9 de outubro de 2017

Resenha: Janelas da mente - Ana Beatriz Barbosa Silva - Eduardo Mello Guimarães, Globo Livros

Informações do livro:
Título: Janelas da mente
Título original: 
Autor: Ana Beatriz Barbosa Silva, 
Eduardo Mello Guimarães
Editora: Globo Livros
Páginas: 192



Sinopse: Em seu segundo mergulho na ficção, a psiquiatra e escritora Ana Beatriz Barbosa Silva brinda o leitor com doze contos a respeito dos comportamentos humanos disfuncionais. Este novo livro é fruto de uma parceria com o também escritor e publicitário Eduardo Mello Guimarães. Baseadas em casos que Ana Beatriz dissecou ao longo de sua carreira, as histórias tratam de temas polêmicos sem meias-verdades e tabus como compulsão, ninfomania e depressão, porém sem perder a leveza e o bom humor, em um texto ágil e dinâmico. Em meio ao caos do universo urbano e através de uma narrativa inquietante, os autores constroem histórias repletas de drama, humor e emoção que irão fazer com que o leitor se pergunte: onde está o muro que separa a ficção da realidade?


Resenha: "Janelas da mente", de Ana Beatriz Barbosa Silva, juntamente com Eduardo Mello Guimarães, possui um gênero diferenciado aos quais estou acostumada a ler. Porém, a minha curiosidade foi maior diante da temática e fiquei bem surpreendida diante do desenvolvimento de todos os contos perante suas reflexões impostas.

Confesso que os temas que mais chamam a minha atenção são referente a depressão e a ansiedade, visto que tenho experiências ao meu redor sobre isso. Entretanto, vale a pena ressaltar que todos os conteúdos acabam se complementando de alguma maneira, por mais que o contexto seja diferenciado. Fica claro que os problemas partem sempre de uma variante comum (apesar de as características e consequências serem tão distintas) pelo menos é o que pude compreender mais.

Os doze contos são muito bem analisados, e quanto a isso não nem o que questionar. Isso, levando em consideração que as pesquisas diante dos determinados transtornos se fazem muito presentes. E também se torna mais interessante por ter uma narrativa objetiva e sem grandes complicações, sendo que, dessa forma, a obra pode ser lida por todos.



É uma realidade que afeta a vida de muitas pessoas, mais do que conseguimos imaginar e isso pode envolver qualquer "tipo de pessoa", independente de sua religião, classe e afins. Varia muito de cada comportamento, crises, experiências traumáticas e tantas outras situações que podem ocasionar algum tipo de risco ou consequência mais pesada.

Os títulos de cada conto são: Mentes apagadas, mentes obsessivas, mentes disformes, mentes que amam demais, mentes consumistas, mentes depressivas, mentes jogadoras, mentes sexualizadas, mentes paranoides, mentes hiperativas, mentes perigosas e mentes em pane. A pequena introdução que antecede também se mostra muito importante para iniciar o assunto sobre as disfunções mentais.

A obra é muito completa, ainda mais diante dos assuntos explorados. E se engana quem pensa que, apesar das poucas páginas, as temáticas não são bem exploradas. Há muito o que se refletir nos cenários, mesmo porque tudo se torna extremamente realista, e até certo ponto, assustador também. Na verdade, é um misto de sentimentos e sensações que mal consigo explicar, só lendo para compreender bem. Enfim, não é nem um pouco difícil encontrar situações similares da vida real neste livro, e é justamente isso que torna tudo mais interessante.

Classificação SEL: 4/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo