6 de setembro de 2017

Resenha: De repende - Nichole Chase, Editora Pandorga

Informações do livro:
Título: De repente
Série Royal #1
Título original: Suddenly Royal
(The Royals #1)
Autor: Nichole Chase
Editora: Pandorga
Páginas: 452



Sinopse: Samantha Rousseau é uma garota que está acostumada a sujar as mãos. Ela faz mestrado em biologia da vida selvagem enquanto ajuda a cuidar de seu pai doente. Logo, não tem tempo para fofocas de celebridades, roupas da moda ou férias em algum paraíso do Caribe. Quando a duquesa do pequeno país da Lilaria a convida para jantar, Samantha pensa que é para discutir uma doação para sua pesquisa universitária. Mas a verdade mudará o curso de sua vida de uma maneira que ela nunca sonhou. Alex D’Lynsal, príncipe da Lilaria, já rendeu muitas manchetes escandalosas à imprensa. Mas as últimas fotos divulgadas o levaram a fugir para a América e desistir de vez das mulheres. Isto é, até ele conhecer Samantha! Ela é teimosa, determinada e incrivelmente sexy. Sem mencionar que é herdeira de um Estado inteiro, o que a coloca constantemente na primeira página de qualquer jornal. Enquanto Sam aprende a viver em um mundo de política e riqueza, ela também precisa se esquivar de seus sentimentos crescentes por Alex. Afinal, se entregar a eles significaria mais do que apenas se apaixonar; significaria aceitar o peso de uma nação sobre seus ombros.


Resenha: "De repente", de Nichole Chase, garante uma leitura envolvente e bem ágil, assim como já estava imaginando que seria. Já tinha lido algumas críticas a respeito e tinha muita curiosidade sobre o enredo, e acredito que a autora soube bem como desenvolver um enredo jovial e ao mesmo tempo bem marcante.

Não é nenhuma novidade que a premissa pode parecer a trama de O diário da princesa. Mas as diferenças só aumentam a partir do momento em que o leitor começa a perceber as reais intenções dessas páginas. Claro que tem essa pegada de princípes e princesas, mas vale destacar que nesse caso, há questões mais intímas, apesar de não tão realistas.

Quando digo "não tão realistas", estou me referindo ao fato de que em nossa realidade, essa história não pareceria tão fácil ou comum. É óbvio que é necessário fazer essa distinção, porém acredito que diante de toda a modernidade repassada, seria interessante se houvesse questões mais próximas do que vivemos. Enfim, não estraga minha avaliação sobre a leitura, mas é para se pensar a respeito..



Samantha Rousseau, no começo, me pareceu uma garota bem forte. Mas fui mudando de opinião, quando ela começou a se revelar mais. Na verdade, a achei bem fraquinha, por isso não consegui me identificar com suas impressões. De qualquer maneira, gostei de poder acompanhá-la em suas novas interações e em certos momentos, é mais compreensível perceber o quanto as mudanças de sua vida a afetaram. Por isso, não consegui fazer muitos julgamentos a seu respeito.

Diante de tanta confusão, Alex D’Lynsal entra em sua vida para provocar ainda mais tensão, e dessa vez é aquela tensão sexual mesmo. Impossível negar a atração forte que os acompanha, e sobre isso vale destacar que a narrativa até foi bem trabalhada, sem muito mimimi - se é que me entendem.

Enfim, como deu para perceber em meus comentários, essa leitura foi uma divisão de pontos negativos e positivos para mim. Não sabia ao certo o que esperar, mas talves esperasse um pouco mais de emoção nas relações, seja no pessoal quanto no lado profissional, empoderamento e outros quesitos que poderiam ser mais expressivos.

Classificação SEL: 3/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo