21 de agosto de 2017

Resenha: Um acordo de cavalheiros - Lucy Vargas, Bertrand Brasil

Informações do livro:
Título: Um acordo de cavalheiros
Autor: Lucy Vargas
Editora: Bertrand Brasil
Páginas: 350



Sinopse: Um romance sensual e arrebatador repleto de intrigas, morte e desejo. Tristan Thorne, o Conde de Wintry, não é um homem para brincadeiras. Com uma vida de segredos, amado e odiado na sociedade, ele não é o parceiro ideal para uma dama. Dorothy Miller não sabe o que há por trás de suas motivações, apenas que ele é bastante intenso. Os jornais dizem que ele bebe demais, joga demais e ama escandalosamente. E até mata. Como uma dama determinada a ser dona do próprio destino como Dorothy Miller acaba em um acordo com um homem como Lorde Wintry? Você teria coragem de guardar um segredo com o maior terror dos salões londrinos? Lembre-se: Nunca faça acordos com ele, pois o conde sempre volta para cobrar.


Resenha: "Um acordo de cavalheiros", de Lucy Vargas, garante uma leitura apaixonante, assim como eu já estava esperando, e é ainda melhor porque amo o gênero, e não tenho dúvidas de que é uma ótima recomendação para quem também ama romances de época. É impossível não se encantar por esse romance tão envolvente e sedutor.

A protagonista, Dorothy Miller, não liga para os julgamentos que fazem a respeito de sua vida social, mesmo porque ela tem prioridades maiores e deixa isso bem claro. O fato de ser solteira não parece atrapalhar a sua vida, mas se mostra reservada perante a sua intimidade. Se mostrou muito responsável, pelo menos na medida em que suas condições permitiam. É, com certeza, um ponto que se destaca muito sobre ela, já que preza muito pelos cuidados com sua prima Cecilia.

Acontece que Dorothy não estava esperando se envolver com um homem que não parece ter uma fama muito favorável. Tristan Thorne é o Conde de Wintry, e diante de sua fama, não poderia ser mais ousado. Mas a verdade, é que ele nunca se deixou levar por uma relação, pois sabia que é um tipo de jogo que nunca dá certo. Entretanto, sua atração por Dorothy é inevitável, então ele não pensa muito quando lhe propõe um acordo.



As coisas não são como parecem - e o leitor já deve imaginar isso mesmo, e é interessante poder acompanhar essa interação, e em especial para compreender bem os motivos de cada um. Confesso que me surpreendi muito com as cenas, visto que o romance acontece de um jeito bem audacioso, e eu adorei essa característica.

Existe um mistério que nos deixa bem intrigados, além do próprio romance tão sugestivo e que demonstra ter vários elementos contraditórios.Vale ressaltar que argumentos não faltam, o que deixa a apreensão bem maior e nos faz pensar sobre algumas atitudes da sociedade. Apesar de tudo, um acordo aparece na hora certa, por mais que não compreendam a realidade das emoções em um primeiro momento.

Fiquei apaixonada pela escrita da autora e não vejo a hora de poder ler mais obras de sua autoria. E é claro que recomendo muito essa leitura tão ousada e diferente de tudo que já li diante dessa ambientação.  È impossível não classificar esta obra como favorita, ainda mais por conta de tantas sensações que ficam até difíceis de comentar!

Classificação SEL: 5/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo