExcluir
  5. Pela autora acho que as expectativas são altas,porque a casa das setw mulheres é. incrível, pena a trama não ser profunda,mas pelo mebos compensa em sensibilidade!

    ResponderExcluir
  6. Eu não gosto de poesia, mas adoro quando a narrativa é meio poética, vai entender né hahaha.
    Tive a impressão de ser uma história um pouco monótona e talvez comum demais, não sei... Até curto coisas realistas, mas essa ainda faltou alguma coisa pra mim.

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
  7. Ainda não conhecia o livro e nem a autora, mas fiquei interessadíssima, até porque você elogiou de forma tão sensata, que não tem como não ficar no mínimo curiosa.
    Quero ler também.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oie! Eu já vi muitos comentários positivos sobre A Casa das Sete Mulheres, mas ainda não tive a oportunidade de ler. Depois da sua resenha, fiquei bem curiosa para conhecer a história da garota e as experiências que ela enfrentou e como isso a impactou. Sem contar que essa capa ficou um amor!

    Beijos,
    Fernanda F. Goulart.

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Que bom encontrar a resenha desse livro aqui, pois vi ele no insta outro dia e fiquei bem curiosa.
    Adoro livros que retratam a realidade mas de maneira sutil, deixando o livro mais leve e prendendo o leitor na leitura.
    Adorei a dica

    ResponderExcluir
  10. Olá , tudo bem?

    Tenho muito interesse em ler " A Casa das Sete Mulheres" também, minha mãe já leu e disse que é uma obra incrível.

    Não tinha visto esse livro ainda nem nenhuma resenha sobre ele, por ter sido escrito pela Leticia já desperta minha curiosidade, os seus elogios também, fiquei bem curiosa e por conta disso já coloquei na lista de desejados.

    Obrigada pela dica!

    Beijos
    Jess
    www.pintandoasletras.com.br

    ResponderExcluir
  11. Olá, Fernanda

    Não conhecia o livro. Demorei um pouco para enxergar um pássaro nessa capa. Rs
    Que bom que a história é sensível, pela descrição me pareceu bem singela, só não sei se leria porque o gênero não me agrada muito.

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia este livro .Mas curti muito a capa Fer
    Gosto muito quando autores conseguem escrever em alto nível!
    Sou apaixonada pelo livro a casa das sete mulheres.
    E livros sensíveis mexem demais comigo

    ResponderExcluir
  13. Oiii! O livro é lindo mesmo, né?
    A Casa das Sete Mulheres é outra obra maravilhosa da autora....
    Mas gosto muito mais de Navegue a Lágrima e Sal! São ótimos também!

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo