16 de agosto de 2017

Resenha: O príncipe corvo - Elizabeth Hoyt, Editora Record

Informações do livro:
Título: O príncipe corvo
Título original: The Raven Prince 
(Princes #1)
Autor: Elizabeth Hoyt
Editora: Record
Páginas: 350



Sinopse: Ao descobrir que o conde de Swartingham visita um bordel para atender suas “necessidades masculinas”, Anna Wren decide satisfazer seus desejos femininos... com o conde como seu amante. Chega uma hora na vida de uma dama... Anna Wren está tendo um dia difícil. Depois de quase ser atropelada por um cavaleiro arrogante, ela volta para casa e descobre que as finanças da família, que não iam bem desde a morte do marido, estão em situação difícil.  Em que ela deve fazer o inimaginável...  O conde de Swartingham não sabe o que fazer depois que dois secretários vão embora na calada da noite. Edward de Raaf precisa de alguém que consiga lidar com seu mau humor e comportamento rude. E encontrar um emprego. Quando Anna começa a trabalhar para o conde, parece que ambos resolveram seus problemas. Então ela descobre que ele planeja visitar o mais famoso bordel em Londres para atender a suas necessidades “masculinas”. Ora! Anna fica furiosa — e decide satisfazer seus desejos femininos… com o conde como seu desavisado amante.


Resenha: "O príncipe corvo", de Elizabeth Hoyt, garante uma leitura muito envolvente e eu não esperava menos que isso. Sou apaixonada por romances históricos, por isso é claro que fiquei bem empolgada com esse enredo. A narrativa é delicada e muito divertida, como já esperava mesmo, mas também consegue ser bem profunda diante de tantos sentimentros contraditórios e ao mesmo tempo ousados.

Anna Wren sabe que precisa ajudar com o lado financeiro, e é por isso que seu destino se cruza com o do conde de SwartinghamEdward de Raaf parece ser muito misterioso em um primeiro momento, mas não demora nada para que o leitor consiga se envolver com suas características. E é claro que a atração entre Edward e Anna é imediata. apesar de alguns contratempos.

Claro que Anna parece saber muito bem como lidar com Edward, só que um acaba se surpreendendo com as atitudes do outro. Ele tem um ar mais sério e até parece mais perigoso, porém ela não se abala e revela ser bem determinada, apesar de seus tons mais humildes. Suas percepções são ótimas, mas é ótimo poder acompanhar o quanto o casal consegue aprender com as experiências vivenciadas.



A vida de Edward me pareceu um tanto sombria, mas tudo muda com a presença de Anna, e é simplesmente maravilhoso perceber tal evolução e como a alegria se vê mais presente. Na verdade, ele também começa a se revelar, por mais que pareça tão fechado, consegue ser extremamente gentil e protetor.

As conexões se concentram nos personagens principais, mas é incrível perceber como a autora juntou o útil ao agradável, e de uma forma bem sutil. Digo isso exatamente pela parte onde a sensualidade se mostra mais forte. A interação é inusitada, mas completamente instigante, e o leitor só espera o momento certo para saber as reações de quando tudo for desvendado.

Confesso que surge certo receio sobre o enigma envolvido, mas a autora soube muito bem como explicar tudo, sem deixar forçado ou algo assim. É por isso que afirmo que os elementos são descritos na medida certa. Foi uma leitura muito fofa e ágil, e fiquei surpresa com tantos detalhes apaixonantes e com personagens ainda mais diferenciados. 

Classificação SEL: 5/5


Um comentário:

  1. Fazia tempo que eu não passava por aqui, mas adorei o novo layout, que não deve ser tão novo, mas tenho que dizer que adorei! Sobre esse livro, eu tive que vir aqui comentar: QUERO MUITO LER, e sua resenha me deixou mais empolgada ainda!

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo